A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Pickles, Fermentados, Acre Pickles
©DRAcre Pickles

Três projectos de temperos e molhos para brilhar na cozinha

Cozinhar com sabor tem que se lhe diga. Descobrimos novos pozinhos (e líquidos) mágicos que fazem a diferença na hora de vestir o avental.

Sebastião Almeida
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

Cozinhar em casa nunca foi tão importante. A verdade é que a pandemia veio alterar algumas coisas que dávamos por certas. Quando os restaurantes fecharam, a única alternativa passou a ser encomendar. Mas houve quem decidisse começar a aventurar-se na cozinha. A pensar nos que antes já o faziam, em quem quer fazer boa figura atrás dos tachos ou em quem se iniciou na arte de cozinhar em casa para amigos e família, fomos à procura das gentes que percebem do assunto e que criaram molhos e temperos para facilitar a vida atrás do fogão. Eis três projectos de molhos e temperos que prometem fazer a diferença na hora de vestir o avental. Atente a estes líquidos e pozinhos mágicos.

Recomendado: Restaurantes virtuais para mandar vir comida para casa

Molhos e temperos

Acre Pickles
©DR

Acre Pickles

António Pimpão e Cátia Silva são os responsáveis pela Acre Pickles, um projecto criado em Março que pretende dignificar o pickle como um método de conservação refinado e não apenas como “aquilo que se conhece de comer nos hambúrgueres”, brinca Cátia, responsável por toda a parte gráfica e digital do negócio. António, por sua vez, é quem trata da confecção. O chef já passou pelo restaurante da Herdade do Esporão e trabalha actualmente no 9B, restaurante de fine dining do icónico Via Graça. E como podem afinal os pickles ser usados?, perguntamos. “Como entrada, acompanhamento ou snack”, sugerem. O vinagre é a base, variando o seu tipo consoante as receitas; uma mistura de açúcares também está presente e basicamente é assim que o produto é criado. Depois só mudam os ingredientes que são conservados nesse líquido.

Há sete diferentes, em frascos de 370 ml (4,99€) ou de 720 ml (7,99€). O 00, ou o original, como também é conhecido, leva cebola, cenoura, couve-flor, pepino, louro, alho, grão de pimenta preta. Mas também há outros mais simples, como o de cebola e alecrim, de cenoura e caril, de beterraba e cebola roxa ou o de pepino e mostarda. O ideal é espreitar a página de Instagram, onde pode consultar toda a oferta e perceber as preocupações em matéria de sustentabilidade que foram implementadas no processo.

Encomendas através do e-mail, do Instagram e do Facebook, ou do 91 595 2659. Entregas feitas em mão em Lisboa ou através de correio para todo o território continental e ilhas

Cisca Massala
Cisca Massala

Cisca Massala

Francisca Dias e a mulher Tânia Semedo são quem faz tudo acontecer no Cisca Massala, lançado em Março. Com os seus temperos, Francisca, concorrente do programa Hell’s Kitchen, conseguia dar a volta aos sabores “dos verdes" que tanto custam comer a Tânia. Depois de reflectir, o casal chegou à conclusão de que poderia “ser engraçado fazer chegar às pessoas estes temperos muito específicos". E assim nasceu a Cisca Massala – um projecto em que “o tradicional português e do mundo se encontram”. O nome surgiu do termo carinhoso com que Tânia trata a mulher. A palavra massala diz respeito “à mistura de temperos e de ervas aromáticas” que se encontra no Sudeste Asiático e que são sempre diferentes.

A oferta está dividida em molhos, temperos e conservas. Mostarda caseira com mel (3,50€/110 g), Hummus com beringela queimada (3,50€/120 g) ou Molho barbecue caseiro (4€/110 g) são alguns dos molhos que tanto podem ser adicionados a um cozinhado como servir como complemento a qualquer snack. Os temperos secos, como o Citrus (3,50€/100 g), funcionam bem com peixe ou com aves. O Tempero do Raul (4€/100 g), em homenagem ao pai de Francisca, é uma pasta elaborada à base de pimento e alho; o Massala hot (4,50€/120 ml) é a versão de piripíri caseiro misturado com especiarias, com um equilíbrio de picante e de sabor; e o Pau para toda a obra (3,50€/100 g) “é literalmente o que nome indica”, garante Tânia. Nas conservas, a oferta aumenta: há Escabeche de coelho (10€/230 g), Bochechas do inferno (11€/200 g), uma conserva de bochechas guisadas com molho coreano, e Ovas de pescada confitada (13€/100 g), conservadas em azeite cítrico.

Encomendas através do e-mail, do Instagram e do Facebook. Envios por CTT para todo o país – em compras superiores a 30€ os portes são grátis, havendo também a possibilidade de entrega em mão na zona de Lisboa

Publicidade
Brilha com Segredo
©DR

Brilha com Segredo

Já matutava na ideia há um tempo, mas a participação no programa da SIC Hell’s Kitchen veio dar-lhe a "visibilidade" de que necessitava. Rafael Ribeiro, 21 anos, esperou então pelo momento certo e lançou em Fevereiro o Brilha com Segredo, um projecto de temperos e especiarias caseiras. “É muito bom poder brilhar em frente à família ou amigos com apenas um tempero”, diz. Ao todo, são cinco as propostas do jovem cozinheiro, nas quais o mel acaba por ser, quase sempre, o denominador comum. Os frascos de 200 ml contêm sabores como O doce de fava tonka (7,10€), O doce e o picante (7€) ou O segredo para carnes (5€) e para peixes legumes e sopas (5,25€) – nestes dois casos uma mistura de especiarias secas. Por fim, há o Molho de massa pimentão especial (4,20€), mais versátil, que tanto serve para marinada, como para grelhados ou refogados. Se quiser provar um pouco de todos há um pack de prova (frascos de 100 ml) com o valor de 15€.

Encomendas através do Instagram ou do 91 958 5518. Entregas gratuitas em Loures e em Lisboa (2,50€). Entregas por CTT entre um a três dias úteis (3,70€-6€)

Mais comida na cidade

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade