Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Nove sugestões de enoturismo na Península de Setúbal

Nove sugestões de enoturismo na Península de Setúbal

Andámos por Setúbal e pela Arrábida à procura dos melhores enoturismos. Saiba onde vindimar, provar vinho ou visitar adegas.

Casa Museu José Maria da Fonseca
Fotografia: Arlindo Camacho Jardins da Casa Museu José Maria da Fonseca
Por Ágata Xavier |
Publicidade

O que era visto como trabalho é agora motivo de romaria pelo país: as vindimas. Com data incerta (tanto podem começar em meados de Agosto como prolongar-se até Outubro), a técnica de podar as uvas, acartá-las em cestos (ou em recipientes mais modernos), deixá-las no lagar para serem pisadas numa amena cavaqueira que pinta as pernas de roxo — até se separar o vinho do mosto —, armazenar o líquido em barricas ou bacias de inox, esperando que o tempo trabalhe depressa e bem, é um ritual que está ao alcance de todos.

São vários os enoturismos, adegas ou produções vinícolas com programas que permitem acompanhar o nascer do vinho desde o cacho até à garrafa. Para quem não quiser ginasticar as pernas, há soluções mais tranquilas como provas de vinho, visitas a adegas ou a tranquilidade da vinoterapia. 

Recomendado: Dez filmes que têm o vinho como tema

Dê um salto à Península de Setúbal

Casa Agrícola Horácio Simões
©DR
Viagens, Escapadas

Casa Agrícola Horácio Simões

icon-location-pin Grande Lisboa

A tradição ainda é o que era na Casa Agrícola Horácio Simões, na Quinta do Anjo, em Palmela. A 15 de Setembro há uma pisa a pé na adega com direito a uma visita à vinha, apanha da uva e um almoço na adega. Os adultos pagam 25€ enquanto as crianças entre os 4 e os 12, 12,50€.

Rua João de Deus, 10, Quinta do Anjo. Palmela. 212 870 500

A Serenada
Fernando Marques
Viagens

A Serenada

Com apenas seis quartos, esta pequena unidade fica na Serra de Grândola, no meio do nada, com vista para o infinito. Tranquila e silenciosa, a Serenada dá-lhe o melhor dos dois mundos: é longe o suficiente para que não veja nada à volta, mas perto para que chegue onde quer em apenas dez minutos. Por aqui os dias são serenos, seja no edifício principal a que deram o nome de Casa do Monte, com uma enorme janela a convidar a ficar e a beber um copo de vinho (feito aqui), seja à beira da pequena piscina panorâmica, onde até no Inverno apetece mergulhar.

Publicidade
Casa museu josé maria da fonseca
Fotografia: Arlindo Camacho
Museus

Casa Museu - José Maria da Fonseca

icon-location-pin Grande Lisboa

São quase 200 os anos de dedicação aos vinhos por
 parte da família José Maria da Fonseca, que pode provar (e comprovar) numa visita guiada pela casa-museu, pelo jardim e pelas adegas onde estagiam os vinhos Periquita e os moscatéis mais antigos da casa. Por 3,20€ tem direito a tudo isso e a uma prova de dois vinhos, um de mesa (que pode ser tinto
 ou branco) e um Moscatel de Setúbal.

Quinta do Piloto
©DR
Coisas para fazer

Quinta do Piloto

icon-location-pin Grande Lisboa

Até ao lavar dos cestos é vindima, e o que acontece depois? Juntam-se as pessoas à mesa numa tradicional Adiafa, a refeição que marca o fim da apanha da uva. A Quinta do Piloto põe a mesa a 14 de Outubro, e organiza ainda uma prova de vinhos, uma visita guiada à adega e actuação do Rancho Folclórico (25€ por pessoa, com as crianças entre os 6 e os 12 a pagarem 12,5€).

Rua Helena Cardoso, Palmela. 21 233 3030

Publicidade
Casa Ermelinda Freitas
©DR
Coisas para fazer

Casa Ermelinda Freitas

icon-location-pin Grande Lisboa

A Casa Ermelinda Freitas decidiu estender a sua oferta sensorial a uma viagem sobre carris. “De comboio para as vindimas na Casa Ermelinda Freitas” é o programa que leva o enólogo de fim de semana a apanhar o comboio na estação do Oriente a 8 de Setembro, às 9h52, e a regressar à casa de partida pelas 17h38. Pelo caminho, verá como se faz a apanha da uva e o processo de vinificação do vinho. O almoço é seguido de uma prova de vinhos comentada. Tudo por 90€ por pessoas (65€ para crianças entres os 4 e os 12 anos). O mesmo programa repete-se a 15 de Setembro com a Adega Fernão Pó e, a 22, com os Vinhos Filipe Palhoça.

Rua Manuel João Freitas, Fernando Pó, Águas de Moura. 265 988 000

Fernão Pó Adega
©DR
Coisas para fazer

Fernão Pó Adega

icon-location-pin Grande Lisboa

Pode ser a sombra de um enólogo por um dia com a iniciativa da Adega Fernão Pó. A 16 de Setembro, a partir das 9h30, e trajado a rigor com direito a um chapéu de palha e uma camisola, pode acompanhar o enólogo na vindima e na adega, com direito a uma pisa a pé das antigas. Por 35€ (17,50€ as crianças) tem ainda direito a uma “bucha” de boas-vindas e a um almoço.  

CCI 2402, Fernando Pó, Águas de Moura. 265 995 423

Publicidade
Coisas para fazer

Brejinho da Costa

Organize uma visita guiada à adega da Breijinho da Costa, em Grândola, uma quinta familiar onde se produz, além de vinho, azeite. As visitas, que decorrem de segunda a sexta das 10.00 às 18.00, duram uma hora e incluem uma prova de três vinhos.

Adega da Herdade da Comporta
©DR

Cruzeiros Enoturísticos

Herdade da Comporta

15 de Setembro

Este cruzeiro pelo estuário do Sado passa pela costa da Arrábida (que já deve conhecer da nossa edição anterior), Tróia e Baía de Setúbal, com direito a provas de vinhos comentadas e uma degustação de queijos, enchidos e doçaria tradicional. Se tiver sorte, conseguirá ver golfinhos neste passeio que custa 35€ (20€ para crianças dos 4 aos 12 anos).

Publicidade
Bacalhôa
©DR

Adegas de Portas Abertas

Herdade da Comporta

15 de Setembro. 11.30

 

Malo Wines

16 de Setembro. 10.00 e 16.00

 

Fernão Pó Adega

22 de Setembro. 16.00

 

José Maria da Fonseca

23 de Setembro. 15.00

 

Quinta do Piloto

29 de Setembro. 11.00 e 16.00

 

Bacalhôa

30 de Setembro. 10.30

 

Quinta do Alcube

6 de Outubro. 11.00

 

Casa Ermelinda Freitas

6 de Outubro. 11.00 e 16.00

 

Sivipa

7 de Outubro. 11.00

Escapadinhas a menos de uma hora de Lisboa

Lago Montargil e Villas, do Hotel do Lago Caption: Lago Montargil e Villas, do Hotel do Lago
Hotel do Lago
Coisas para fazer

Paraísos perto de Lisboa

Estamos a leste do paraíso. E a oeste, a norte e a sul também. Lisboa é tudo o que lhe mostramos todos os dias, mas é também uma cidade com uma localização privilegiada. Seleccionámos dez destinos dignos de capa de revista em qualquer parte do mundo. Dez lugares de sonho que ficam já ali, a maioria a pouco mais de uma hora de distância, suficientemente perto para ir e voltar no mesmo dia.
 Ou não. É como quiser. Para um lisboeta, o céu pode esperar, que o paraíso está mesmo à porta. Boa viagem. 

Longboard Dancing Sunsets - Sealand Santa Cruz
©Luis Firmo
Coisas para fazer

Escapadinhas de um dia a partir de Lisboa

É para ir e voltar (a opção de ficar a dormir é por sua conta, e também vale a pena) com estes destinos que não ficam a mais de uma hora de distância de Lisboa. De Cascais a Óbidos, siga algumas sugestões para ir num pé e voltar noutro. Apontamentos culturais, sugestões carregadas de história, mesas simpáticas. Está tudo à mão de semear de Lisboa, para ir e voltar no mesmo dia, e ainda assim mudar de ares. Tome nota desta lista de escapadinhas e diga-nos afinal qual vai ser afinal a desculpa para não passear?  

Publicidade
casa mãe
Fotografia: Francisco Santos
Hotéis

Escapadinhas para aprender coisas novas

Somos fortes em gastronomia, mas também não estamos nada mal nas artes plásticas nem na agricultura biológica. O booking lançou recentemente as tendências de viagem para 2019. Surpreendentemente, numa altura em que parece que cada vez mais se viaja só para alimentar as redes sociais, mais de 50% dos viajantes globais manifestaram preferência por destinos com hotéis onde possam desenvolver uma nova competência. Entre na onda do turismo em 2019 e aproveite que vai dar uma volta para aprender qualquer coisinha. Dizemos-lhe sete turismos onde vai com toda a certeza aprender alguma coisa nova. 

Oito sítios para provar vinho do Porto

Real Companhia Velha
© Cláudia Paiva
Atracções, Edifícios e locais históricos

Real Companhia Velha

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

A Real Companhia Velha tem 262 anos e está aí para as curvas. É em Vila Nova de Gaia que se encontram os armazéns onde o Vinho do Porto inicia o seu estágio de dez, 20, 30 ou mais anos... Neste 10 de Setembro encontra por lá uma programação e um menu especial no 17•56 Museu & Enoteca. Os visitantes serão recebidos com um cálice de vinho do Porto, oferecido por figurantes trajados à época da fundação da Companhia. Também gratuita é a entrada no Museu da 1.ª Demarcação que, neste dia, estará aberto com horário alargado, das 11.00 às 22.00.

Caso queira provar o menu especial, disponível por 50€ ao almoço e ao jantar, saiba que começa com uma entrada asiática: o ceviche nikkei do SHIKO Tasca Japonesa. O prato de peixe - um bacalhau grelhado com migas de feijão-frade, couve lombarda, azeitona e broa de milho caseira - é da autoria da Peixaria da Enoteca. Já o de carne, vazia com risoto de funcho e tomate seco, é obra do Reitoria.

Para a sobremesa, o chefe Jerónimo Pinto de Abreu, da Peixaria, preparou um folhado de maçã caramelizada com molho cremoso de toffee e rum. Todos os pratos harmonizam com vinhos escolhidos a dedo. Bom apetite.

Ramos Pinto - Porto & Douro Wine
© DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Ramos Pinto - Porto & Douro Wine

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Esta casa exportadora de vinhos do Porto foi fundada por Adriano Ramos Pinto em 1880. No museu, no qual é dado a conhecer o legado do fundador da empresa, é possível apreciar pósteres publicitários da Belle Époque, painéis de azulejos de 1909, mobiliário e utensílios da década de 1930 e o escritório de Ramos Pinto. No final, passeie pela cave e prove os vinhos.

Publicidade
Graham`s Port
© DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Graham's Port

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Corria o ano de 1820 quando os irmãos William e John Graham fundaram esta empresa, que se viria a tornar numa das produtoras de vinho do Porto mais importantes. Se quiser conhecer cada detalhe desta casa emblemática, visite o Graham's Lodge, com um museu que lhe permite descobrir toda a história do vinho do Porto, assim como o envolvimento das famílias Graham e Symington no comércio da cidade. Neste centro de visitas encontra ainda uma fantástica garrafeira e o Vinum - wine bar e restaurante onde pode realizar provas.

Caves Sandeman
©DR
Museus, História

Cave Museu Sandeman

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Com 150 mil visitas por ano, os responsáveis pelas caves Sandeman decidiram que era oportuno criar um museu que contextualizasse e contasse a história de uma das marcas de vinho do Porto com mais impacto internacional. Como é óbvio, não falta uma explicação sobre Don, o mítico e misterioso senhor de preto do logótipo criado em 1928. Para quem não sabe, o Don tem vestida a típica capa dos estudantes portugueses e o sombrero espanhol na cabeça.

Publicidade
Taylor´s Port Wine
© DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Taylor´s Port Wine

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Em 1692, Vila Nova de Gaia viu a Taylor's a abrir as portas e a tornar-se numa das mais ilustres casas produtoras de vinho do Porto. Criada há mais de três séculos, a Taylor’s - que se dedica em exclusivo à produção deste vinho - nunca quebrou a sua tradição familiar e detém uma das maiores reservas de vinhos raros envelhecidos em casco.

Croft Port
© DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Croft

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Os vinhos do Porto Vintage, a gama de vinhos do Porto Reserva envelhecidos em madeira, e os Tawnies são alguns dos produtos estrela da empresa, fundada em 1588. Os interessados em conhecer as caves da marca (há visitas guiadas) e em ter a possibilidade de provar e levar para casa algumas garrafas, têm na sede da Croft um ponto de paragem obrigatório.

Publicidade
Atracções, Edifícios e locais históricos

Caves Ferreira

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

As Caves Ferreira nasceram em 1751 e isso significa que pode ficar a conhecer mais de 250 anos de história do Vinho do Porto. A Sogrape Vinhos – a empresa que detém as Caves Ferreira – assumiu desde início a vontade de manter as tradições e o património, e quem ganha são os visitantes. Porquê? Porque no final da visita têm direito a provar o que aqui se faz. Mas beba com moderação.

Cockburn's Caves
©DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Cockburn's - Caves do Vinho do Porto

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

As caves de vinho do Porto da Cockburn's, em Vila Nova de Gaia, são consideradas as maiores da zona. É impossível não nos sentirmos minúsculos por entre as filas e filas e barris de carvalho que ocupam os grandes armazéns, já que esta é também considerada a maior colecção de barris de carvalho no Porto.

Publicidade