Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Bicicletas partilhadas: o sistema girou sem cair
Notícias / Transporte e viagens

Bicicletas partilhadas: o sistema girou sem cair

bicicletas gira

Passado mais de um mês do lançamento da rede partilhada de bicicletas, a EMEL faz um balanço do sistema. O saldo é positivo.

A primeira fase do projecto Gira - Bicicletas do Lisboa arrancou a 16 de Setembro e no primeiro mês registou mais de 6 mil viagens nas 100 bicicletas disponibilizadas na estação do Parque das Nações, a primeira desta rede.

6396 viagens e 5000 quilómetros percorridos. Os números dizem respeito ao período entre 19 de Setembro e 18 de Outubro, no qual foram ainda subscritos 860 passes, dos quais a esmagadora maioria (90%) diz respeito aos passes anuais de 25€.

Os números por si só valem o que valem, a não ser que os comparemos à fase de período experimental que girou durante o verão passado. Segundo Luís Natal Marques, presidente do Conselho de Administração da EMEL, "nas últimas duas semanas, registaram-se níveis de utilização equiparáveis à última fase do período experimental do projeto, quando o acesso era ainda gratuito".

Recordamos que além das estações no Parque das Nações, está prevista a instalação gradual de estações por outras zonas da cidade, nomeadamente no Planalto Central, na Baixa e Frente Ribeirinha e Eixo Central, que abrange a Avenida Fontes Pereira de Melo e Avenida da Liberdade.

+ Web Summit: alterações à circulação em Lisboa

+ Ciclovias em Lisboa. Só precisa de pedalada para percorrer a cidade

+ Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

1 comments
Jorge D

Eu perto do meu local de trabalho vejo várias estações instaladas à mais de um mês e bicicletas nem ver, leva assim tanto tempo para meter o sistema a funcionar?