A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Casa Museu José Maria da Fonseca
Fotografia: Arlindo CamachoJardins da Casa Museu José Maria da Fonseca

Nove sugestões de enoturismo na Península de Setúbal

Andámos por Setúbal e pela Arrábida à procura dos melhores enoturismos. Saiba onde vindimar, provar vinho ou visitar adegas.

Escrito por
Ágata Xavier
Publicidade

O que era visto como trabalho é agora motivo de romaria pelo país: as vindimas. Com data incerta (tanto podem começar em meados de Agosto como prolongar-se até Outubro), a técnica de podar as uvas, acartá-las em cestos (ou em recipientes mais modernos), deixá-las no lagar para serem pisadas numa amena cavaqueira que pinta as pernas de roxo — até se separar o vinho do mosto —, armazenar o líquido em barricas ou bacias de inox, esperando que o tempo trabalhe depressa e bem, é um ritual que está ao alcance de todos.

São vários os enoturismos, adegas ou produções vinícolas com programas que permitem acompanhar o nascer do vinho desde o cacho até à garrafa. Para quem não quiser ginasticar as pernas, há soluções mais tranquilas como provas de vinho, visitas a adegas ou a tranquilidade da vinoterapia. 

Recomendado: Dez filmes que têm o vinho como tema

Dê um salto à Península de Setúbal

  • Viagens
  • Escapadas
  • Grande Lisboa

A tradição ainda é o que era na Casa Agrícola Horácio Simões, na Quinta do Anjo, em Palmela. A 15 de Setembro há uma pisa a pé na adega com direito a uma visita à vinha, apanha da uva e um almoço na adega. Os adultos pagam 25€ enquanto as crianças entre os 4 e os 12, 12,50€.

Rua João de Deus, 10, Quinta do Anjo. Palmela. 212 870 500

  • Viagens
Com apenas seis quartos, esta pequena unidade fica na Serra de Grândola, no meio do nada, com vista para o infinito. Tranquila e silenciosa, a Serenada dá-lhe o melhor dos dois mundos: é longe o suficiente para que não veja nada à volta, mas perto para que chegue onde quer em apenas dez minutos. Por aqui os dias são serenos, seja no edifício principal a que deram o nome de Casa do Monte, com uma enorme janela a convidar a ficar e a beber um copo de vinho (feito aqui), seja à beira da pequena piscina panorâmica, onde até no Inverno apetece mergulhar.
Publicidade
  • Museus
  • Grande Lisboa
  • preço 1 de 4
São quase 200 os anos de dedicação aos vinhos por
 parte da família José Maria da Fonseca, que pode provar (e comprovar) numa visita guiada pela casa-museu, pelo jardim e pelas adegas onde estagiam os vinhos Periquita e os moscatéis mais antigos da casa. Por 3,20€ tem direito a tudo isso e a uma prova de dois vinhos, um de mesa (que pode ser tinto
 ou branco) e um Moscatel de Setúbal.
  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

Até ao lavar dos cestos é vindima, e o que acontece depois? Juntam-se as pessoas à mesa numa tradicional Adiafa, a refeição que marca o fim da apanha da uva. A Quinta do Piloto põe a mesa a 14 de Outubro, e organiza ainda uma prova de vinhos, uma visita guiada à adega e actuação do Rancho Folclórico (25€ por pessoa, com as crianças entre os 6 e os 12 a pagarem 12,5€).

Rua Helena Cardoso, Palmela. 21 233 3030

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

A Casa Ermelinda Freitas decidiu estender a sua oferta sensorial a uma viagem sobre carris. “De comboio para as vindimas na Casa Ermelinda Freitas” é o programa que leva o enólogo de fim de semana a apanhar o comboio na estação do Oriente a 8 de Setembro, às 9h52, e a regressar à casa de partida pelas 17h38. Pelo caminho, verá como se faz a apanha da uva e o processo de vinificação do vinho. O almoço é seguido de uma prova de vinhos comentada. Tudo por 90€ por pessoas (65€ para crianças entres os 4 e os 12 anos). O mesmo programa repete-se a 15 de Setembro com a Adega Fernão Pó e, a 22, com os Vinhos Filipe Palhoça.

Rua Manuel João Freitas, Fernando Pó, Águas de Moura. 265 988 000

  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

Pode ser a sombra de um enólogo por um dia com a iniciativa da Adega Fernão Pó. A 16 de Setembro, a partir das 9h30, e trajado a rigor com direito a um chapéu de palha e uma camisola, pode acompanhar o enólogo na vindima e na adega, com direito a uma pisa a pé das antigas. Por 35€ (17,50€ as crianças) tem ainda direito a uma “bucha” de boas-vindas e a um almoço.  

