Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Da realidade à ficção: uma viagem pelo mundo através de livros de fotografia

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Christopher Anderson_ Son
Christopher Anderson/ Kehrer Verlag Fotografia do livro "Son" de Christopher Anderson, editado pela Kehrer Verlag

Da realidade à ficção: uma viagem pelo mundo através de livros de fotografia

Num mundo saturado de imagens, a fotografia acaba por ser banalizada, mas não é por isso que deixa de ser uma boa forma de entender o que nos rodeia. Estes livros de fotografia dão uma ajuda.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Enquanto a história da fotografia tem sido amplamente investigada, documentada e divulgada, pouca atenção é dada ao fenómeno dos fotolivros. O consumo de imagens banalizou-se com a proliferação das redes sociais, mas o livro enquanto objecto ganhou uma nova importância, tornando-se uma espécie de documento/prova para um fotógrafo mostrar o seu trabalho. Em 2005, Martin Parr e Gerry Badger lançaram o primeiro de três volumes sobre a história dos fotolivros, em que reuniram 200 exemplares fundamentais para entender a sua evolução, mas a fotografia está em constante mudança e muita coisa tem sido feita. Susan Sontag, a reconhecida ensaísta norte-americana, escreveu na sua obra seminal, Sobre Fotografia, que o acto de fotografar é uma forma de aquisição e que, a partir do momento em que algo é fotografado, passa a integrar um complexo sistema de conhecimento, e que é não mais do que uma forma de supervisão. Estes são, pois, alguns dos livros de fotografia que, nos últimos anos, melhor nos mostram uma realidade, ficcionada ou não, do mundo que nos rodeia.

Recomendado: As livrarias independentes de Lisboa

Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Family Love

Durante 18 anos, Darcy Padilla fotografou a vida de Julie Bairds, marcada pelo abuso de drogas, relações tóxicas, pobreza, mortes e reencontros. A fotógrafa norte-americana conheceu Julie, de 19 anos, em 1993, no hall de um hotel em São Francisco, com uma criança de oito dias nos braços. Ao New York Times, a fotógrafa contou, em 2010, que depois desse primeiro encontro, continuou a bater à porta do seu quarto e que foi entrando na vida dela. Julie morreu no Alasca em 2010 e Padilla esteve sempre presente ao longo de todos esses anos. A fotógrafa ganhou inúmeros prémios com este trabalho documental, incluindo uma bolsa da Fundação Eugene Smith e um World Press Photo, mas um dos seus principais objectivos foi conseguir angariar dinheiro para descobrir o paradeiro dos outros cinco filhos de Julie. 

Preço: 50€ (O livro não é vendido pela editora)
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Dies Irai

Dies Irai é uma retrospectiva de carreira de Paolo Pellegrin, fotógrafo italiano da agência Magnum. Condensa em livro vários anos de trabalho, com 130 fotografias a cores e a preto e branco, quase sem texto. Camboja, Kosovo, Iraque, Darfur, Palestina, Indonésia, Haiti ou Afeganistão são alguns dos cenários presentes. As legendas complementam as fotografias e, no final, há uma brilhante entrevista de Robert Koch a Pellegrin. “É como se se plantasse uma semente que cresce em quem vê, e que depois completa tudo. No meu trabalho, apresento questões e preocupações. Esta é a forma dinâmica e activa da fotografia, que se transforma nos olhos do espectador”, escreve o fotógrafo sobre o seu trabalho.

Preço: 138€-175€ (O livro não é vendido pela editora)
Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

The Wrong Side: Living on The Mexican Border

O fotógrafo francês, Jerome Sessini, explorou a violência causada pelo tráfico de droga na fronteira dos Estados Unidos com o México, onde a influência dos cartéis reina. Em Ciudad Juárez, na fronteira, “os 1,5 milhões de habitantes têm mais probabilidades de ser assassinados do que em Bagdad. Só em 2009, foram executadas 2657 pessoas”, lê-se no site da agência Magnum, que representa o fotógrafo. “Há oito mil soldados na cidade para reforçar as forças policiais, mas o medo alastrou-se pela população onde a taxa e criminalidade é de 163 homicídios para 1000 habitantes”. Este livro mostra a dura realidade de um território assolado pela violência e pobreza, e como assume contornos de um círculo vicioso.

Preço: 31€ (O livro não é vendido pela editora)

Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Son

Christopher Anderson começou por fotografar guerras e catástrofes naturais, mas descobriu na paternidade uma forma de elevar a sua fotografia a outro nível. “Estas fotografias são a resposta orgânica a uma experiência que é ao mesmo tempo única e universal: o nascimento de uma criança. Elas são um registo de amor e reflexão sobre a natureza da vida”, disse sobre o livro publicado em 2013.

Preço: 421€-879€ (O livro não é vendido pela editora)
Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Capitolio

Capitolio é um retrato cru de um país a desmoronar-se em câmara lenta. Este livro mostra algum do trabalho do fotógrafo Christopher Anderson, realizado durantes os anos em que se dedicava a cobrir conflitos. Caracas, capital da Venezuela, é retratada como um local de incoerências, onde a violência e a sensualidade do povo se cruzam. “A palavra ‘Capitolio’ refere-se ao edifício condenado que alberga um governo”, escreve Anderson. “Aqui, a cidade de Caracas é em si uma metáfora para o edifício do Capitolio".

Preço: 145€ (O livro não é vendido pela editora)
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Positive Desintegration

A primeira monografia da artista mexicana Tania Franco Klein é um conjunto de auto-retratos influenciado pela perseguição do dito Sonho Americano. O consumo, o lazer, a estimulação excessiva fazem parte do dia-a-dia das gerações mais jovens e este trabalho é uma tentativa de evocação de um modo de isolamento, desespero e ansiedade que existem no mundo real e ficcionado da artista. Já não está disponível para compra.

Esgotado
Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Congo

Esta colaboração entre Alex Majoli e Paolo Pellegrin é um documento sobre a República Democrática do Congo e as suas gentes. Através de colagens e dos diferentes estilos dos dois fotógrafos, é traçado um registo de um país, da sua paisagem, das suas ruas e florestas. O resultado é um profundo estudo do Congo que expressa as potencialidades da fotografia documental moderna.

Preço: 276€ 
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

46750

João Pina foi e veio do Rio de Janeiro ao longo de uma década. Entre 2007 e 2016, ano em que a cidade recebeu os Jogos Olímpicos e o Mundial de futebol, 46.750 pessoas foram assassinadas na capital carioca. É um número que nunca pára de aumentar, prenúncio de um problema sistémico e enraizado com o qual o Brasil não sabe lidar. À primeira vista, as imagens de João Pina podem apenas transparecer que este se trata de um território perigoso. Mas, em segunda análise, o fotógrafo tentou captar o mundano e as emoções de sítios e pessoas que lidam diariamente com uma violência que é muitas vezes cega, e que nunca se sabe quando baterá à porta.

Preço: 49,90€

Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Scene

O mais recente projecto do fotógrafo italiano Alex Majoli explora, sem meias palavras, a teatralidade da vida. Majoli, que sempre acreditou existir uma linha muito ténue entre a realidade, o teatro, a arte e a reportagem, resolveu assumir essa crença e transportá-la para a fotografia. “Em 2010, pensei para mim mesmo: ‘E se levar luzes e flashes e as puser num sítio em que de facto se esteja a passar algo. Eu e o meu assistente saímos para as ruas de Milão e pusemo-nos à frente de um tipo ao telefone, com o flash mesmo à frente da sua cara e não se mexeu. Ficou ali como se nada fosse!”, explicou o fotógrafo sobre a origem do projecto. A partir daí começou a fotografar em vários países. Posicionava as luzes em sítios públicos e registava o dia-a-dia, como se essa acção se passasse em cima de um palco.

 Preço: 36€

Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Black Passport

Black Passport é uma espécie de biografia do fotógrafo de guerra que morreu em 2017. O livro cruza imagens dos anos passados em zonas conturbadas do globo com fotografias pessoais. É uma espécie de viagem em que o espectador é levado ao centro do conflito e da violência, regressando depois ao conforto de casa e das pessoas que lhe são queridas. Ao longo do livro, as fotografias são disposta lado a lado com textos que se assemelham a entradas de um diário.

Preço: 210€ (O livro não é vendido pela editora)
Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

The White Angel

O trabalho de Niels Ackermann conta a história de Yulia, uma adolescente que cresceu em Slavutych, uma cidade ucraniana construída para receber parte da população afectada pelo desastre de Chernobil, em 1986. “A minha história foca-se na Yulia: uma adolescente que vi transformar-se numa jovem adulta à frente da minha câmara. Com o passar do tempo, mudou as suas ocupações. Das festas, bebidas e relações efémeras passou a ter uma vida de casada, com um trabalho e responsabilidades sérias”, disse o autor ao site LensCulture. O livro é um documento que regista a evolução de uma geração esquecida, que cresceu numa terra criada para receber os que foram abandonados.

