Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa
passeio de bicicleta
©Arlindo Camacho

Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

Não precisa de ter duas rodas em casa para aproveitar o bom tempo a pedalar. Saiba onde alugar bicicletas em Lisboa.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Se sente que está na hora de tirar a barriga de misérias no que toca a pedalar, primeiro tome nota. O CicloviasLX mapeou todas as pistas para velocípedes existentes na cidade, os sítios onde pode apanhar uma bicicleta e as informações práticas como as regras de utilização em transportes públicos. Funciona estilo Wikipedia, por isso também pode dar o seu contributo. No site da Câmara Municipal de Lisboa, também há um mapa das vias para bicicletas já existentes e das que estão ainda por vir. Se fica atrapalhado com tanta informação, esta lista diz-lhe, sem complicações, onde e como alugar bicicletas.

Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

bicicletas gira
bicicletas gira

1. GIRA

A GIRA, rede de bicicletas partilhadas de Lisboa, está longe de cobrir toda a cidade, mas elas andam aí e podem ser avistadas em diferentes pontos – na frente ribeirinha, por exemplo. Basta sacar a aplicação, carregá-la, registar-se e começar a usar, tanto as bicicletas convencionais como as eléctricas (yes!). Criadas em parceria com a Órbita, são ideais para rolar nas setes colinas, com selim ajustável, pedais resistentes, suporte para telemóvel e cesto de apoio. Para garantir a segurança, pode ainda contar com luzes traseiras e dianteiras, para viagens nocturnas; campainha audível e facilmente alcancável; e travões de resposta imediata. A versão eléctrica tem uma autonomia até 25 quilómetros. O preço de aluger varia consoante o passe adquirido. Há três tipos de subscrição: anual, a partir dos 25€; mensal, a partir dos 15€; e diário, a partir de 2€. Nas viagens diárias, os primeiros 45 minutos são grátis.

bicicleta da Lisbon bike rentals
bicicleta da Lisbon bike rentals
©Marion

2. Lisbon Bike Rentals

Coisas para fazer Caminhadas e passeios Cais do Sodré

Não convém aparecer para alugar uma bicicleta sem reserva prévia (sobretudo quando o sol brilhar). Deve fazê-lo por telefone, no caso dos alugueres de menos de um dia, ou pelo site, se quiser pedalar um ou mais dias. Os preços variam consoante os modelos de bicicletas de estrada, montanha ou eléctricas, mas começam nos 20€/dia, com a Grand Canyon AL 3.0. E é ainda possível alugar capacetes, cadeados e GPS, para o máximo de segurança.

Publicidade

3. Rent Riders

Coisas para fazer Lisboa

Fica na Estefânia e é o sítio certo para testar a sua capacidade de locomoção em Lisboa de bicicleta, antes de investir num modelo a sério. Há modelos citadinos, mas também de estrada, montanha ou eléctricos. Os alugueres começam nos 25€ por dia (bicicletas Scott para cidade e montanha) e pode ser tudo tratado no site.

fun track
fun track
©DR

4. Fun Track

Coisas para fazer Estrela/Lapa/Santos

É a maior pista de patinagem em Portugal, entre Belém e o Cais do Sodré. E qual génio da lâmpada dos veículos com rodas, na Fun Track há material de aluguer para todos os gostos. Skates, karts, patins, trotinetes eléctricas e as convencionais bicicletas, apenas com três mudanças, mas boas para um passeio junto ao rio Tejo.

Publicidade

5. Bike a Wish

Coisas para fazer Martim Moniz

Declaram uma espécie de missão no site: um modo de vida eco-friendly. Estão em Lisboa, mas também em Vilamoura com bicicletas clássicas, de dois assentos ou elétricas. No mínimo são 20€ por dia ou 10€ por quatro horas (clássicas) e também se alugam durante oito horas, por dois e por três dias. Mais de quatro já vai ter de ligar a pedir orçamento. O preço inclui sempre cadeado, capacete, luzes e uma bolsa pequena.

6. Biclas.com

Coisas para fazer Santa Maria Maior

A marca tem uma loja online onde se compram bicicletas e duas lojas físicas, uma no Chiado e outra em Belém, onde pode ver bem o material antes da compra. Também alugam bicicletas por 14€ por dia ou 105€ por sete dias, além de preços mais baixos hora a hora: por 2,50€ dá meia volta em meia hora. Além das bicicletas tradicionais e das versões elétricas com tecnologia Bosch, dispõem de bicicletas Tandem para duas pessoas.

Publicidade
bicicletas
bicicletas
Fotografia: Michael Muller

7. e-bike lovers

Compras Parque das Nações

Esta loja nasceu a pensar nos problemas ambientais que o homem deverá enfrentar nas próximas décadas. É exclusivamente dedicada a bicicletas eléctricas, de marcas como a Riese & Muller, Bulls, Stevens, Moustache, Nooke e Urbanbiker. Mas também tem oficina, para manutenção e reparações, e serviços de personalização e aluguer de bicicletas. Para dar uma voltinha, o aluguer mínimo é de um dia e os preços começam nos 38€ com a bicicleta Urbanbiker Sidney 522.

8. Bike.POP

Compras Intendente

Criado como um projecto pioneiro pela Cooperativa Cultural POST, a loja e oficina Bike.POP promove a mobilidade sustentável, com particular ênfase na bicicleta enquanto meio de transporte. A equipa por detrás realiza acções de formação, produz eventos e actividades desportivas e recreativas, cria e desenha equipamentos de mobiliário urbano e bicicletas especiais e até instala infraestruturas como estacionamentos para bicicletas e estações urbanas de reparação. O aluguer de bicicletas também está disponível, todas da marca Brompton, a partir de 15€ por dia e até um mês inteiro (200€). O aluguer inclui bomba de encher pneus, luzes, capacete e cadeado. 

Lisboa activa

skate
©Free-Photos/Pixabay

Lisboa sobre rodas: os melhores sítios para andar de skate ou patins

Coisas para fazer

Foi em finais dos anos 40, inicio de 50s do século passado que os surfistas californianos começaram a imaginar uma forma de surfar em terra firme. Começaram por fazer as pranchas com rodas com o seu próprio engenho, mas foi apenas em 1959 que a empresa Roller Derby lançou o primeiro skate oficial da história que permitia fazer um maior número de manobras mais arriscadas. É assim uma das mais antigas formas de mobilidade sustentável e parece nunca sair de moda. Em Lisboa e arredores, são estes alguns dos melhores sítios para andar de skate ou patins.

maat
©Manuel Manso

Os melhores sítios para correr em Lisboa

Coisas para fazer

Matas, parques e jardins ou zonas ribeirinhas. Em Lisboa (e arredores), não faltam opções para se pôr a mexer – e, dependendo das horas, sem qualquer confusão, afinal a ideia é relaxar também. Basta escolher o cenário mais apelativo e o piso mais adequado para começar, ou continuar, a correr na cidade. Qual é que vai ser a sua desculpa agora para não ficar em forma? Decore as paragens que se seguem, salte do sofá e dê corda aos sapatos. Também lhe faz bem arejar as ideias, com todos os cuidados que esta altura pede, claro.

Publicidade
Paredão do estoril
Fotografia: Manuel Manso

Odeia ginásios? Experimente treinar ao ar livre em Lisboa

Coisas para fazer

O treino ao ar livre e em grupo deixou ser uma moda para passar a ser parte do cenário lisboeta. Depois de ler as nossas propostas, se vir um pelotão à beira-rio ou gente a subir e descer bancos de jardim, já sabe de onde vêm. Praticar exercício físico fora de quatro paredes pode ser a solução perfeita para quem não gosta de treinar enfiado dentro de um ginásio. À beira-mar ou tirando partido dos altos e baixos de Lisboa (e de outras geografias da Área Metropolitana), conheça mais de dez grupos para treinar ao ar livre em Lisboa e aproveite para fazer amigos. Mas sem pressas, porque a amizade é um músculo que tem de se treinar.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade