Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os cafés mais instagramáveis em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Fauna&Flora
Manuel Manso

Os cafés mais instagramáveis em Lisboa

Uma refeição num destes sítios garante-lhe também uma foto para actualizar as redes. Descubra os cafés mais instagramáveis em Lisboa

Por Inês Garcia
Publicidade

Brunch e instagramável, duas palavras que entraram no nosso léxico: a primeira muito por causa de séries como O Sexo e a Cidade, a segunda porque as redes sociais começaram a dominar grande parte das nossas vidas. A fotografia (e a barriga, vá) pedem mesas de brunch coloridas, com tostas de abacate, ovos escalfados e panquecas gulosos. Descubra os cafés mais instagramáveis na cidade, onde não vai ter problemas de iluminação para tirar a fotografia perfeita. 

E se já não sabe viver sem actualizar o seu Instagram, siga também o nosso roteiro dos sítios mais instagramáveis em Lisboa.

Recomendado: Os melhores cafés em Lisboa

Os cafés mais instagramáveis em Lisboa

Basílio, nicolau
Basílio, nicolau
Fotografia: Inês Félix

Basílio

Restaurantes Santa Maria Maior

Suspensórios amarelos, papillon florido, camisa às bolas e uma tatuagem – é este o retrato do Basílio, um bon-vivant emigrado que voltou às origens para montar o seu negócio. O primo do Nicolau e da Amélia abriu na Rua dos Bacalhoeiros e, ao contrário destes, não tem menu de brunch. A aposta está numa ementa renovada com pratos mais compostinhos inspirados nas cozinhas do mundo, das bowls aos hambúrgueres, e mais opções vegetarianas. Também o menu de panquecas mudou, agora com uma salgada, e mais sobremesas – o quadrado de manteiga de amendoim é o pecado da carta.

Heim Café
Heim Café
Fotografia: Arlindo Camacho

Heim Café

Restaurantes Cafés Santos

Esta cafetaria em Santos é pequenina e segue a ideologia minimalista. O espaço tem muitas plantas naturais e bastante luz natural, perfeita para fotografar os menus de brunch disponíveis. Não deixe de provar os waffles incríveis.

Publicidade
O Botanista
O Botanista
©Duarte Drago

O Botanista

Restaurantes Vegano Chiado/Cais do Sodré

Bem-vindo ao maravilhoso mundo do vegetal: O Botanista, projecto de Catarina Gonçalves, do Ao 26 - Vegan Food Project, com André Baptista, tem um piso térreo muito verde, carregadinho de plantas e um menu vegan para todas as horas do dia, tudo instagramável. Tem opções de pequeno-almoço, almoço e lanche, muitas que ninguém diria que são vegan.

Dear Breakfast, brunch, pequeno almoço
Dear Breakfast, brunch, pequeno almoço
©Francisco Santos

Dear Breakfast

Restaurantes

Minimalista, com muito branco e mármore no piso de cima e umas salas para grupos, com tons de terra, no piso de baixo. Este Dear Breakfast, perto do Poço dos Negros, é uma ode aos pequenos-almoços a qualquer hora do dia (ao fim-de-semana há brunch com bebidas alcoólicas à descrição).

Publicidade
Comoba
Comoba
Manuel Manso

Comoba

Restaurantes Cais do Sodré

O Comoba, no Cais do Sodré, serve panquecas de matcha, smoothie bowls ou burritos, sem distinções horárias. E é tudo orgânico. A ideia, pensada por três sócios com percursos profissionais muito diferentes, é haver três conceitos complementares dentro deste espaço minimalista, com mesas de mármore, chão em pedra e muita luz natural: uma coffee shop, com bom café de especialidade, lattes diferentes e uma vertente muito forte com matcha japonês; smoothies e sumos naturais, alguns detox; e a parte de cozinha, com propostas que podem mudar de um dia para o outro consoante o que os pequenos produtores da Grande Lisboa com quem trabalham trouxerem.

Amélia Lisboa
Amélia Lisboa
©Arlindo Camacho

Amélia Lisboa

Restaurantes Cafés Campo de Ourique

A namorada do Nicolau Lisboa (o primeiro da linhagem e também bastante fotogénico) abriu um café em Campo de Ourique com brunch todos os dias, panquecas, saladas e bowls. À porta há um retrato de uma dama canina de alta-sociedade, Amélia, a própria. Além do espaço interior com papel de parede bonito e um neón com o nome do café, há uma esplanada, qual jardim de Inverno, em tons de azul e dourado.