Preço: 35€ 
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

The Last Testament

No último livro de Jonas Bendiksen, o fotógrafo retrata a história de seis homens que afirmam publicamente ser o Messias que a Bíblia anuncia. Alguns deles têm milhares de seguidores e discípulos, espalhados pelo mundo. “Depois de muita pesquisa, contactei seis homens que diziam ser o messias anunciado e expliquei-lhes que estava fascinado pelas suas histórias e que as queria contar. Depois imergi-me nas suas teologias e nas suas visões do mundo enquanto tentava ser eu mesmo, aberto e curioso sobre o que me mostravam”, explica o fotógrafo no site da Magnum, agência que representa. Este livro é uma prova de como a fé guia o mundo e o poder que tem sobre as pessoas. A única diferença é que a fé, algo à primeira vista abstracto, é mostrada em imagens.

Preço: 38€ 
Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Inferno

Inferno é um dos fotolivros mais importantes dos últimos anos. Inicialmente publicado em 1999, reúne um conjunto de fotografias dos sítios mais inóspitos do mundo. James Nachtwey dedicou a vida a fotografar conflitos, catástrofes e os dramas alheios, mas sempre o fez com uma elegância singular e com uma humanidade que não é comum encontrar no trabalho de outros fotógrafos. Este livro é um espelho do pior lado do ser humano e uma chamada de atenção a todos os que vivem aliados do sofrimento humano.

Preço: 295€ (O livro não é vendido pela editora)
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Maldicidade

As fotografias de Miguel Rio Branco retratam cenas urbanas de cidades um pouco por todo o mundo. Captadas entre 1970 e 2010, mostram, com um olhar poético, como se vive marginalizado em grandes metrópoles e o que acontece quando pessoas com esse sentimento de não-pertença coabitam o mesmo espaço.

Preço: 60€

Publicidade
Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Living Among What's Left Behind

O segundo livro de Mário Cruz mergulha numa realidade dramática que exemplifica o problema da poluição a uma escala mundial. O fotógrafo português viajou até às Filipinas e documentou a poluição do rio Pasig, que cruza a cidade de Manila. Lá, no meio do caos e da insalubridade, encontrou famílias que vivem em condições sub-humanas e cujo único rendimento é obtido através dos detritos que invadem as margens dos diferentes afluentes da cidade. Nestas zonas escondidas dos turistas, foi erigida uma cidade paralela, onde esta franja da sociedade filipina vai sobrevivendo como pode. Como resume o fotógrafo no seu site, o coração de uma cidade tornou-se a sua vergonha.

Preço: 46€

Livros de Fotografia
Livros de Fotografia
©DR

Minutes to Midnight

Depois de viajar ao longo de mais de 90 mil quilómetros por território australiano, Trent Parke, publicou um livro que documenta a mudança do seu país, ao mesmo tempo que o fotógrafo vai ganhando consciência da sua identidade. É uma espécie de um trabalhado ficcionado, com imagens quase surrealistas mas que, quando vistas com atenção, mostram o apocalipse da sociedade – e a sua realidade crua.

Preço: 38€

Arte em Lisboa

maat
Fotografia: Manuel Manso

Os melhores museus em Lisboa

Museus

Edifícios relativamente novos, com linhas que são uma perdição para a fotografia, e clássicos da cidade que patrocinam autênticas viagens no tempo. Destaque-se ainda os inúmeros e regulares workshops e eventos que promovem para adultos e crianças, ou mesmo as cafetarias e brunches que também são pequenas obras de arte. 

arte urbana
Bruno Barata

Siga este roteiro de arte urbana em Lisboa

Coisas para fazer

Vhils, Bordalo II, Aka Corleone, ±MaisMenos±, Tamara Alves ou Mário Belém são alguns dos nomes mais sonantes neste roteiro de arte urbana em Lisboa. A eles juntam-se artistas de todo o mundo, que escolhem Lisboa para servir de tela aos mais variados estilos e mensagens. 

Publicidade
Máquina fotográfica antiga
Fotografia: Mauro Gonçalves

Próxima objectiva: cursos de fotografia em Lisboa

Coisas para fazer Aulas e workshops

De dia, de noite, às voltas, a subir ou a descer. A arte fotográfica para amadores não se esgota nos filtros do Instagram. Para revelar o seu lado artístico, explore a sua veia mais objectiva com estes cursos de fotografia em Lisboa: se não conseguir entrar já na próxima turma (nos casos em que se aplica), pode sempre esperar pela próxima edição do curso ou do workshop, uma vez que acontecem regularmente.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade