Oito espectáculos a não perder na Festa do Teatro de Setúbal

De 23 de Agosto a 2 de Setembro dá-se a XX Festa do Teatro de Setúbal. Apontamos oito espectáculos imperdíveis.
Romance
©Cláudia Morais Romance de Lígia Soares
Por Miguel Branco |
Publicidade

São 31 para comemorar 20. A Festa do Teatro de Setúbal, que chega este ano às vinte edições, tem
 31 espectáculos em cartaz. Isto e mais concertos, exposições, conversas. “O festival tem essa função 
de proporcionar, a um preço reduzido, uma oferta diversificada de espectáculos de qualidade nacionais e internacionais a que de outra forma dificilmente se teria acesso”, explica José Maria Dias, director artístico, que garante que as gentes de Setúbal merecem a resiliência de quem, longe da realidade lisboeta, faz isto há vinte anos. Venham mais vinte.

Recomendado: Fim-de-semana perfeito em família

O teatro continua em festa

Ah! Minha Dinamene!
©Leonardo Silva
Teatro

Ah! Minha Dinamene!

Uma das estreias da companhia anfitriã, o teatro estúdio fontenova, incide sobre o tema geral desta XX festa do teatro: as mulheres
e o poder feminino. Com encenação de José Maria dias e texto de Luísa Monteiro, Ah! Minha Dinamene! parte das Cartas de Perdão do século XV, que eram enviadas a d. João
ii pelas centenas de mulheres que tinham sido condenadas aoexílio.

Qui-Sáb 19.00. Forte de São Filipe. 6-8€.

A Tempestade
©João Garcia Miguel
Teatro

A Tempestade

Não é uma estreia, mas
 vá por nós: compensa. A Tempestade, peça estreada
 por João Garcia Miguel em 
2017 e que tem rodado vários teatros espalhados pelo país, 
é shakespeare versão Garcia Miguel, mais colorido, mais ousado. é o amor e a subversão do mesmo, os ventos malignos e benignos que nele se encontram. Interpretação de António Pedro Lima, David Pereira Bastos, Sara Ribeiro e Vítor Alves Silva.

Sex 22.00. Fórum Municipal Luísa Todi. 6-8€.

Publicidade
romance
©DPinheiroSilva
Teatro

Romance

Este é, seguramente, um 
dos espectáculos mais interessantes do corpo de trabalho de Lígia Soares (bailarina, actriz, encenadora, autora). Ela está no meio, numa espécie de pedestal, sem que lhe possamos adivinhar o rosto. e daí ordena: “diz que me amas, diz que me levas a casa”. Uma série de acções que provocam o público, espalhado ao seu redor em cadeiras. resta saber se o público responde.

Sáb19.00. Casa da Cultura de Setúbal – Sala José Afonso. 6-8€.

Corpo Futuro
©Ricardo Cabaça
Teatro

Corpo Futuro

Criada em residência artística em Setúbal, Corpo Futuro volta a colocar a mulher no centro. A produção da 33 Ânimos, com encenação de Ricardo Cabaça e interpretação da sempre certeira Érica rodrigues e de Mago (que também tem a música a seu cargo), é como que uma análise histórica do tratamento dado à mulher pela arte, quase sempre como musa, submissa. A não perder.

Sáb 22.00. Ginásio da Escola Sebastião da Gama. 6-8€.

Publicidade
Contos Partidos de Amor
©Rai Júnior
Teatro

Contos Partidos de Amor

Do Rio de Janeiro vem a Palavra Z – Produções Culturais, uma estrutura que vem a Setúbal apresentar Contos Partidos de Amor, um texto de Eduardo Rios inspirado na obra de Machado de Assis, um dos nomes maiores da literatura brasileira. Em palco quatro pessoas amorosas e ciumentas deambulam no limbo que são as relações humanas. Há muito humor, dança e música ao vivo.

Seg 22.00. Fórum Municipal Luísa Todi. 6-8€.

Passa-Porte
©José Frade
Teatro

Passa-Porte

Felizmente o teatro é um lugar
 de possibilidades infinitas.
 Para que não seja sempre leve, nem sempre humor. Passa-
Porte é mais um passo do Hotel Europa, de André Amálio, no sentido de definir em palco o
fim do colonialismo português. Aqui assiste-se ao regresso de muitos que tinham ido, à estreia de outros que nunca cá tinham estado. É teatro documental, que tem de ser visto.

Ter 22.00. Ginásio da Escola Secundária Sebastião da Gama. 6-8€.

Publicidade
O Teatro da Amante Inglesa
©Jorge Gonçalves
Teatro

O Teatro da Amante Inglesa

Os Artistas unidos e Marguerite Duras, mais ou menos isto. isto porque quando em 1949 se descobriram vários fragmentos humanos em comboios de mercadorias de diversas regiões de frança, Duras ficou tão perplexa que decidiu criar esta meia ficção. A assassina confessou, mas não soube explicar o motivo.
A encenação é de Jorge Silva Melo.

29 de Agosto 22.00. Fórum Municipal Luísa Todi. 6-8€.

De Cá Para Lá
©Gonçalo Villaverde
Teatro

De Cá Para Lá

Os mais novos também têm direito. E este De Cá Para Lá, uma criação do Teatro Plage (Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro), a partir de uma investigação 
feita ao longo de 20 anos em escolas e infantários, pretende sensibilizar as crianças para o respeito e amor pelos animais. Há música, dança, artes visuais e uma vontade de falar de coisas.

2 de Setembro 11.00. Casa da Cultura de Setúbal – Sala José Afonso.

Já que aqui está

Ribeira do Cavalo - Praia
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Todas as praias da Arrábida

De Setúbal ao Cabo Espichel, há várias nesgas de paraíso. Para alcançar algumas das praias da Arrábida, é preciso vencer um purgatório ou apanhar boleia do barqueiro. Corra connosco este 40 kms. A menos de uma hora de Lisboa, a Arrábida é um postal encaixado entre a serra e o Atlântico, onde não faltam praias para todos: os que levam os miúdos a reboque e querem vida facilitada e os que não se importam de percorrer trilhos mais ou menos complicados para poder usufruir de areais paradisíacos.

comporta café
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Restaurantes na Comporta e em Tróia

Independentemente do tempo, a Comporta é sempre uma boa opção, seja para uma escapadinha ou apenas para um passeio – claro está que com sol tudo fica melhor. Seja como for, não deixe de ir à Comporta. Do peixe fresco grelhado às amêijoas à Bulhão Pato, passando pelo arroz de lingueirão ou pelas piadinas, não parta à descoberta da Comporta sem este saboroso guia. Para o petisco ou uma experiência prolongada à mesa, para começar ou terminar o dia em beleza. Eis os melhores restaurantes na Comporta e em Tróia.

Publicidade