A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Lisboa vai ser a Capital Verde Europeia em 2020

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Lisboa soma e segue. Esta quinta-feira, dia 21, Lisboa foi anunciada como a vencedora do prémio Capital Verde Europeia 2020, numa cerimónia em Nijmegen, na Holanda.

O prémio, que além do reconhecimento pressupõe um cheque de 350 mil euros, chegou até à nossa cidade pelos esforços que têm vindo a ser feitos no sentido de tornar Lisboa numa cidade mais verde, mais amiga do ambiente e com cada vez mais preocupações no sentido da ecologia e sustentabilidade.

Em Abril, Lisboa tinha conquistado o estatuto de finalista do prémio, uma iniciativa da Comissão Europeia, que todos os anos premeia cidades que abraçam políticas amigas do ambiente. A concurso estão todos os anos entre 30 a 40 cidades, sendo que esta é uma distinção que habitualmente viaja até ao norte da Europa e, desta vez, ficou-se pela cauda do continente – sendo Lisboa a única cidade do Sul da Europa a integrar a lista.

As categorias avaliadas passam pela ecologia, eficiência energética e política de resíduos, incidindo também numa forte componente de responsabilidade social de forma a garantir uma maior qualidade de vida dos cidadãos que habitam a cidade – tudo isto a ser equacionado durante um longo processo de seleção.

Além dos avanços conseguidos e os compromissos assumidos em áreas como a eficiência energética e a boa gestão da água, Lisboa distinguiu-se pelo aumento de zonas pedonais e ciclovias, assim como o aumento significativo de espaços verdes ao longo da cidade.

Últimas notícias

    Publicidade