A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Porto azulejos
© Piqsels

As melhores coisas para fazer no Porto esta semana

Entre exposições, mercados e espectáculos, há muito para aproveitar na cidade. Descubra as melhores coisas para fazer no Porto esta semana.

Escrito por
Editores da Time Out Porto
Publicidade

Está a precisar de sair de casa durante umas horas e espairecer? Então preste atenção a esta lista, com as melhores coisas para fazer no Porto esta semana. Quer seja antes ou depois do trabalho, durante a semana ou nos dias de descanso, há concertos, exposições e performances em vários locais da cidade. Escolha a programação ao seu gosto e não se esqueça da máscara. Para aproveitar bem o dia, experimente um destes sítios para comer cozido à portuguesa no Porto. Ou, se a cozinha tradicional portuguesa não for a sua praia, aposte num dos melhores restaurantes do mundo da cidade.

Recomendado: Coisas para fazer com os miúdos no Porto

As melhores coisas para fazer no Porto esta semana:

  • Arte
  • Porto
O artista chinês Ai Weiwei é conhecido por ser um activista pelos direitos humanos e pela liberdade, mas também pelo uso inteligente das tecnologias de comunicação. Recorre a vários modos de análise e produção, dependendo do rumo e dos resultados da investigação que o ocupa no momento. A sua produção é diversificada e inclui fotografia, instalação, escultura, arquitectura, arte pública e performance. Depois de se estrear em Portugal com uma exposição na Cordoaria Nacional, em Lisboa, é a vez de o Porto poder descobrir a sua arte. No dia 23 de Julho, Ai Weiwei vai trazer uma exposição a Serralves, concebida especificamente para o Parque e a sala central do Museu. As obras em exposição no Museu podem ser vistas até 5 de Fevereiro de 2022. No Parque, a peça Pequi Tree (Pequi vinagreiro) ficará até 9 de Julho do próximo ano. 
  • Arte
  • Cedofeita
A primeira exposição em Portugal dedicada em exclusivo ao esmalte artístico está no Museu Nacional Soares dos Reis até 31 de Outubro. As peças expostas foram produzidas entre os séculos XII e XIX, sobretudo nas oficinas da região de Limoges, reconhecidas como as de maior prestígio. Pode descobrir aqui vários tesouros nacionais, entre os quais o tríptico da Paixão de Cristo do Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, dois cofres da Sé de Viseu (peças do século XII cobiçadas pelo mercado ilícito de antiguidades, roubadas em 1980 e encontradas anos mais tarde em Milão numa acção conjunta da Polícia Judiciária e da Interpol), ou uma placa de encadernação de finais do século XII, princípios do século XIII, encontrada acidentalmente numa escavação entre Leiria e o Mosteiro da Batalha.
Publicidade
  • Arte
  • Vila Nova de Gaia
Foi um dos pintores mais perturbadores do século XX. Destacou-se por transformar compulsões inconscientes em formas figurativas e grotescas, obcecado pelo horror da existência e a vulnerabilidade do ser humano. As obras aqui expostas revelam a expressividade pictórica com que redefiniu a arte figurativa do século XX, mas também mostram as tragédias pessoais dos seus últimos anos de vida.
  • Arte
  • Fotografia
  • Baixa
O fotógrafo nova-iorquino Roger Ballen é conhecido por criar imagens estranhas e perturbadoras, realizadas em lugares ruinosos, habitados por pessoas que vivem à margem da sociedade. Através do seu trabalho, tem questionado o significado e sentido da existência humana. As suas obras podem ser vistas no Porto, no Centro Português de Fotografia, entre 10 de Julho e 10 de Outubro. 'My Mind is a Cage' é uma exposição inédita em Portugal, com as principais séries do autor, realizadas entre 1980 e 2020. Trata-se de uma produção exclusivamente projectada para o CPF, que parte de um sonho antigo do artista de apresentar a sua obra nas celas do edifício da Antiga Cadeia e Tribunal da Relação do Porto, onde está instalado o Centro Português de Fotografia. Cada quarto da antiga prisão vai representar um aspecto importante da sua estética, sendo criada uma experiência imersiva pelas várias séries do autor. Com curadoria de Ângela Ferreira, a exposição explora temas enigmáticos do artista, com cerca de 50 imagens, vídeos e desenhos de Roger Ballen. 
Publicidade
  • Arte
  • Vila Nova de Gaia
No Convento Corpus Christi, em Gaia, vai poder ver um conjunto de obras do escultor que abrange um arco temporal de três décadas. Desde os trabalhos dos anos 1980, que se relacionam com temas da pintura clássica e neoclássica, bem como obras das décadas seguintes, que evidenciam uma aproximação abstracta ao corpo e à escala humana.
  • Arte
  • Desenho e ilustração
  • Porto
"Barber Shop" é o nome da exposição, construída através de um conjunto de desenhos recentes de Gonçalo Pena, que pode visitar na Galeria do Museu de Serralves até 10 de Outubro. A mostra conta com cerca de 500 desenhos, a lápis de cor, grafite e tinta-da-china, e é comissariada por João Maria Gusmão.
Publicidade
  • Arte
  • Filme e vídeo
  • Foz
“Leitura do Mangue” é o título da nova exposição das realizadoras Filipa César e Sónia Vaz Borges, com curadoria dos professores Daniel Ribas e Nuno Crespo. Retrata a viagem das duas realizadoras até à Guiné-Bissau, que tinha como principal propósito ficar a conhecer as condições dos alunos nas escolas guerrilheiras dos manguezais. Em vez disso, as duas tornaram-se elas próprias nas alunas de uma das escolas e a exposição retrata as suas experiências e aprendizagens ao longo desse período. Uma investigação aprofundada sobre o sistema educacional militante desenvolvido pelo partido africano para a Independência da Guiné-Bissau e de Cabo Verde (PAIGC), durante o processo de libertação que durou 11 anos.
  • Arte
  • Digital e interactivo
  • Porto
Quando a noite cair, o Jardim Botânico do Porto vai transformar-se num lugar mágico e iluminado. No Magical Garden, centenas de lanternas gigantes, esculturas de luzes e experiências interactivas vão proporcionar uma viagem através de diferentes culturas históricas e pelo meio de felinos, dinossauros, plantas e cenários exóticos. Com mais de um quilómetro, o percurso vai conjugar realidade e fantasia, natureza e efeitos especiais. A nova experiência nocturna imersiva do atelier OCUBO, que conquistou mais de 70 mil visitantes em Lisboa, chega agora em parceria com a Câmara do Porto e o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto. O Magical Garden vai estar a funcionar de quarta-feira a domingo, até 31 de Outubro, a partir das 20.00.
Publicidade
  • Arte
  • Digital e interactivo
  • Porto
Quando o sol se deitar, o Serralves em Luz vai transformar os seus jardins numa grande exposição ao ar livre de fruição nocturna. De 29 de Julho a 17 de Outubro, o Parque de Serralves abre para visitas nocturnas todos os dias, das 21.00 às 22.30.  Com desenho de luz de Nuno Maya, em articulação com a equipa do Parque de Serralves, esta exposição ao ar livre vai dar mais magia aos jardins da fundação, dando a descobrir novas perspectivas em torno deste património natural e arquitectónico. O percurso de iluminações está pensado num formato de sentido único, passando por diversos pontos de interesse do Parque e oferecendo ao público uma viagem sensorial.
  • Coisas para fazer
  • Porto
Durante todos os fins-de-semana, há espectáculos gratuitos na Pasteleira, Campanhã, Miragaia e Bouça. Até Dezembro, haverá concertos de B Fachada (11 de Setembro), Pop Dell’Arte (30 Outubro), Alexandre Soares com Audrey Chen (13 Novembro), Kussondulola (5 de Setembro), Liz Kosack (15 Outubro), Grupo Operário do Ruído (12 Dezembro), do colectivo Impermanence de Susana Santos Silva (17 de Setembro) e do projecto OGRE electric de Maria João (13 Novembro).  Na música, destaca-se também o projecto Transmissão, desenvolvido por Frankão (O Gringo Sou Eu) com jovens da Pasteleira, e o projecto Obras Portuenses da Década de 20, um desafio lançado pela Sonoscopia a quatro compositores para uma reflexão musical que espelhe aquilo que é a vida no Porto de hoje. O resultado, da autoria de Ângela da Ponte (Bouça), Igor C. Silva (Miragaia), José Alberto Gomes (Pasteleira) e Sara Carvalho (Campanhã), poderá ser conhecido em quatro momentos diferentes (18 de Setembro, 16 de Outubro, 5 e 20 de Novembro). Na área da dança, Rafael Alvarez desenvolverá Wave Dance Lab + 55 Anos, um projecto de formação e criação coreográfica para maiores de 55 anos, que desafia moradores da Pasteleira a desenvolver diferentes materiais coreográficos, a ser apresentados no dia 10 de Setembro.  Na área do teatro, a actriz e encenadora Rita Morais desenvolverá Arquivo Presente do Porto, um encontro entre artistas portuenses contemporâneos, que pretende resultar num espectáculo que explora a relação entre o passado e

Mais para fazer:

  • Coisas para fazer

O Porto está cheio de paisagens deslumbrantes e de lugares onde ficar deslumbrado delas. Vá em passeio pela cidade e alimente o olhar, a alma e o seu feed do Instagram com esta lista dos melhores miradouros no Porto. É um plano infalível para aproveitar o bom tempo. Se depois disso quiser exercitar o corpinho, pode sempre apostar num dos melhores sítios para correr ou para andar de bicicleta no Porto. Quando o dia estiver a terminar, se estiver a precisar de recarregar energias, encomende o lanche ou o jantar a um dos restaurantes saudáveis da cidade. 

Recomendado: Os sítios mais instagramáveis do Porto

  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios

O Porto está particularmente bem servido neste departamento. Sim, não nos poupamos de elogios à cidade. Do Parque de Serralves ao Jardim das Virtudes, é difícil cansarmo-nos dos espaços verdes espalhados um pouco por todo o lado. Cada um tem a sua história, a sua identidade, e o seu melhor ângulo para a fotografia nas redes sociais. É fácil perceber porque é que estes são os melhores parques e jardins no Porto: são boas opções para passear ao fim-de-semana, fazer algum exercício fisico ou até para descansar no final de um dia longo de trabalho. 

Recomendado: Os melhores miradouros no Porto

Publicidade
  • Compras
  • Lojas vintage

É difícil passar ao lado do boom que assolou a cidade com lojas que vendem peças de outros tempos e cheias de história. Para se orientar entre tanta e tão boa oferta, escolhemos as melhores lojas vintage no Porto, uma vez que para compras em segunda mão a Invicta já é uma referência. Além disso, a moda é cíclica, portanto vai, com certeza, estar sempre dentro das tendências. Calças de cintura subida dos anos 1980, camisolas de malha com padrões fora da caixa, casacos de ganga ao estilo do Levi's Trucker Jacket ou acessórios marcantes, como cintos ou óculos de sol. Estas são algumas das peças que pode encontrar. Divirta-se.

Recomendado: Cinco lojas vintage do Porto que vendem online

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade