A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Claras em Neve
Mariana Valle Lima

Oito ovos da Páscoa para oferecer

Este ano, deixe os ovos dos supermercados nas prateleiras e apoie os negócios locais. São gulosos à mesma, caseirinhos e todos têm entregas em casa.

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Não precisamos de desculpas para dar uma trinca num bom doce, mas nada como uma data especial para nos deliciarmos sem culpa. Na Páscoa, celebre-se o momento ou não, é difícil evitar os chocolates – ou os ovos, para sermos mais específicos. Dos supermercados às lojas especializadas, as opções são muitas, mas o que lhe sugerimos aqui são ovos fora da caixa. Bonitos e bons. Alguns são versões limitadas, sendo por isso um investimento. São presentes perfeitos e a gulodice que nos fará abrir uma excepção na contagem de calorias. Eis oito ovos da Páscoa perfeitos para oferecer.

Recomendado: Três sítios para comprar amêndoas em Lisboa

Ovos da Páscoa para oferecer

  • Restaurantes
  • Chiado

No novo restaurante da moda, não são os doces motivo de romaria, mas bem poderiam ser. Sair do Rocco sem experimentar uma sobremesa é como sair do Rocco sem descer à casa de banho, provavelmente a mais bonita de Lisboa. Para a Páscoa, Claiton Ferreira, o chef de pastelaria, que esteve no Pesca e melhorou as sobremesas da Zero Zero e da Sala de Corte, preparou uma edição limitada de ovos de chocolate, recorrendo ao chocolate português Melgão e casando-o com frutos secos italianos, trufa ou caramelo salgado. Há três opções, uma das quais no mínimo imponente: trata-se de um ovo com 50 cm de altura e 2,8 kg de peso (180€). “Imponente, contemporâneo e irresistível”, segundo o pasteleiro. Mas atenção porque, neste tamanho, há apenas dez exemplares. Prepare-se para uma bomba de chocolate negro Piura Blanco 70%, recheado de trufas de caramelo e flor de sal, praliné de pistáchio siciliano, praliné de avelã de Piemonte e de chocolate negro. Nas opções mais modestas, encontra o Amalfi Egg (50€), que combina chocolate negro 70% e chocolate de leite 40%, e o Easter Basket (75€), que contém dois ovos de chocolate de leite e dois de chocolate negro recheados de trufas de caramelo e flor de sal. Os ovos estão disponíveis para venda no restaurante e através do site, apenas até 17 de Abril.

  • Restaurantes
  • Pastelarias
  • Alcântara

Carolina Henke, da Brigadeirando, sabe sempre como tornar a vida mais doce. E na Páscoa, os seus ovos de chocolate são já um clássico. Aos recheados de bolo e brigadeiro, com sabores que combinam, por exemplo, o bolo de cenoura com brigadeiro tradicional (35€), ou o brigadeiro de lima e framboesa com bolo de lima (35€), junta-se um bonito conjunto de seis mini-ovos (45€). Mas atenção, esta colecção de Páscoa só está disponível para encomendas até ao dia 14 de Abril (no site ou na loja na Lx Factory, em Alcântara, Lisboa). 

Publicidade
Claras em Neve
Mariana Valle Lima

3. Claras em Neve

Os bolos, os brigadeiros e as cookies da Claras em Neve já dão que falar há algum tempo. Só ainda não sabíamos que também davam cartas nos ovos de Páscoa. Uma das opções no menu da época festiva são os ovos trufados, com uma casca de chocolate belga e duas opções de sabor: chocolate branco e oreo (33€) ou chocolate de leite, nutella e feuilletine (36€). Também há ovos recheados, disponíveis em dois tamanhos e três sabores, sendo possível optar entre o ovo de brownie, doce de leite e crocante de amendoim (16€-28€); o ovo de lima-limão e blueberry (17€-31€); e o ovo de cenoura e brigadeiro de chocolate (18€-33€). Existe ainda a opção de um pack que combina os três sabores do menu (13€). Mas a estrela é o chamado ovo especial, de chocolate belga Callebaut negro, trufado com caramelo, praliné de avelã e avelãs caramelizadas. O interior tem seis trufas recheadas com caramelo e praliné (57€). As encomendas podem ser feitas através das redes sociais, e-mail ou WhatsApp (91 899 0415), com entregas próprias em toda a Grande Lisboa. Além disso, é ainda possível encontrar a Claras em Neve nas plataformas de entrega ao domicílio.

Joana Reymão Nogueira
Mariana Valle Lima

4. Joana Reymão Nogueira

Há mais de duas décadas que Joana Reymão Nogueira adoça bocas sem precisar de desculpas com datas especiais. Mesmo assim, a cada ocasião, a doceira consegue apresentar novidades exclusivas. Para a Páscoa, há sete ovos para comer à colher: Maltesers, Smarties, leite Nido, palha italiana, Oreo, frutos vermelhos e KitKat (27,90€). Muitos deles com base de brigadeiro de chocolate de leite, e uns quantos com creme de leite condensado. E todos muito bonitos – que os olhos também comem, já se sabe. Pode encomendar até 14 de Abril, sendo que as entregas são efectuadas até dia 17. Basta enviar um e-mail para ou ligar para o 91 430 3881. 

