Oito lugares a não perder em Barcelona

Museus, praças, jardins, edifícios. Estes são os monumentos imprescindíveis do património da cidade. Oito lugares a não perder em Barcelona

Dizemos-lhe oito lugares a não perder em Barcelona, mas a lista completa da Time Out Barcelona contempla 50 paragens obrigatórias. É difícil fazer uma lista com todos os monumentos (museus, parques, praças, jardins, achados arqueológicos, edifícios reconhecidos, mercados...) que uma cidade tem. Mas os nossos colegas de Barcelona fizeram um esforço para nos darem os lugares imprescindíveis, tanto para turistas como para todos os que vivem na cidade. 

Oito lugares a não perder em Barcelona

Bunkers de Carmel

Bunkers de Carmel

Deixe o centro da cidade por instantes para apreciar uma das melhores vistas de Barcelona. Estes canhões antiaéreos foram construídos em 1937, em plena Guerra Civil, quando Barcelona recebia quase 200 bombardeamentos por dia. A partir dos anos 50 e com o boom da imigração foram habitados. Construíram-se barracas, que acabaram destruídas pela Câmara na altura dos Jogos Olímpicos. O espaço ficou abandonado, mas o seu património histórico foi entretanto declarado. É um dos melhores lugares para ver o entardecer em Barcelona.

El Born Centre de Cultura i Memòria

El Born Centre de Cultura i Memòria

Depois de anos de escavações e reabilitação, foi inaugurado em 2013 o Born Centre Cultural, no antigo mercado de Born. No interior da estrutura de ferro e vidro construída por Josep Fontserè em 1876 conservam-se os restos arqueológicos do bairro de Vilanova de Mar, de 1700. Todas as semanas há actividades e workshops infantis.

Publicidade
Cemitérios

Cemitérios

Há quem diga que em cemitérios só se entra uma vez e outros que sabem apreciar o valor artístico dos túmulos e jazigos. Nos cemitérios de Poblenou e Montjuïc, os maiores de Barcelona, encontram-se numerosos exemplos de diferentes estilos arquitectónicos e peças de reconhecidos artistas

Felip Neri

Felip Neri

Para muitas das pessoas em Barcelona, Sant Felip Neri é a praça mais bonita da cidade, provavelmente pela tranquilidade, além da fonte e da sua história. Chega-se a ela pelas ruas estreitas do Bairro Gótico. Fica no antigo cemitério medieval de Monjuïc del Bisbe. Na fachada da igreja de Sant Felip Neri verá as marcas deixadas pelos estilhaços de uma bomba lançada durante a Guerra Civil e que causou a morte de 42 pessoas.

Publicidade
La Rambla

La Rambla

É a rua mais famosa de Barcelona e nós recomendamos que a corra de uma ponta a outra. Desde a Praça da Catalunha, centro nevrálgico da cidade, até Port Vell. A Rambla está cheia de gente a toda a hora, mas também de quiosques, floristas, lojas centenárias, artistas, lojas e monumentos míticos como o lugar da celebração dos triunfos de Barcelona, a fonte de Canaletas – esteja atenta porque passa despercebida –, o mercado da Boqueria, o Liceu e o Teatro Principal.

Barceloneta

Barceloneta

Barcelona tem mais de 4,5 km de praias, desde Sant Sebastià a Levante. Boa parte delas encontram-se na Barceloneta. Vale a pena passear pelas suas ruas para descobrir algumas das casas mais originais do bairro. Outra das atracções do bairro é a sua variada e excelente oferta gastronómica: das tapas ao vermute, até paellas e marisco

Publicidade
Basílica de la Sagrada Família

Basílica de la Sagrada Família

Escolha dos críticos

Esta é a obra inacabada por excelência em Barcelona, mas isso não lhe tira a beleza. Gaudí dedicou mais de 40 anos (os últimos 14 em exclusivo) à Sagrada Família, e está enterrado debaixo da nave. É uma jóia modernista que merece uma visita, por dentro e por fora, seja-se turista ou não.

Anilla Olímpica

Anilla Olímpica

Em 1992, Barcelona recebeu os Jogos Olímpicos. Aproveitando o espaço que a montanha de Montjuïc oferecia, construiu-se este Anel Olímpico com mais de 400 hectares, que incluem a Torre Calatrava, o Estádio Olímpico Lluís Companys, o Palau Sant Jordi, as piscinas Picornell, a sede do INEFC (Instituto Nacional de Educação Física de Catalunha) assim como o Museu Olímpico e do Desporto Joan Antoni Samaranch, inaugurado em 2007.

Publicidade

Agência de Viagens Time Out

Os cinco melhores mercados de Londres

Já existem mercados em Londres desde pelo menos a Idade Média - e felizmente para nós, com o tempo inconstante desta cidade, alguns deles são cobertos. Os gostos mudaram-se ao longo dos tempos e agora os mercados de Londres têm de tudo um pouco, desde agricultores e mercados de moda a uma série de mercados dedicados à comida de rua. Os mercados locais também são de se visitar, mas vamos dedicar-nos aos maiores e mais famosos mercados de Londres, por agora. De flores no Columbia Road Flower Market a comida gourmet em Borough, estes são os mercados a visitar em Londres. 

Ler mais
Por Nick Levine

Dez monumentos em Paris que tem mesmo de ver

A Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a catedral de Notre-Dame, o Louvre... Estamos de acordo, mas os monumentos obrigatórios em Paris não se ficam por aí. Dizemos-lhe dez monumentos que devia conhecer na capital francesa e que provavelmente, até agora, não estavam na sua lista de prioridades. E não somos nós que dizemos, é a Time Out Paris.

Ler mais
Publicidade

Oito lugares a não perder em Barcelona

Dizemos-lhe oito lugares a não perder em Barcelona, mas a lista completa da Time Out Barcelona contempla 50 paragens obrigatórias. É difícil fazer uma lista com todos os monumentos (museus, parques, praças, jardins, achados arqueológicos, edifícios reconhecidos, mercados...) que uma cidade tem. Mas os nossos colegas de Barcelona fizeram um esforço para nos darem os lugares imprescindíveis, tanto para turistas como para todos os que vivem na cidade. 

Ler mais
Por Erica Aspas

Comentários

0 comments