Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 11 novos sabores de gelado para este Verão

11 novos sabores de gelado para este Verão

Frescos, cremosos, com mais ou menos açúcar, um gelado vai sempre bem. Prove um dos novos sabores de gelado para este Verão

Amorino
©Inês Felix Amorino
Por Luís Leal Miranda, Inês Garcia, Francisca Dias Real e Tiago Neto |
Publicidade

Os gelados, tal como a vingança, servem-se frios, muito frios – em copo, cone ou pauzinho, é à escolha do freguês. Aos sabores de sempre misturam-se outros novos e inesperados, para dar cor à época. Nós demos o corpo ao manifesto para provar as novidades geladas das melhores gelatarias da cidade: estamos a falar de sabores como o kiwi com iogurte gelado de manga, morango e prosecco (para um toque alcoólico que vai sempre bem numa tarde quente), pêssego, melão, laranja sanguínea, groselha, meloa, creme de alperce, coco com gengibre, goiaba manga e lima. Faça o seu roteiro e não deixe derreter estas bolas de gelado.

Recomendado: As melhores gelatarias em Lisboa

11 novos sabores de gelado para este Verão

Häagen-Dazs
©Inês Felix
Compras

Häagen-Dazs

icon-location-pin São Sebastião

Kiwi com iogurte gelado de manga

Não estranhe a cor dos cones. São feitos com clorofila e chá verde, não levam quaisquer aditivos, e a bolacha
é bem crocante, como todos os cones deveriam ser. Foi a grande novidade
da Häagen-Dazs para celebrar a Primavera e ainda os mantém no Verão. Pode escolhê-los para acompanhar qualquer uma das bolas de gelado
(um cone com bola de gelado é 3,20€), mas experimente uma das novidades: o sabor para a temporada é o de kiwi com iogurte gelado de manga. Na loja, ainda encontra o surpreendente gelado de jasmim, romã e framboesa (uma edição limitada). Nos supermercados, também há novidades da marca, com os sabores brownie macchiato, caramel chai latte ou o chocolate frappé

Gelateria Della Nonna
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Gelateria Della Nonna

icon-location-pin Grande Lisboa

Cafe com canela e frutos silvestres sem açucar

Frutos silvestres sem açúcar (que se junta ao pistáchio, chocolate e morango sem açúcar do menu) e café suave com canela são dois dos sabores Della Nonna para o Verão de 2019. Têm guardados na manga o chocolate com gengibre e a banana com toffee. Esta gelataria artesanal abriu em 2017 pela mão de José Maria Nolasco,
nas Avenidas Novas, e tem apresentado sabores novos todas as estações, entre gelados e sorvetes de fruta. Pode pedir
em cone ou copo (pequeno 2,90€, médio 4,10€, grande 5,30€) ou arriscar tudo e levar uma caixa de 1⁄2 (10€) ou um litro (20€).

Publicidade
Gelados Mú
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Gelato Mú

icon-location-pin Grande Lisboa

Prosecco e Morango

Neste cantinho do Campo dos Mártires da Pátria a tradição italiana ainda é o que era. A Mú chegou em 2014 pela mão de Marco Bauli e Elena Castioni, um casal de Verona que viu nesta zona da cidade uma lacuna na oferta e decidiu avançar. Lá dentro, a produção pode ser acompanhada de perto sem cerimónias, do fabrico ao expositor, onde acabam todas as criações prontas para chegar ao copo ou ao cone. A aposta nos gelados sazonais é um dos trunfos, e prova disso são os sabores de Julho: sorbetto de Prosecco e morangos (para celebrar o quinto aniversário) e gelado de maracujá com chocolate branco crocante. Até dois sabores; 3,40€, até três sabores; 4€, até quatro sabores.

Grom
©Inês Felix
Restaurantes

Grom

icon-location-pin Grande Lisboa

Pêssego e Melão

Dentro destes potes de gelado não entram aromas nem corantes: o sabor e a cor do gelado são obtidos da forma mais natural possível, com frutos e produtos cultivados habitualmente na quinta de agricultura biológica Mura Mura, perto de Turim. Pêssego e melão são os dois novos sabores de Verão da gelataria italiana – o de pêssego é feito com vários exemplares desta fruta madura e com a casca, para criar um equilíbrio e não ficar muito doce. O sorbet de melão é mais fresco e a fruta vem da quinta Zerbinati, em Sermide, e é colhida apenas quando está madura, para maior intensidade do sabor da polpa. Ambos estão disponíveis até final de Julho. 3,5€ (pequeno) e 5,5€ (grande).

Publicidade
LucDuc
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

LucDuc

icon-location-pin Campolide

Birra Cin Amaretti

Estávamos em 2017 quando Luciano Pellizzari e Duc Hoang partiram do norte de Itália para Campolide. Na mala traziam a ideia de servir gelados o ano todo, e a capital portuguesa era o sítio perfeito. Hoje, a LucDuc já se estabeleceu como referência entre cones e copos ou affogatos, e os sabores vão chegando consoante a época. A última criação da dupla, birra con Amaretti (ou cerveja com bolacha Amaretti) foi inspirada nos Santos Populares de Lisboa. 2€ cone/copo pequeno, 3€ médio, 4€ grande.

Mÿ!ced
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Mÿ!ced

icon-location-pin Campo de Ourique

Iogurte com Espirulina

O que é a espirulina? Há quem lhe chame um superalimento e a verdade é que esta micro-alga é rica em proteínas. Outra curiosidade é a cor, azul, que foi o ponto de partida perfeito para que a Mÿ!ced pudesse criar um gelado que celebrasse a União Europeia. Feito com iogurte de baunilha, este muito instagramável pedaço de geladaria está disponível nas dez lojas da marca pelo país. Pode pedir para adicionar topping de insectos comestíveis recomendado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) – é uma das últimas grandes novidades da Mÿ!ced, e a máxima “primeiro estranha- se, depois entranha-se” aplica-se aqui: esgotou por estes dias e ainda não renovaram o stock. Copo normal 3€.

Publicidade
Amorino
©Inês Felix
Restaurantes

Amorino

icon-location-pin Baixa Pombalina

Groselha, Laranja Sanguínea E Frutas Exóticas

Os gelados-flor, essa espécie de botânica artificial comestível, conquistaram os corações (os estômagos, vá) dos lisboetas em 
2012. Desde então que trincar pétalas cremosas de gelado é um ritual de todas as estações. O Verão chegou e com eles três deliciosas novidades: groselha biológica, laranja sanguínea biológica e frutas exóticas com verbena. São sabores doces e complexos – um pouco de ácido aqui, um pouco de amargo ali – muito frescos e completamente adaptados ao calor que ainda não chegou. Copo ou cone pequeno, 3,50€; médio 4,50€, grande 5,50€

Nannarella
©Manuel Manso
Restaurantes, Geladarias

Nannarella

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Meloa e Creme de Alperce

É difícil passar na zona de São Bento sem pensar que logo ali está uma das instituições maiores do fabrico de gelados da cidade. Constanza Ventura é o nome por detrás desta Nannarella, uma casa onde, a julgar pela fila à porta – nem sempre, mas é provável –, sabemos que o que quer que seja que nos chegue ao copo ou ao cone, vale a pena. Para celebrar o Verão, a casa lançou um sorvete sazonal de meloa e outro de creme de alperce. E conte com a cassata (gelado de base de requeijão com chocolate e frutas cristalizadas) todas as quintas-feiras. 2,50€ pequeno, 3€ médio, 3,50€ grande, 4€ coppa gigante.

