A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Terraço Memmo Príncipe Real - Escabeche de Perdiz
Fotografia: Manuel Manso

Os três melhores sítios para comer escabeche de perdiz

Estamos a falar de boa comida, não de um escarcéu qualquer cheio de gritaria e uma perdiz lá pelo meio.

Escrito por
Catarina Moura
Publicidade

Por uns minutos, esqueça os carapauzinhos fritos com molho de escabeche e dê uma oportunidade a esta carne de caça temperada com um travo avinagrado. Escolhemos três sítios em Lisboa onde o escabeche acontece à sua frente, sem enervações.

Os três melhores sítios para comer escabeche de perdiz

  • Hotéis
  • Hotéis de charme
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real
  • preço 3 de 4

O escabeche do terraço deste hotel é uma pequena dose do prato que existe há mais tempo no restaurante do mesmo hotel, criação de Vasco Lello. Vem num potezinho, para petiscar e para se acompanhar de fatias de pão finas e estaladiças e de um puré de maçã verde com alguma acidez.

Preço: 13€.

  • Hotéis
  • Santa Maria Maior
  • preço 3 de 4

Na carta do chef João Correia para o restaurante com terraço do Hotel Altis Avenida, com vista para a Praça dos Restauradores, o escabeche de perdiz aparece como entrada, servido com um mix de alfaces. Para continuar com a caça refeição fora é pedir os fígados de aves com puré de favas, um os pratos de carne.

Preço: 14€.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Espanhol
  • Chiado/Cais do Sodré
  • preço 2 de 4

O escabeche é um dos pontos em que a gastronomia espanhola e a portuguesa se tocam e a Méson Andaluz mostra isso mesmo com esta entrada. Chama-lhe perdiz escabechada e serve esta ave sobre uma tosta estaladiça, tal e qual uma tapa.

Preço: 7,50€.

Outras petiscadas irresistíveis

  • Restaurantes
  • Português

Tem de ser cozido e bem cozido para não ficar tipo pastilha-elástica. Depois segue para a grelha ou para o forno, embebido em azeite e acompanhado com batata à murro. No Natal é rara a mesa do Norte que não tenha polvo, mas se for alfacinha, e enquanto não chega a quadra, é ir a um destes três sítios para comer polvo à lagareiro.

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade