A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Rehabitar Lisboa: há mais 20 habitações com rendas controladas

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

Câmara Municipal de Lisboa abriu mais um programa de renda convencionada. As candidaturas podem ser feitas até 22 de Abril.

De T0 a T2, de 172 a 500€. São estes alguns dos números da 21ª edição do programa de renda convencionada da Câmara Municipal de Lisboa, que tem tentado criar uma nesga de oferta abaixo do preço de mercado. 

Não têm sido anos fáceis para a compra ou arrendamento de imóveis na cidade, até mesmo nos concelhos vizinhos. De meses a meses, os munícipes que procuram tecto a preços razoáveis podem apresentar as suas candidaturas ao Rehabitar Lisboa e sonhar como se estivessem a jogar no Euromilhões. Aqui as hipóteses são maiores, muito embora a última edição tenha recebido cerca de 24 mil candidaturas para apenas 38 imóveis – alguns ultrapassaram mesmo os mil interessados.

Desta vez há apenas 20 apartamentos, mas com algumas preciosidades pelo meio. Destaque para um T2 de 55,35m2 em pleno Convento das Bernardas (onde também funciona o Museu da Marioneta) que está em fase de reabilitação. A renda será de 500€ mensais para o futuro inquilino.

As freguesias contempladas nesta edição são Ajuda (3 imóveis), Beato (1), Belém (1), Estrela (3), Marvila (2), Misericórdia (2), Olivais (1), Parque das Nações (1), Penha de França (4), Santa Maria Maior (1), São Domingos de Benfica (1) e São Vicente (1). E as candidaturas fazem-se aqui.

+ Ligação entre Lisboa e Barreiro com mais horários a partir de Abril

+ Adamastor: vedação aprovada, mas pode ser provisória

Últimas notícias

    Publicidade