Publicidade
Artisani
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Artisani

icon-location-pin Lisboa

Coco com Gengibre e Sorbet de Sete Frutas

Além de novas receitas e novos sabores,
a Artisani tem também uma nova loja junto à Gulbenkian que se junta às outras moradas que já adoçam bairros como Campo de Ourique, Estrela, Alcântara
ou Telheiras. O sorbet Bali, inspirado
nos sabores da ilha, com coco, citronela e gengibre; e o sorbet Verão, que combina sete frutas de época como os mirtilos, kiwi, pêssego ou framboesa, são duas das novidades na carta, ambas sem lactose nem glúten, para comer sem grandes preocupações. A estes juntam-se o sorbet de maracujá com yuzu, o de líchias com maçãs verdes e o gelado de cheesecake com maracujá e lima. Os sabores estão disponíveis em todas as lojas e podem ser pedidos para acompanhar o crepe, o waffle, as panquecas ou nos batidos de gelado. 3€, até dois sabores; 4,5€, até três sabores; 6€, até quatro sabores.

Fragoleto
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Fragoleto

icon-location-pin Baixa Pombalina

Requeijão de Cabra e Ameixa, Beterraba e Lima e Sorvete de Figo e Alperce

Manuela Carabina fundou a Fragoleto em 2005 e até agora ainda não se arrependeu. Nem parece que tenha razões para isso: mantém variedade de sabores para além dos clássicos e traz sabores novos a cada estação – é o caso do Alentejano, com requeijão de cabra e ameixa d’Elvas; o Dueto, um sorvete de figo da Índia e alperce; o Peruano, gelado biológico e sem açúcar com banana
e lucuma; e o sorvete de beterraba e lima. Se tiver preocupações com a linha, fique a saber que a Fragoleto lançou pela primeira vez gelados sem açúcares refinados com sabores como meloa com kiwi, manga com coco, avelã, menta com chocolate ou limão. 2,50€, uma bola; 3,80€, duas bolas; 5,20€, três bolas.

Publicidade
Santini
©Inês Felix
Restaurantes, Geladarias

Santini

icon-location-pin Chiado

Goiaba Manga Lima e Tarte Santini com Frutos do Bosque

O gelado de bola de Berlim está de volta
aos escaparates da Santini, mas há outros sabores de Primavera/Verão ainda no cardápio. É o caso do super-refrescante Goiaba Manga Lima, que nos transporta imediatamente para o hemisfério sul – e deve, por isso, ser consumido nestes dias
de falso-Verão e chuva. E o gelado de
Tarte Santini com frutos do bosque, uma sobremesa que, sozinha, consegue cometer pelo menos dois pecados mortais: a gula
e a luxúria. Ambos os sabores ficam até ao fim do mês. O gelado de bola de Berlim deve acompanhar-nos durante todo o Verão. (copo ou cone pequeno, 3,20€; médio, 4,30€ e grande 5,60€).

Verão em Lisboa

CINE SOCIETY
©DR
Filmes

Os melhores ciclos de cinema ao ar livre em Lisboa

É Verão, os dias já estão mais quentes e as noites tendem a ficar agradáveis demais para serem passadas em frente à televisão. Vá arejar para um cinema ao ar livre em Lisboa, com vista para as estrelas no ecrã e no céu – é um programa perfeito quer esteja sozinho ou acompanhado, mesmo que às vezes seja aconselhável uma manta. Por isso, não hesite: arranje o melhor lugar e vista um casaco se a noite ficar fresquinha. De clássicos do cinema a filmes acabadinhos de sair dos Óscares, em bares com vista ou nos melhores parques e jardins da cidade, este ano volta a valer a pena trocar o escurinho do cinema pelo céu estrelado para assistir a grandes filmes ao ar livre. 

Publicidade
Piscina praia das maçãs
DR
Coisas para fazer

Dê um mergulho nestas piscinas oceânicas em Lisboa e arredores

O tempo quente pode chegar tardio, mas chega. Está na hora de se banhar de creme protector, estender a toalha na espreguiçadeira – ou onde se sentir mais confortável – e deixar que o sol e o calor façam o seu trabalho, com intervalos marcados por mergulhos aquáticos. Mas não são uns mergulhos quaisquer. Estas são piscinas de água salgada: é essa, aliás, a maravilha das piscinas oceânicas – um fingimento de que estamos no mar, mas num ambiente controlado, sem areia (que é uma chatice para muitos) e sem a agitação marítima das ondas. Tome nota e prepare-se para nadar sem preocupações. 

Publicidade