A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Parque Ribeirinho Oriente: obra arranca em Fevereiro

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

Se correr como planeado, arrancam em Fevereiro as obras do Parque Ribeirinho Oriente, um espaço verde entre o Braço de Prata e a Matinha.

Lisboa tem uma relação com o rio Tejo de aproximadamente 20 km de extensão, embora o namoro tenha dado um tempo em algumas zonas. É o caso da área entre o Braço de Prata e a Matinha que vai começar a mudar de look já em Fevereiro, após a Câmara Municipal de Lisboa ter adjudicado a obra em Dezembro passado. O projecto é do atelier f/c, das arquitectas paisagistas Catarina Assis Pacheco e Filipa Cardoso de Menezes, e até ao final do ano ficará concluída a primeira fase, que abrange uma área de 38 950 m2 entre o edifício da Tabaqueira e o empreendimento dos Jardins Braço de Prata – que agora se chama Prata Living Concept, o projecto desenhado pelo famoso arquitecto Renzo Piano que viu a primeira pedra lançada em 1998 e que está a ser agora erguido.

Até ao final do ano, Lisboa vai ganhar assim um novo espaço verde que irá preservar a identidade portuária e industrial desta zona. Na memória descritiva do projecto do atelier f/c lê-se que "a lógica arquitectónica proposta recorre à memória do lugar para a instalação dos vários apoios do parque", como é o caso de cafetarias, casas de banho, aluguer de bicicletas ou mesmo uma biblioteca, que poderão ser instalados em contentores marítimos adaptados a diferentes utilizações. Outro exemplo é o circuito de manutenção que será rasgado sobre o traçado da antiga via férrea, pontuado por elementos escultóricos interactivos e pavimentado por "um material contínuo de cor férrea e aspecto natural".

Agora:

parque ribeirinho oriente 2

Depois: 

parque ribeirinho oriente 3

+ Em Março, corra em Monsanto e plante uma árvore

+ O mítico Pirata dos Restauradores está de volta

+ O edifício dos Amigos do Minho está à venda por dois milhões de euros

Últimas notícias

    Publicidade