0 Gostar
Guardar

As cervejas artesanais que tem mesmo de provar

Loiras, morenas e ruivas. Aqui tem uma lista de seis cervejas artesanais para experimentar.

Fotografia: Ana Luzia
Conjunto de cervejas do bar Boeheme

Sugerimos que abra horizontes, abandone o conforto refrigerante das marcas com que cresceu e aproveite para se aventurar no mundo da cerveja artesanal.

As cervejas artesanais que tem mesmo de provar

Red Zeppelin Ale

Para quem...
gosta de sabores amargos e frutados e procura uma cerveja com mais corpo e personalidade, mas quer ir a conduzir para casa.

Por quem?
A Musa é uma das mais recentes cervejeiras portuguesas, e esta é uma das suas três propostas iniciais.

Sabe a quê?
Uma Session IPA de cor âmbar, lupulada e com notas cítricas. Fácil de beber e amarga, mas não demasiado.

Florinda

Para quem...
ainda está convencido de que nada é tão bom como as cervejas portuguesas de grande produção e não quer arriscar.

Por quem?
A Oitava Colina foi apresentada no Pátio da Cerveja de 2015 e já é uma das marcas mais fáceis de encontrar em Lisboa.

Sabe a quê?
Uma pale lager, entre o âmbar e o dourado. Leve e maltada, com notas de caramelo e um sabor doce e terroso.

Saison

Para quem...
quer uma cerveja refrescante mas está à procura de um sabor ligeiramente mais complexo, com especiarias e frutos em primeiro plano.

Por quem?
A Dois Corvos é a brewery mais aventureira da cidade e do país. 

Sabe a quê?
Uma saison de cor dourada, com um final seco. É frutada, com travos de especiarias e algum (pouco) picante.

Double Oat Meal Stout

Para quem...
gosta de sabores amargos e cervejas encorpadas, capazes de alimentar e aumentar o teor de álcool no sangue ao mesmo tempo.

Por quem?
A Passarola é uma cervejeira consistente.

Sabe a quê?
Uma imperial stout negra, com espuma acastanhada e cremosa. Com notas de chocolate e malte torrado.

Look, I'm your Lager

Para quem...
quer experimentar algo diferente, que seja refrescante e fácil de beber, mas mais forte e amarga do que uma cerveja tradicional.

Por quem?
Uma colaboração entre a Aroeira, a cervejeira-irmã do Duque Brewpub, e a Bolina, da Azambuja.

Sabe a quê?
Uma India Pale Lager com uma cor algures entre o dourado e o cobre. Generosamente lupulada e amarga.

English Barleywine

Para quem...
gosta de belgas ou quer uma cerveja complexa e maltada, pouco amarga, aconchegante e com um teor alcoólico mais elevado.

Por quem?
A Maldita é uma cervejeira de Aveiro (ou mais concretamente Cacia) internacionalmente premiada.

Sabe a quê?
Um barley wine com sabor e aroma doces e alcoólicos. De cor acobreada e com notas de caramelo, banana e frutos secos.

Comentários

0 comments