Publicidade
  • Hotéis
  • São Sebastião
  • preço 4 de 4

Não há Páscoa em que o chef pasteleiro do Ritz, Diogo Lopes, não se supere. Cada ovo é uma obra de arte e também por isso não é chocolate para todos os bolsos. A proposta deste ano é um ovo gigante de chocolate dourado feito à mão, com o mais fino e delicado chocolate Valrhona (125€). Com 35 centímetros de altura, o ovo vem recheado de chocolates inspirados no conto João e o Pé de Feijão, jelly beans, ovos de chocolate e barras de chocolate, todos artesanais. Uma vez aberto, cada ovo revela ainda uma surpresa exclusiva: um voucher para um brunch de fim-de-semana para uma pessoa no Restaurante Varanda ou um chá da tarde para uma pessoa. As encomendas devem ser feitas via e-mail.

  • Restaurantes
  • Belém

É claro que os brownies são o doce preferido desta Miss, mas isso não significa que vire a cara aos gulosos ovos da Páscoa. Há cinco sabores à escolha: red velvet com doce de limão, doce de leite, caramelo salgado, brigadeiro, e os chamados coelhinhos a mergulhar (Smarties). Há ainda Bento Egg (20€), inspirado nos bonecos do bolo bento. Também existem vários tamanhos disponíveis. O pequeno, com 200 g, custa 12€; o grande, com 500 g, custa 20€; o grande com seis brigadeiros sortidos custa 28€; e o kit mini-chef custa 13€ e inclui um saco de pasteleiro com doce de brigadeiro, casca de chocolate branco com granulado de chocolate colorido e m&m's – os ingredientes necessários para montar um ovo. As encomendas podem ser feitas até ao domingo de Páscoa, basta ligar para o 21 580 6018, e podem ser levantadas na loja no Restelo. Se preferir, por um custo adicional, pode pedir para entregarem em casa.

Publicidade
Sam Pastelaria Saudável
DR

7. Sam Pastelaria Saudável

Nem todos os ovos têm de ser pecaminosos e a prova disso são as opções da Sam Pastelaria Saudável. Samya criou três ovos de Páscoa, vegan, com recheios sem glúten e com opção adoçada com açúcar de coco ou stevia. Há o ovo de cenoura com brigadeiro de amêndoas (13,5€ com açúcar de coco/16€ com), outro recheado com doce de leite de amêndoas (14,5€ com açúcar de coco/17€ com) e duas cascas recheadas com brigadeiro de tâmaras e corn flakes (15€ tradicional/17,5€ com stevia). Pode comprar através da nova loja online, mas atenção que as encomendas para a Páscoa devem ser realizadas até ao dia 10.

  • Restaurantes
  • Brasileiro
  • Belém
  • preço 1 de 4

Os salgadinhos são uma perdição (olá coxinha, olá pão de queijo), mas os doces não ficam nada atrás. Para a Páscoa têm, como não podia deixar de ser em casa brasileira, os ovos de comer à colher importados do país tropical, estes inspirados nos dois bolos mais pedidos na Lanchonete. Há o ovo de chocolate de leite recheado com brigadeiro (30€) e o ovo de chocolate de leite recheado com doce de leite e paçoca (30€). As encomendas devem ser feitas até dia 15 de Abril nas lojas de Belém ou Benfica ou via Instagram.

Mais doçaria

  • Restaurantes

Doces ou salgados, folhados, tipo brioche ou até uma mistura dos dois. Simples, com recheios clássicos ou opções mais arriscadas. Não param de abrir croissanterias em Lisboa, e nós agradecemos. Fazemos-lhe um roteiro para saborear croissants a qualquer hora do dia. Sabem bem ao pequeno-almoço, também ao lanche, mas também podem bem ser opção ao almoço, acompanhados de um sumo do dia. À procura de um bom croissant? Veio ao sítio certo. Há queijo e fiambre, doce de ovos, oreo, nutella, salmão, presunto e até caramelo salgado. Nestas croissanterias, só a gula é o limite. 

  • Restaurantes

São pequenas bolinhas de felicidade importadas do Brasil, mais especificamente de São Paulo. E não é fácil resistir a este doce que na sua versão mais tradicional é feito à base de leite condensado e chocolate (qual bomba calórica) e com uma preparação relativamente rápida e fácil de reproduzir em casa. Entretanto já há brigadeiros de todos os sabores, do amendoim ao morango, caramelo, caju, limão. Há até uns com nacionalidade luso-brasileira que mantêm a base de leite condensando mas sabem a arroz doce, pastel de nata ou baba de camelo. Prove os brigadeiros destes oito sítios.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade