Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right NOS Alive vai ter mais um dia para receber Kendrick Lamar

NOS Alive vai ter mais um dia para receber Kendrick Lamar

Kendrick Lamar
Photograph: Shutterstock

O festival vai decorrer de 8 a 11 de Julho no Passeio Marítimo de Algés. O rapper norte-americano actua no primeiro dia.

Kendrick Lamar é mais um nome de peso confirmado para o NOS Alive do próximo ano. O autor de DAMN. vai actuar a 8 de Junho no palco principal do Passeio Marítimo de Algés, o que significa que vai ser cabeça de cartaz de um dia que não estava inicialmente previsto no cartaz do festival. A promotora Everything Is New revelou nesta quinta-feira que, para receber o rapper norte-americano, decidiu alargar a duração do festival para quatro dias, passando a decorrer de 8 a 11 de Julho.

Ainda serão confirmados mais nomes para este primeiro dia, que a promotora assegurou que será um dia normal de festival (Embora termine mais cedo, por ser quarta-feira.) A mudança implicará a criação de um novo passe geral, para os quatro dias. O preço é 189€. Quem tem ou venha a adquirir o passe de três dias, poderá escolher a sequência de dias em que quer ir ao festival – quarta, quinta e sexta-feira; ou quinta, sexta e sábado. Este passe custa 159€. Cada dia, incluindo o de Kendrick Lamar, tem bilhetes individuais a 69€. Os bilhetes estão disponíveis a partir desta quinta-feira nos locais habituais.

Para quem já adquiriu o passe de três dias, ainda é possível trocar pelo passe completo. Segundo a promotora, até o passe de quatro dias esgotar, é possível efectuar a troca. Basta pagar a diferença. Quem comprou o Fã Pack FNAC NOS Alive 2020 de três dias (170,74€), também poderá trocar para o passe de quatro dias, nos mesmos termos.

Lamar regressará assim a Portugal depois de ter actuado no NOS Primavera Sound, em 2014, e no Super Bock Super Rock, em 2016, quando foi recebido por um Pavilhão Atlântico (actual Altice Arena) cheio como um ovo a acompanhá-lo a cantar em todos os temas. Com uma aclamada discografia composta por Section.80 (2011), good kid, m.A.A.d city (2012), To Pimp a Butterfly (2015) e DAMN. (2017), o artista de Compton foi distinguido em 2018 com o prestigiado Pulitzer, tornando-o no primeiro rapper a receber o prémio.

Para o terceiro dia, 10 de Julho, foi ainda confirmada a presença de Angel Olsen. A cantora norte-americana, que tem uma relação próxima com Lisboa, vai apresentar All Mirrors, o seu quarto e mais recente disco, lançado em Outubro.

O cartaz do NOS Alive está a ficar recheado de artistas de grande projecção internacional. São os casos da estrela pop Taylor Swift, no dia 9 (quinta-feira, que contará ainda com alt-J, Parov Stelar e Khalid); de Billie Eilish, o fenómeno adolescente do ano, que sobe ao palco no dia 10 (sexta-feira, mais Caribou, Hobo Johnson and The Lovemakers, Cage The Elephant, Anderson .Paak, e o irmão de Billie, Finneas); e de Faith No More, que vêm apresentar o recente Sol Invictus, na mesma data. Para o último dia do festival, sábado (que conta ainda com Two Door Cinema Club, Wolf Parade, Parcels, Haim), está reservado o esperado regresso dos Da Weasel, após um hiato de dez anos. Foi a primeira confirmação, no final da edição de 2019.

“Para nós o fundamental é ir sempre mais longe e pôr Portugal cada vez mais no mapa”, disse Álvaro Covões, director da promotora Everything is New, durante a conferência de imprensa desta quinta-feira. O empresário referiu ainda que esta 14.ª edição é aguardada com “grande expectativa”, designando o 2020 como “ano mágico”. Com Margarida Coutinho

+ Exposição, música e livro levam os Beatles ao Barreiro

Publicidade
Publicidade