Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os espectáculos que não pode perder no Festival Internacional de Marionetas

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Saurus
©DR Saurus

Os espectáculos que não pode perder no Festival Internacional de Marionetas

O FIMFA – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas está de volta. Puxámos os cordéis dos espectáculos que não pode perder

Por Rui Monteiro
Publicidade

E, com esta, são 19 as edições deste festival que, entre esta quinta, 9, e dia 26, ocupa Lisboa para apresentar duas dezenas de espectáculos, com origem numa dúzia de países, e uma mão-cheia de actividades paralelas.

E não se pense, por haver marionetas
e cabeçudos envolvidos, que este
é acontecimento apenas dedicado
às crianças, pois em cena estarão espectáculos, por exemplo, sobre a mulher que disparou contra Andy Warhol sem
o conseguir matar, outros onde o corpo humano é transformado em paisagens para personagens em miniatura, mais uma viagem através da metamorfose e
da transformação, ou ainda A Filha do Tambor-Mor, estreia absoluta da opereta de Jacques Offenbach, com cerca de 150 artistas em palco e encenação de António Pires.

Identidade, liberdade e memória
são, assim, temas de destaque de uma programação espalhada pelo Castelo de São Jorge, o São Luiz e o Teatro D. Maria II, ou o Teatro Luís de Camões, Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, Teatro
da Trindade, Teatro do Bairro, Teatro Taborda, Museu Nacional do Teatro e da Dança e Cinemateca Portuguesa.

Recomendado: Coisas para fazer em Lisboa até 5€

Mais que fazer

São Luiz Teatro Municipal
©Alfredo Rocha

As peças de teatro para ver esta semana

Teatro

Como dizer? É mais ou menos aquela coisa do, vá lá, não seja forreta, vá lá, não seja preguiçoso. Se vemos tantos filmes no cinema, se vamos a tantos bares e restaurantes, mercados e exposições, qual a justificação para não irmos mais vezes ao teatro? Esta é a nossa forma, delicada, de lhe dizer para se fazer à cena, para se fazer ao palco. Sim, que mostrar-se solidário perante a comunidade artística fica bem, mas sabe a pouco. 

MAAT
Fotografia: Arlindo Camacho

Guia para não pagar entrada nos museus em Lisboa

Coisas para fazer

Há museus completamente gratuitos em Lisboa (já os listámos) e depois há outros que não dão o braço a torcer e onde vai ter sempre de se chegar à frente e abrir a carteira. Mas ainda há um meio termo, aqueles que dão tréguas em pelo menos um dos dias da semana ou do mês, para que possa entrar sem gastar dinheiro. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade