A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Teatro, It’s True, It’s True, It’s True, Breach Theatre
©Richard Davenport/The Other RichardIt’s True, It’s True, It’s True pelo Breach Theatre

Assista ao que de melhor se faz pelos palcos do mundo

Preparámos-lhe um roteiro de viagem com paragens no Reino Unido, Rússia e Alemanha. Tudo para ver sem sair do sofá.

Escrito por
Mariana Duarte
Publicidade

Para grandes males, grandes remédios. E se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé. Se anda a ressacar por uma peça de teatro ou por um pezinho de dança, executado por quem sabe, veja o que aqui temos. Felizmente, vários teatros e companhias de vários países lançaram conteúdos online em tempos de pandemia e reclusão. Vai daí, preparámos-lhe um roteiro de viagem com paragens no Reino Unido, Rússia e Alemanha. Tudo para ver sem sair do sofá. No fim, não se esqueça de fazer uma ovação de pé.

Recomendado: As peças de teatro para ver online esta semana

Reino Unido
©Richard Davenport/The Other Richard

Reino Unido

No Reino Unido, atenções redobradas para o excelente espectáculo It’s True, It’s True, It’s True, do Breach Theatre (na foto), que passou pelo espaço da Mala Voadora, no Porto, no ano passado, e que chegaria este mês ao Teatro do Bairro Alto, em Lisboa, se a vida continuasse como dantes. Nesta peça, três actrizes recriam o julgamento de 1612 de Agostino Tassi, acusado de ter violado a pintora Artemisia Gentileschi – e as semelhanças com o presente são, no mínimo, perturbadoras. Encontra-se disponível até ao final deste mês em aqui.

Já a Royal Opera House lançou uma programação online com vários conteúdos, de espectáculos a masterclasses de música: fique a par em www.roh.org.uk. Para relaxar antes de ir dormir, veja Vertical Influences, um espectáculo de dança contemporânea no gelo do colectivo canadiano Le Patin Libre.

Caso queira uma experiência diferente, aposte no LIVR (livr.co.uk), um serviço de subscrição através do qual pode ver teatro em realidade virtual (se não tiver, compre os óculos necessários para o efeito). O catálogo é composto essencialmente por produções britânicas, entre elas as premiadas Fuck You Pay Me, uma visão desempoeirada e empoderada sobre a profissão de stripper, e Woke, que coloca em diálogo a vida da activista negra Assata Shakur e os protestos anti-racistas de Ferguson, nos EUA, em 2014.

 

Rússia

Noutras geografias, descubra o que se anda a fazer no teatro russo através da plataforma Stage Russia HD (www.stagerussia.com). Todos os espectáculos estão legendados em inglês e podem ser vistos em iPhones e iPads, com a app oficial, ou no site Digital Theatre. Ambos os serviços são pagos.

Publicidade
Hau Berlin e Schaubüehne
©DR

Hau Berlin e Schaubüehne

Na Alemanha, mais exactamente em Berlim, os teatros Hau Berlin (www.hebbel-am-ufer.de) e a célebre Schaubühne (www.schaubuehne.de) estão a colocar online uma série de espectáculos que já passaram pelas suas salas, da autoria de companhias e encenadores como Gob Squad ou Peter Stein – mas atenção que nem todos os vídeos têm legendas em inglês.

 

Wayne McGregor
©IMdb

Wayne McGregor

No departamento da dança, é só ir ao YouTube para ver Atomos, do coreógrafo inglês Wayne McGregor, e ao site da companhia belga Rosas (www.rosas.be), da coreógrafa Anne Teresa De Keersmaeker, para aceder aos vídeos de algumas das suas criações, como Rain, com música de Steve Reich, ou Partita 2, um dueto de Keersmaeker com Boris Charmatz.

Pode ainda assistir a um documentário sobre Rosas Danst Rosas, talvez o espectáculo mais marcante da coreógrafa, e fazer a sua própria versão desta peça, seguindo os tutoriais disponíveis no site – só precisa do seu corpo e de uma cadeira.

 

Publicidade

Numeridanse

Se quiser continuar a dar o corpo ao manifesto, em Numeridanse (www.numeridanse.tv) pode aderir ao projecto participativo Animal Kingdom, lançado em parceria com a companhia de Akram Khan, além de ter à distância de um clique uma colecção muito generosa de coreografias, da dança contemporânea às danças urbanas, de criadores de todo o mundo.

Mais que ver

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade