Três novos pratos para provar no Pigmeu nesta estação quente

Tanto há pica-pau de túbaros como pratos instagramáveis. Mostramos-lhe três pratos do Pigmeu para esta Primavera-Verão.
Bossam pigmeu
Manuel Manso O cachaço cozinhado durante horas e inspirado no bo sam asiático
Por Catarina Moura |
Publicidade

Quando Miguel tira palavras como túbaros ou mioleira da ementa, esses pratos passam logo a vender melhor. E é raro alguém ficar insatisfeito por ter comido túbaros e afins quando cozinhados da maneira certa. O segredo é apresentar uns ovos mexidos com mioleira com o nome "Ovos à Anibal", numa referência à série de televisão Hannibal, onde o protagonista se lambe com miudezas humanas.

Para os que não dão confianças a vísceras, o melhor é nem perguntar quando aparecerem nomes intrigantes na nova carta de Primavera-Verão deste restaurante em Campo de Ourique. Miguel Peres teve a ideia para um restaurante onde todos os pratos levam porco há três anos e na Primavera-Verão deste ano quer provar que este bicho quando vai à mesa também pode ser fresquinho e leve.

Criou uma ementa cheia de pequenas porções de petiscos, muita crocância e uma ou outra saladinha fria. No final disto tudo pode sempre pedir um asiático bo sam: um cachaço marinado durante 12 horas e cozinhado durante outras tantas enrole-no numa folha de alface, com arroz, vegetais laminados e molhos e diga que está calor.

Recomendado: O melhor frango assado em Lisboa

Três novos pratos para provar no Pigmeu nesta estação quente

pica-pau pigmeu
Manuel Manso

Pica-pau de Tubarão

Para não escrever pica-pau de túbaros na ementa, Miguel escreveu pica-pau de tubarão. O marketing funciona para o prato, que é pedido muito mais vezes, e os clientes comem uma carne tenra, não muito cozinhada num molho de carne e mostrada. Por cima, os essenciais pickles feitos na casa — não muito avinagrados e quase doces, são feitos com vinagre, alho, sal, açúcar e alecrim.

Preço: 7,90€

tosta de abacate pigmeu
Manuel Manso

Abacate, camarão e crocante numa torrada

Numa casa onde se tenta aproveitar tudo o que é porco, aparece no meio do menu uma tosta de abacate que engana qualquer instagramer da "comida do bem". Tem tudo o que se espera de uma tosta e abacate: o tal fruto bem esmagado e temperado, camarões, o picante do sriracha e a crocância de pedacinhos de torresmos.

Preço: 6,70€

Publicidade
satay de cachaço pigmeu
Manel Manso

Satay de cachaço

A inspiração da street food oriental está toda aqui: umas quantas espetadas de cachaço de porco, banhadas com um molho de mel e soja e salpicadas com umas sementes de sésamo. Se achar que isto é pouco sabor por dentada, são servidas com um molho de amendoim, citronela e sésamo.

Preço: 5,40€

Também lhe pode interessar...

comida ao domicílio
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

As melhores entregas ao domicílio em Lisboa

São três palavrinhas mágicas: comida ao domícilio, ou uma apenas ("delivery"), se preferir recorrer à capacidade de síntese anglo-saxónica. Existem para nos facilitarem a vida (ou aumentarem a preguiça) e há cada vez mais. O que faz na rua costuma ser connosco mas desta vez dizemos-lhe para ficar em casa: pegue no telemóvel ou no computador e encomende a boa comida que há lá fora. Estas são as melhores entregas ao domicílio em Lisboa.

jantar supper star
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Um chef em casa? É para já

Passamos a vida a dizer que o que faz em casa é consigo e o que faz na rua é com a Time Out, mas desta vez decidimos meter o bedelho na sua cozinha. Para fazer um figurão entre amigos, safar um jantar de cerimónia, ou ter uma noite diferente, opte por um chef em casa. Estes fazem-lhe a papinha toda (incluindo a limpeza final). 

Publicidade