CCI 2402, Fernando Pó, Águas de Moura. 265 995 423

Publicidade
  • Coisas para fazer
Organize uma visita guiada à adega da Breijinho da Costa, em Grândola, uma quinta familiar onde se produz, além de vinho, azeite. As visitas, que decorrem de segunda a sexta das 10.00 às 18.00, duram uma hora e incluem uma prova de três vinhos.
Cruzeiros Enoturísticos
©DR

Cruzeiros Enoturísticos

Herdade da Comporta

15 de Setembro

Este cruzeiro pelo estuário do Sado passa pela costa da Arrábida (que já deve conhecer da nossa edição anterior), Tróia e Baía de Setúbal, com direito a provas de vinhos comentadas e uma degustação de queijos, enchidos e doçaria tradicional. Se tiver sorte, conseguirá ver golfinhos neste passeio que custa 35€ (20€ para crianças dos 4 aos 12 anos).

Publicidade
Adegas de Portas Abertas
©DR

Adegas de Portas Abertas

Herdade da Comporta

15 de Setembro. 11.30

 

Malo Wines

16 de Setembro. 10.00 e 16.00

 

Fernão Pó Adega

22 de Setembro. 16.00

 

José Maria da Fonseca

23 de Setembro. 15.00

 

Quinta do Piloto

29 de Setembro. 11.00 e 16.00

 

Bacalhôa

30 de Setembro. 10.30

 

Quinta do Alcube

6 de Outubro. 11.00

 

Casa Ermelinda Freitas

6 de Outubro. 11.00 e 16.00

 

Sivipa

7 de Outubro. 11.00

Escapadinhas a menos de uma hora de Lisboa

  • Coisas para fazer

Estamos a leste do paraíso. E a oeste, a norte e a sul também. Lisboa é tudo o que lhe mostramos todos os dias, mas é também uma cidade com uma localização privilegiada. Seleccionámos dez destinos dignos de capa de revista em qualquer parte do mundo. Dez lugares de sonho que ficam já ali, a maioria a pouco mais de uma hora de distância, suficientemente perto para ir e voltar no mesmo dia.
 Ou não. É como quiser. Para um lisboeta, o céu pode esperar, que o paraíso está mesmo à porta. Boa viagem. 

  • Coisas para fazer

É para ir e voltar (a opção de ficar a dormir é por sua conta, e também vale a pena) com estes destinos que não ficam a mais de uma hora de distância de Lisboa. De Cascais a Óbidos, siga algumas sugestões para ir num pé e voltar noutro. Apontamentos culturais, sugestões carregadas de história, mesas simpáticas. Está tudo à mão de semear de Lisboa, para ir e voltar no mesmo dia, e ainda assim mudar de ares. Tome nota desta lista de escapadinhas e diga-nos afinal qual vai ser afinal a desculpa para não passear?  

Publicidade
  • Hotéis

Somos fortes em gastronomia, mas também não estamos nada mal nas artes plásticas nem na agricultura biológica. O booking lançou recentemente as tendências de viagem para 2019. Surpreendentemente, numa altura em que parece que cada vez mais se viaja só para alimentar as redes sociais, mais de 50% dos viajantes globais manifestaram preferência por destinos com hotéis onde possam desenvolver uma nova competência. Entre na onda do turismo em 2019 e aproveite que vai dar uma volta para aprender qualquer coisinha. Dizemos-lhe sete turismos onde vai com toda a certeza aprender alguma coisa nova. 

Oito sítios para provar vinho do Porto

  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

A Real Companhia Velha tem 265 anos e está aí para as curvas. É em Vila Nova de Gaia que se encontram os armazéns onde o vinho do Porto inicia o seu estágio de 10, 20, 30 ou mais anos. No dia 10 de Setembro, a entrada no Museu da 1.ª Demarcação será gratuita, com a oferta de um cálice de vinho do Porto (para maiores de 18 anos), entre as 12.30 e as 19.00. Aqui poderá descobrir a história do Douro, indissociável da história da Real Companhia Velha, através de garrafas, objectos e documentos, pertencentes ao espólio da empresa. As visitas podem ser complementadas com uma refeição na Enoteca 17.56, bastando para isso subir ao primeiro piso, para almoçar, petiscar ou jantar. 

Rua de Azevedo Magalhães, 314 (Vila Nova de Gaia). 22 377 5100

  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

Esta casa exportadora de vinhos do Porto foi fundada por Adriano Ramos Pinto em 1880. No museu, no qual é dado a conhecer o legado do fundador da empresa, é possível apreciar pósteres publicitários da Belle Époque, painéis de azulejos de 1909, mobiliário e utensílios da década de 1930 e o escritório de Ramos Pinto. No final, passeie pela cave e prove os vinhos.

Av. Ramos Pinto, 400 (Vila Nova de Gaia). 93 680 9283 / 96 765 8980

Publicidade
  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

Corria o ano de 1820 quando os irmãos William e John Graham fundaram esta empresa, que se viria a tornar numa das produtoras de vinho do Porto mais importantes. Se quiser conhecer cada detalhe desta casa emblemática, visite o Graham's Lodge, com um museu que lhe permite descobrir toda a história do vinho do Porto, assim como o envolvimento das famílias Graham e Symington no comércio da cidade. Neste centro de visitas encontra ainda uma fantástica garrafeira e o Vinum, wine bar e restaurante onde pode realizar provas.

Rua do Agro, 141 (Vila Nova de Gaia). 22 377 6490 / 22 377 6492

  • Museus
  • História
  • Vila Nova de Gaia

Com 150 mil visitas por ano, os responsáveis pelas caves Sandeman decidiram que era oportuno criar um museu que contextualizasse e contasse a história de uma das marcas de vinho do Porto com mais impacto internacional. Como é óbvio, não falta uma explicação sobre Don, o mítico e misterioso senhor de preto do logótipo criado em 1928. Para quem não sabe, o Don tem vestida a típica capa dos estudantes portugueses e o sombrero espanhol na cabeça.

Largo Miguel Bombarda, 47 (Vila Nova de Gaia). 93 785 0534

Publicidade
  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

Em 1692, Vila Nova de Gaia viu a Taylor's a abrir as portas e a tornar-se numa das mais ilustres casas produtoras de vinho do Porto. Criada há mais de três séculos, a Taylor’s – que se dedica em exclusivo à produção deste vinho – nunca quebrou a sua tradição familiar e detém uma das maiores reservas de vinhos raros envelhecidos em casco.

Rua do Choupelo, 250 (Vila Nova de Gaia). 22 377 2973

  • Atracções
  • Vila Nova de Gaia

António Alves Cálem foi o responsável pela fundação destas caves, em 1859, nas quais os vinhos do Porto envelhecem em barris de carvalho. Aqui vai descobrir tudo o que precisa de saber sobre o vinho do Porto e todo o seu processo de produção, através de um museu interactivo, uma visita guiada e a degustação de vinhos. No final, pode aproveitar para se demorar mais um bocadinho entre copos, enquanto assiste a um concerto de fado.

Avenida Diogo Leite, 344 (Vila Nova de Gaia). 22 374 6660

Publicidade
  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

Os vinhos do Porto Vintage, a gama de vinhos do Porto Reserva envelhecidos em madeira e os Tawnies são alguns dos produtos estrela da empresa, fundada em 1588. Os interessados em conhecer as caves da marca (há visitas guiadas) e em ter a possibilidade de provar e levar para casa algumas garrafas, têm na sede da Croft um ponto de paragem obrigatório.

Rua Barão de Forrester, 412 (Vila Nova de Gaia). 22 377 2950

  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

As Caves Ferreira nasceram em 1751 e isso significa que pode ficar a conhecer mais de 250 anos de história do vinho do Porto. A Sogrape Vinhos – a empresa que detém as Caves Ferreira – assumiu desde o início a vontade de manter as tradições e o património, e quem ganha são os visitantes. Porquê? Porque no final da visita têm direito a provar o que aqui se faz. 

Avenida Ramos Pinto, 70 (Vila Nova de Gaia). 22 374 6106

Publicidade
  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Vila Nova de Gaia

O grande armazém de envelhecimento da Cockburn’s é o mais extenso de todo o quarteirão histórico de Vila Nova de Gaia. É impossível não nos sentirmos minúsculos por entre as filas e filas dos 4250 cascos de vinho do Porto que envelhecem sob o seu enorme tecto. É também um dos únicos armazéns a possuir a sua própria equipa de tanoeiros. Para visitar, é necessário reservar via telefone.

Rua Serpa Pinto, 346 (Vila Nova de Gaia). 91 300 7950

  • Coisas para fazer
  • Vila Nova de Gaia

Com quase três séculos de existência, a Burmester está agora a mostrar um pouco mais da sua história nas caves de vinho do Porto, situadas em Vila Nova de Gaia. Entre as novidades do remodelado espaço está a criação de um mini-museu composto por máquinas antigas, usadas no processo de vinificação. Uma nova área de exposição, baseada no arquivo histórico da empresa, é também outro dos pontos de interesse. Pode reservar online a visita clássica (13€), com prova de dois vinhos do Porto, a visita premium (17€), com prova de chocolates e de três vinhos do Porto, ou a visita exclusiva (20€), com prova de dois vinhos do Porto especiais (um Vintage e um Tawny envelhecido). 

Largo Ponte Luiz I (Vila Nova de Gaia). 91 328 8994

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade