Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa

Os melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa

É um dos pratos de referência do país e Lisboa tem das melhores casas para provar peixinhos da horta

peixinhos da horta do papa açorda
Fotografia: Arlindo Camacho Peixinhos da horta do Pap'Açorda
Por Tiago Neto |
Publicidade

Quem diria que feijão verde envolto numa fritura no ponto é capaz de levar um português ao céu. Mas é. Como entrada ou prato principal, com ou sem molho para dar uns mergulhos, a iguaria (que muitos acreditam ter dado origem à tempura japonesa) tem mais de horta do que de peixe, mas não deixa de ser presença incontornável em muitas cartas. Por isso, e porque a capital não foge à regra, tudo o que tem a fazer é abrir o apetite e seguir as nossas recomendações dos melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa.

Recomendado: Os melhores restaurantes alentejanos em Lisboa

Os melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa

Os Papagaios
© Manuel Manso
Restaurantes

Os Papagaios

icon-location-pin Lisboa

Na mítica casa do bairro de Arroios, recuperada por Joana Amado, os peixinhos da horta são prata da casa e um dos argumentos para a visita. São acompanhados por maionese.

Preço: 3€

peixinhos da horta do papa açorda
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Pap'Açorda

icon-location-pin Cais do Sodré

Entrada clássica do Pap’Açorda, e na ementa desde os tempos do Bairro Alto, os peixinhos da horta são, a par dos pastéis de massa tenra, a melhor maneira de começar uma refeição. Vêm para a mesa sem maioneses ou afins, porque o snack é bom (e viciante) assim mesmo, per se.

Preço: 6,50€

Publicidade
as velhas
©Duarte Drago
Restaurantes, Português

As Velhas

icon-location-pin Avenida da Liberdade

No número 21 da Rua Conceição da Glória entre as ameijoas à Bulhão Pato, a alheira de caça, os cogumelos com presunto ou as gambas ao alho estão, pois claro, os peixinhos da horta. E a comida e o que lhe chega à mesa faz valer cada euro que lhe cair na conta. 

Preço: 8€

Restaurantes, Português

O Guarda-Mor

icon-location-pin Bairro Alto

Feijão verde fresco, farinha, ovos, uns temperos simples e fritura feita em lume brando. É esta a base de uma das receitas de maior fama d'O Guarda-Mor – já feita há umas décadas. São servidos de entrada, acompanhados com uma tapenade de azeitonas, anchovas e azeite.

Preço: 7,90€

Publicidade
Café do Paço - Sala de Refeições
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Café do Paço

icon-location-pin Lisboa

Conhecido pelos bifes do lombo mergulhados em molho de natas, o Café do Paço tem uns excelentes peixinhos da horta, sempre fritos no ponto, que são a introdução perfeita para qualquer jantar – apesar de rivalizarem com os croquetes. Vêm apenas enfeitados com uma rodela de laranja, mas pode pedir alguns molhos para acompanhar (sim, sim, há maionese).

Preço: 4,90€

Tascardoso
©Joana Freitas
Restaurantes, Português

Tascardoso

icon-location-pin Princípe Real

Há mais de 30 anos que o Tascardoso se mantém fiel à tradição dos preços baixos e comidas simples. Não é de estranhar, por isso, que o petisco faça parte do menu e que sirva na perfeição o propósito de entrada.

Preço: 4,90€

Publicidade
Peixinhos da horta do Coelho da Rocha
©DR
Restaurantes, Português

Coelho da Rocha

icon-location-pin Campo de Ourique

É um dos melhores restaurantes do bairro. Tem um balcão com bancos altos onde se come muito bem e ainda se consegue ter um showcooking mesmo ali, até porque a cozinha é à vista de todos. Pode fazer uma refeição só com petiscos – entre os quais os obrigatórios peixinhos da horta.

Preço: 3,50€

Peixinhos da horta do Páteo do Petisco
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Petiscos

Páteo do Petisco

icon-location-pin Cascais

Se o que procura é um restaurante para celebrar a moda de petiscar, voilá. Um corrupio de empregados anda entre as salas interiores e a esplanada, carregados de travessas com cascas de batatas, pimentos Padrón, ovos com espargos, ou, claro, peixinhos da horta. Sabores mais portugueses não há.

Preço: 4,50€

Os melhores sítios para comer...

Cherie Paloma - Huevos Rancheros
©Manuel Manso
Restaurantes

Huevos rancheros

Um prato com ovos entra logo à partida na categoria de comfort food. Estes não são típicos portugueses mas entram já em vantagem nessa lista. Aconchegam qualquer estômago, quer decida comê-los ao pequeno-almoço, como se faz no México, quer os coma a qualquer outra hora do dia. À tortilha de milho que serve de base juntam-se os ovos fritos, cobertos com molho de tomate picante. A acompanhar estão habitualmente o feijão, o arroz mexicano ou fatias de abacate, a colorir e a dar pujança ao prato. 

Kin
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Pan-asiático

Spring rolls

É um salgadinho asiático que entretanto já foi adoptado por todo o mundo. Estes spring rolls têm uma massa que parece a de um crepe, bem fininho, e a forma é a de um rolo (os spring rolls vietnamitas, por sua vez, são enrolados em massa de arroz). O recheio destes rolinhos primavera pode ser vegetariano ou com carne salteada no wok com legumes.

Publicidade
Mano a Mano - Lasanha
©DR
Restaurantes, Italiano

Lasanha

Um tabuleiro carregadinho de lascas de massa fresca intercaladas com molho de tomate, muito queijo, e carne picada é o expoente máximo da comfort food. Se há povo que sabe falar de comida de conforto é precisamente o italiano, com os seus pratos de massa e pizzas com mais ou menos gordura mas muito queijo, sempre prontos a tratar de nos levantar o espírito em dias mais cinzentos.

Publicidade