Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores livros para comer este Natal

Os melhores livros para comer este Natal

Natal é sinónimo de jantaradas, mesas fartas e tardes passadas na cozinha a preparar doces. Fizemos uma selecção dos melhores livros de gastronomia, com ou sem receitas, que vão animar a quadra. Para oferecer ou para guardar

Cozinha
©Andy Chilton/Unsplash
Por Mariana Morais Pinheiro e Mariana Correia de Barros |
Publicidade
A Vida e as Receitas inéditas do Abade de Priscos - Mário Vilhena da Cunha e Fortunato da Camara
@DR

A Vida e as Receitas Inéditas do Abade de Priscos

Já ouviu falar da contribuição de Manuel Joaquim Machado Rebelo para o receituário nacional? Não? E se lhe dissermos que é o Abade de Priscos, o homem por detrás do mais famoso pudim português? Fortunato da Câmara, crítico do Expresso, e Mário Vilhena da Cunha, familiar do abade de Braga, reuniram fotografias, receitas e depoimentos que retratam a vida de um dos mais exímios cozinheiros do séc. XIX. A densidade da pesquisa é, por vezes, interrompida pelas aventuras do abade (e ainda bem), que cozinhou para o rei, fez um forno a partir de uma cama e, sabendo que os franceses não comiam bacalhau, meteu duas postas na mala quando foi a Paris. É um livro essencial para a preservação da memória de um cozinheiro muito à frente do seu tempo. MMP

Fortunato da Câmara e Mário Vilhena da Cunha | Círculo de Leitores | 22,20€




A Time Out diz
A Doçaria Portuguesa Norte - Cristina Castro
©DR

A Doçaria Portuguesa – Norte

Há um lado afectivo que põe em causa a minha imparcialidade. Primeiro, porque, sendo do Norte, cresci a comer os doces que Cristina Castro, a autora, classifica neste volume, o primeiro de cinco; e depois porque tive o prazer de a conhecer, muito antes de ela se lembrar deste projecto, para poder agora atestar com propriedade que Cristina, minuciosa, é a pessoa mais indicada para fazer este inventário. Nele conta-se a história da doçaria portuguesa, de norte a sul do país. E neste primeiro volume, com prefácio do gastrónomo Virgílio Nogueiro Gomes, fotografias de Gonçalo Barriga e desenhos de Ana Gil que ilustram receitas familiares, contam-se as histórias de 157 doces, uns conventuais, outros populares; uns mais recentes que outros, alguns com ovos, açúcar e amêndoas, outros com vinho, cerveja ou cozinhados dentro de estômagos de porco. É para coleccionar e é uma bela prenda de Natal. MMP

Cristina Castro | Ficta Editora | 32€ 

A Time Out diz
Publicidade
Cinco Séculos à Mesa - Guida Candido
©DR

Cinco Séculos à Mesa

Eis um resumo gastronómico de 500 anos, contado através das receitas de alguns dos seus mais importantes intervenientes. O Livro de Cozinha da Infanta D. Maria, o mais antigo livro de receitas escrito em português, do século XVI, foi o escolhido para começar esta história. Depois das receitas de tigeladas de perdiz e de marmelada da Infanta, aparecem as de Domingos Rodrigues, autor de Arte de Cozinha, o primeiro livro de cozinha a ser impresso no país, em 1680. Lucas Rigaud surge com o seu Cozinheiro Moderno, contestando o antecessor e apresentando lombos de vaca com anchovas, logo seguido por Paul Plantier, já no século XIX, que traz codornizes à moda de caçador. O remate é feito com as receitas do “mestre” João Ribeiro, e todas elas, mais antigas ou mais recentes, podem ser reproduzidas na sua cozinha. MMP

Guida Cândido | D. Quixote | 22,41€ 

A Time Out diz
Sopas e Descanso - Elina Fuhrman
©DR

Sopas & Descanso

Em 2009, Elina Fuhrman recebeu um diagnóstico de cancro na mama. Em vez de tratamentos, embrenhou-se no estudo da alimentação, bebeu sabedorias da medicina ayurveda e chinesa, tornou-se vegetariana e, de maneira a ter algum conforto, focou-se nas sopas. E é por isso que mais do que um livro de receitas, o Sopas & Descanso é uma lição de saúde e bem-estar. Elas também estão lá, claro, em cremes, caldos, com pedaços ou cruas, todas com uma introdução útil e bem fotografadas. Mas antes de chegar às receitas, a jornalista de formação achou que era necessário explicar ao leitor o porquê das escolhas. Tem também planos detox de 24 horas, três e cinco dias, semelhantes aos que vende na sua empresa Soupelina, na Califórnia. MCB

Elina Fuhrman | Lua de Papel | 19,80€

A Time Out diz
Publicidade
Sobremesas 555 – 5 ingredientes, 5 euros, 5 minutos

Sobremesas 555 – 5 ingredientes, 5 euros, 5 minutos

Açúcar, farinha, manteiga, ovos, leite e natas; cinco minutos da sua vida; e cinco euros bem gastos a fazer sobremesas para este Natal. Rita Nascimento, que no ano passado publicou a A Vida Secreta dos Gelados Caseiros e tem um canal no Youtube onde apresenta semanalmente receitas de bolos e doces, lançou este ano o livro perfeito para gulosos e preguiçosos. As receitas, bem explicadas, são de fácil execução. Umas são para comer à colher, como as mousses de chocolate, os cremes de coco e manga, os pudins, ou os fondants; outras para comer à fatia, como tartes tatin ou as banoffee pies; e outras ainda, como os brownies e as cookies, para serem devoradas à dentada. MMP

Rita Nascimento | Arte Plural Edições | 16,60€

A Time Out diz
Na Cozinha de Miguel Castro e Silva
©DR

Na Cozinha de Miguel Castro e Silva

Há um hiato de 15 anos entre o primeiro livro de Castro e Silva, Uma Cozinha dos Aromas (2001), e este (pelo meio, só um livro escrito para o mercado inglês). Ou seja, o chef tem quase 30 anos de cozinha para pôr no papel e muito para ensinar. Antes de cada receita, baseada num produto específico (berbigão, robalo, couve portuguesa, pão, perdiz...), há um episódio/anotação histórica/relato de outra receita, escrito pelo jornalista Augusto Freitas de Sousa, com base em conversas com o cozinheiro. Ou seja, mais do que um livro de bons e imaginativos pratos de raiz portuguesa, trata-se de uma aula de história gastronómica e ligações entre produtos, com um glossário de cozinha e tudo. As fotos são de Jorge Simão, um ex-fotojornalista de guerra agora dedicado às comidas. MCB

Miguel Castro e Silva e Augusto Freitas de Sousa | Lua de Papel | 22,90€

A Time Out diz
Publicidade
Al Dente - Chira Ferra
©DR

Al Dente

Chiara Ferro abriu em Lisboa a primeira tasca italiana e foi responsável por pôr os lisboetas a babar por umas simples almôndegas com puré. Mostrou também que as verdadeiras pastas não levam natas, que não há lugar para a faca quando a refeição é massa e que o pesto não tem de ser só de manjericão, pode ser feito com beterraba. No primeiro livro que lança, exclusivo de pasta, atira-se com sabedoria e muitos truques a detalhes como estes e a dezenas de receitas fáceis e rápidas (tirando aquelas em que é preciso apurar bem os molhos), onde toca os clássicos italianos e outros sabores mais básicos, como a massa com atum enlatado. Sim, é verídico. E funciona. Palavra de quem experimentou. MCB

Chiara Ferro | Manuscrito | 15,90€

A Time Out diz
Pratos e Travessas

Pratos e Travessas

Este livro começa bem. Começa com o Pratos & Travessas, o blogue que em 2012 foi nomeado para os BFBA (os prémios da revista americana Saveur que premeia os melhores blogues de comida), nas categorias de melhor fotografia (tiradas pela autora) e melhor foto única de comida. Feito inédito entre os blogues portugueses até então. Por isso, é de esperar que as fotografias sejam bem bonitas. E são. As receitas, adaptadas ao ritmo familiar e que conferem ao livro um dinamismo diferente do que se costuma ver por aí, são outro dos pontos a favor. Por isso, a seguir aos pequenos-almoços e brunchs, com receitas de tostas de ricota com banana caramelizada e de panquecas de espelta e requeijão, surgem os jantares da semana, a segunda refeição do dia (regra geral) mais concorrida lá de casa. Há ainda um capítulo dedicado aos almoços de domingo, com vários assados e caçarolas, outro aos piqueniques, e ainda sugestões de bolos para os dias de festa. MMP

Mónica Pinto | Bertrand Editora | 18,80€

  

A Time Out diz
Publicidade
Semear Sabores, Colher Memórias

Semear sabor, colher memórias

Há coisas indispensáveis na vida de um português satisfeito: bacalhau, cataplanas, cerveja e pastéis, sejam eles doces ou salgados. A chef Justa Nobre e Fátima Moura, escritora de gastronomia, reuniram neste livro, pratos tradicionais, ou não, de cada uma destas variáveis. Mas antes de passarem às receitas de bacalhau à João do Buraco ou ao Da mãe, guisado no pote de ferro, contam a história do peixe, desde a sua pesca à salga (Justa e Fátima foram até à Noruega ver como se fazia). Também falam das cataplanas e de como elas, antes de serem adoptadas pelos algarvios, se chamavam prussianas e eram usadas sobretudo para cozinhar caça nas Beiras. Aventuraram-se ainda pelos bitoques com molho de cerveja e pelos pastéis de massa tenra ou de bacalhau, ou então pelas azevias, tão próprias desta época. MMP

Fátima Moura e Justa Nobre | Vogais | 21,98€

A Time Out diz
Os 100 Melhores Azeites de Portugal de Edgardo Pacheco

Os 100 Melhores Azeites de Portugal

Edgardo Pacheco, jornalista, pegou numa das culturas mais importantes do país e passou-a para o papel, naquele que não é primeiro livro de azeites portugueses, mas sim o primeiro guia. Estudioso da área, provador há vários anos, começa por fazer um pequeno tratado sobre a olivicultura portuguesa, segue para o abc do azeite (tipos de azeitonas, lições de provas) e depois apresenta cada uma das 100 escolhas (de 200 que provou) com notas de prova, histórias e locais de produção de cada garrafa e ainda uma dica de uso. Como adenda, há 25 receitas de alguns dos melhores chefs portugueses, muitas de alta cozinha. Resumindo, é um trabalho muitíssimo bem feito e escrito, um esclarecimento para quem percebe pouco da área – ou até para quem quer entrar nela – e um excelente presente para apreciadores de azeite. MCB

Edgardo Pacheco | Lua de Papel | 22€

A Time Out diz
Mostrar mais
Publicidade