Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis sítios para comer bolas de Berlim o ano todo

Seis sítios para comer bolas de Berlim o ano todo

Com creme ou sem creme, mostramos-lhes seis sítios onde existem bolas de Berlim o ano todo.

Bolas da Praia
©Duarte Drago Bolas da Praia
Publicidade

Pode saber melhor quando está estendido no areal, mas se as férias tardam ou já foram, pode prolongar essa essa sensação e aumentar os níveis de açúcar no sangue de outra maneira. A verdade é que já não é preciso estar na praia à espera de ouvir a cantiga das bolas de Berlim, apregoada aos sete ventos pelos vendedores vestidos de branco e com arcas às costas. Aqui há bolas de Berlim o ano todo e até pode pedir para irem ter consigo, ao local de trabalho ou à casa das férias. Sem creme, com o tradicional creme de ovo amarelinho ou outros exemplares mais alternativos e bastante coloridos. 

Recomendado: As melhores pastelarias com fabrico próprio em Lisboa

Sítios para comer bolas de berlim

1
Rainha das bolas de berlim
©Duarte Drago

A Rainha das Bolas de Berlim

Rendemo-nos à realeza. Lurdes Esteves é a rainha deste negócio sobre rodas – tem uma carrinha de street food pequenina que estaciona desde Outubro de 2018 em Alcântara, em frente à cervejaria O Palácio. Tem recheios de nutella, kit kat, brigadeiro ou maçã com canela, mas bolas tradicionais com creme de ovo reluzem entre as restantes. 

Preço: 1,10€

Encomendas: Através do Facebook (facebook.com/esteveshorta). 96 821 5057. Entrega gratuita.

2
Bollíssima de berlim
©Duarte Drago

Bóllísima de Berlim

Admitem que não são “os primeiros ou os originais”, mas prometem ser inesquecíveis. A Bóllíssima começou a virar bolas em Fevereiro de 2018, e segue uma receita que tem mais de 30 anos, explicam. São bonitas e perfeitinhas, bem recheadas. Existe o tamanho normal ou em versão petit (0,95€ cada), no creme tradicional ou sabores como o chocolate.

Preço: 1,20€. 

Encomendas: www.bollissima.pt. Valor mínimo 12€, pago no acto da entrega, em dinheiro ou MBWay.

Publicidade
3
Sacolinha
©Duarte Drago
Restaurantes, Pastelarias

Sacolinha

icon-location-pin Chiado

A verdade é que as bolas de Berlim da Sacolinha são um clássico pedido nesta redacção há vários anos. A forma é bem redonda e perfeitinha, à primeira vista um bolo quase industrial. Mas essa questão acaba na primeira trinca: a massa é fofa e saborosa e o creme de ovo equilibrado. Têm mais versões, como a de doce de leite, para pecados maiores (a acompanhar os croissants e todas as miniaturas desta pastelaria).

Preço: 1,05€

4
Ora bolas
©Duarte Drago
Restaurantes, Pastelarias

Ora Bolas

icon-location-pin Grande Lisboa

Ora bolas, estas são difíceis de resistir. As bolas de Berlim são redondinhas, perfeitas, sem creme à vista. João Pedro Dias, à frente da Ora Bolas, não revela o segredo, diz apenas que está na massa e recheios sempre frescos. Tem uma quantidade de creme considerável escondida no interior e uma consistência aveludada e de cor brilhante. Além da bola de Berlim tradicional, Para ser mais surpreendido, têm caixas de degustação com mais sabores, como o creme de Ferrero, o de frutos silvestres, maçã com canela ou limão. 

Preço: 1,20€

Encomendas: www.orabolas.pt, mínimo seis unidades. Pode encomendar minibolas (16€/kg).

Publicidade
5
Bolas da praia
©Duarte Drago

Bolas da Praia

As bolas chegam em saquinhos às riscas azuis e brancas a fazer lembrar os toldos de praia e a teletransportá-lo para lá por instantes. Além do bonito packaging, tem um creme leve a compensar a bomba calórica. Têm vários recheios à escolha.

Preço: 1,20€

Encomendas: www.bolasdapraia.com/lisboa, taxa de entrega: 2€.

6
berlineta
©Duarte Drago
Restaurantes

Berlineta

icon-location-pin São Vicente 

Já lá vão dois anos desde que a Berlineta abriu a primeira loja, na Costa da Caparica, com variedade de massas e recheios: têm massas de beterraba, oreo, café, alfarroba, espinafres, erva doce, cenoura e, portanto, um fim de cores para a bola, da tradicional amarelinha à verde e até à preta, feita com carvão activado. Os recheios seguem a mesma lógica e além do ovo há um surpreendente e fresco maracujá, nutella, café, maçã e canela, caramelo e por aí fora.

Preço: 1,20€

Encomendas: encomendas@berlineta.pt. Tem dois pontos de venda físicos, na Gare do Oriente e na Estação de Santa Apolónia.

Lisboa doce

Brigadeiros - Ponto mais doce da Cidade
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Três sítios para comer brigadeiro

São pequenas bolinhas de felicidade importadas do Brasil, mais especificamente de São Paulo. E não é fácil resistir a este doce que na sua versão mais tradicional é feito à base de leite condensado e chocolate (qual bomba calórica) e com uma preparação relativamente rápida e fácil de reproduzir em casa. 

Crush Doughnuts
©Inês Félix
Restaurantes

Três sítios para comer dónutes

Não é propriamente um pequeno-almoço ou lanche saudável e nutritivo mas, como Homer Simpson nos ensinou ao longo dos anos, são estas roscas cobertas com chocolate, morango ou outro topping doce que nos vão trazer felicidade instantânea. 

Publicidade
Amorino
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

11 novos sabores de gelado para este Verão

Os gelados, tal como a vingança, servem-se frios, muito frios – em copo, cone ou pauzinho, é à escolha do freguês. Aos sabores de sempre misturam-se outros novos e inesperados, para dar cor à época. Nós demos o corpo ao manifesto para provar as novidades geladas das melhores gelatarias da cidade.

Publicidade