Publicidade
Zenith
Zenith
©Arlindo Camacho

Zenith Brunch&Cocktails

Restaurantes Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Fernando Sá e Thiago Silva abriram o Zenith no Porto em Maio de 2017 com mesas carregadas de comida em pratos instagramáveis e com cocktails a acompanhar - sem menus e com a ideia de mostrar que "brunch é mesmo uma refeição, como o almoço e o jantar, e não é um pacote". A norte foi um sucesso tal que o trouxeram para Lisboa, para o pé da Avenida da Liberdade. O ar industrial dá-lhe charme mas são mesmo os pratos e comida coloridos que compõem tudo para a sessão fotográfica.

Fauna e Flora
Fauna e Flora
©Manuel Manso

Fauna&Flora LACS

Restaurantes Lisboa

Muita vegetação natural, entre mini palmeiras, suculentas, cactos e outras plantas bem verdinhas penduradas em floreiras, outras mais coloridas, mesas em madeira antiga e um balcão feito com portas em tons pastel. Este é o segundo Fauna&Flora mas a essência mantém-se, assim como a ementa para pequenos-almoços, brunches e almoços, tudo à la carte. Se já fotografou o primeiro, no eixo Madragoa-Santos, passe para este.

Publicidade
Donnie dough
Donnie dough
©Manuel Manso

Donnie Dough

Restaurantes Grande Lisboa

O Donnie Dough dá a conhecer a cookie dough, uma espécie de bolinho cremoso para comer à colher, num café que junta o imaginário americano dos cowboys com o universo mágico dos unicórnios. Há posters e a imagem com um cowboy em cima de um unicórnio roxo, bandeiras, chapéus e cordas pendurados, a pedir fotografia. Mas, ainda mais fotografável, é o piso de baixo, com dois ambientes: uma sala com luz rosa e um candeeiro de lava ou um recanto mais escuro, só para “badasses”.

Filosofia Lisboa
Filosofia Lisboa
©Duarte Drago

Filosofia Lisboa

Restaurantes Cafés Grande Lisboa

Este café-restaurante das Avenidas Novas, o Filosofia Lisboa, está carregadinho de sumos, smoothies, shots de energia e bem-estar, tudo servido em copo, bowls e uns quantos pratos quentes. O projecto é da actriz Sofia Ribeiro – entre as gravações de novelas, o mais provável é encontrá-la do lado da bancada do Filosofia. A ementa é toda à base de crus, uma vez que aqui não têm cozinha, e tudo numa vertente mais saudável, num ambiente que junta o rosinha millennial e o verde de uma parede que é um jardim vertical.

Publicidade
Café Dede's
Café Dede's
©Duarte Drago

Café Dede's

Restaurantes Estrela/Lapa/Santos

O Café Dede’s é um espaço pequenino e com um menu que vai directo ao assunto, sempre com toque artístico na apresentação dos pratos que pode, e deve, fotografar nas bonitas mesas em mármore. Além das mesas, as paredes também merecem nota: são em verde esmeralda profundo, a contrastar com pratos como a tosta de abacate com queijo feta, coentros, hortelã, gengibre e picles de cebola roxa em cima do pão da Gleba (8€) ou a granola distribuída no prato em forma de meia-lua com frutos sazonais no topo a acompanhar com uma pannacotta de iogurte grego com morango (7,50€). Tudo tão bonito que (quase) dá pena pôr o garfo. 

Sítios perfeitos para as redes sociais

Panorâmico do Monsanto
©Duarte Drago

Os sítios mais instagramáveis em Lisboa

Coisas para fazer

Eu instagramo, tu instagramas, nós instagramamos. A conjugação pode travar um pouco a língua mas não há mesmo volta a dar: o verbo instagramar entrou no léxico urbano e não é certo que o abandone em breve. Se já não sabe viver sem actualizar o seu Instagram, siga o nosso roteiro de recantos bem instagramáveis em Lisboa, dos museus ao restaurante da moda, passando por propriedades privadas fáceis de entrar e dar o clique.

Prado
Fotografia: Arlindo Camacho

Os restaurantes mais bonitos em Lisboa

Restaurantes

Espelho meu, espelho meu, haverá algum restaurante mais bonito do que eu? A pergunta é legítima, dado o esforço que os restaurateurs desta cidade têm feito em montar projectos de encher o olho. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade