Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Três sítios para beber golden latte

Três sítios para beber golden latte

Uma chávena cheia de elixir dourado que além das propriedades nutricionais ainda fica bem na foto.

Por Francisca Dias Real |
Publicidade
Yao Coffee & Tea Lab - Golden Latte
Fotografia: Manuel Manso Golden Latte, com curcuma, gengibre, pimenta caiena e outras especiarias indianas do Yao Coffee & Tea Lab

A bebida de cor dourada ganhou fama nos últimos tempos e até um espaço próprio nos menus de restaurantes e cafés da moda. O golden latte – muitas vezes chamado de turmeric latte – é uma mistura de leite vegetal com curcuma (açafrão) e outras especiarias, com origem na medicina ayurvédica, da Índia. Se, para a mesa, a chávena viesse acompanhada com uma bula podia ler nela as propriedades nutricionais, anti-inflamatórias e antioxidantes.

E não vale a pena dourar a pílula na hora de decidir se é para ir para as redes: todos os lattes que escolhemos são da categoria instagramáveis, para mergulhar a sério num pantone douradinho. Descubra o que é o golden latte nestes três sítios em Lisboa.

Recomendado: Os cafés mais instagramáveis em Lisboa

Três sítios para beber golden latte

YAO coffee&Tea lab
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Yao Coffee & Tea Lab

Chiado/Cais do Sodré

Enquanto o parente YAO, junto ao Poço dos Negros, se dedica aos sumos prensados a frio, aqui a especialidade são mesmo os cafés e chás, todos vegan e com as respectivas propriedades assinaladas na ementa. No golden latte salta à vista a cor dourada, graças à curcuma, gengibre, pimenta caiena e outras especiarias indianas.


Preço: 3,50€

Amélia Lisboa
©Arlindo Camacho
Restaurantes, Cafés

Amélia

Campo de Ourique

A Amélia, namoradinha do Nicolau, é uma dama de alta sociedade que tem o seu próprio negócio, na mesma linha do seu amado na Baixa. Os comes e bebes andam ali entre o saudável e o instagramável, e aqui também pode pedir aquela que é uma bebida medicinal ayurvédica na Índia, o turmeric latte.


Preço: 2,90€

Publicidade
Comoba
Manuel Manso
Restaurantes

Comoba

Cais do Sodré

Não ter horas nem definir refeições é a regra do Comoba: aqui não há divisão entre pequeno-almoço, almoço, lanche e jantar, servem-se panquecas, smoothie bowls ou burritos todo o dia. O conceito casa bem com um turmeric latte – que equivale ao golden latte –, com açafrão-da-terra, também conhecido como curcuma. E é tudo orgânico.

Preço: 3,80€

Três sítios para...

Fauna & Flora - Panquecas Salgadas
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes

Três sítios para comer panquecas salgadas

Nunca se diz não a uma torre de panquecas, especialmente se forem altas e fofas. Mas há sempre algum amigo que não alinha nesta história do brunch enquanto refeição séria, portanto  arranjamos-lhe umas panquecas que na verdade são um bom petisco salgado e de deixar água na bora. Ora, as panquecas por norma são docinhas, tudo certo. Mas estas que lhe sugerimos aqui são salgadas e não é só mais uma invenção esquisita: são como mandam a regra (isto é, altas e fofas), mas têm tiras de bacon e ovo estrelado em cima. Há uma que é, até, uma francesinha. Nem por isso menos light, portanto tome cuidado quando for comer panquecas salgadas a um destes sítios em Lisboa. 

Casanova - Arancini
Fotografia: Duarte Drago
Restaurantes, Italiano

Três sítios para comer arancini

Mais redondinhos ou em forma de pêra, os arancini parecem uns croquetes super bem recheados. São típicos da ilha italiana Sicília e no interior têm risoto, queijo, ervilhas e ragú – é uma boa maneira, também, de aproveitar o risoto até ao último grão e combater o desperdício. Faça um roteiro por estes três restaurantes em Lisboa e descubra versões diferentes deste salgadinho italiano: com risoto de açafrão, carne picada e mozarela, outro com risoto de açafrão e queijo scarmoza a dar um sabor mais fumado e ainda os arancini recheados com risoto de cogumelos. 

 

You may also like

    Publicidade