Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

Não precisa de ter duas rodas em casa para aproveitar o bom tempo a pedalar. Saiba onde alugar bicicletas em Lisboa.

passeio de bicicleta
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Há quem passe o dia a cantarolar a velha música dos Queen “I want to ride my bicycle/ I want to ride my bike” sem duas rodas em casa que possa usar. Mas, se por acaso sente que está na hora de tirar a barriga de misérias no que toca a pedalar, tome nota.

CicloviasLX mapeou todas as pistas para velocípedes existentes na cidade, os sítios onde pode apanhar uma bicicleta e as informações práticas como as regras de utilização em transportes públicos. Funciona estilo Wikipedia, por isso também pode dar o seu contributo. No site da Câmara Municipal de Lisboa, também há um mapa das vias para bicicletas já existentes e das que estão planeadas até 2021, ano em que Lisboa chegará aos 200 km de extensão de ciclovias.

Se fica atrapalhado com tanta informação, esta lista diz-lhe, sem complicações, onde e como alugar bicicletas. Se for moderno-alternativo e preferir deslizar, há uns quantos sítios onde se arranja uma segway.

Dê ao pedal: sítios onde alugar bicicletas em Lisboa

1
bicicletas gira

GIRA

A GIRA, rede de bicicletas partilhadas de Lisboa, está longe de cobrir toda a cidade, mas elas andam aí e podem ser avistadas em diferentes pontos – na frente ribeirinha, por exemplo. Basta sacar a aplicação, carregá-la, registar-se e começar a usar, tanto as bicicletas convencionais como as eléctricas (yes!). Criadas em parceria com a Órbita, são ideais para rolar nas setes colinas, com selim ajustável, pedais resistentes, suporte para telemóvel e cesto de apoio. Para garantir a segurança, pode ainda contar com luzes traseiras e dianteiras, para viagens nocturnas; campainha audível e facilmente alcancável; e travões de resposta imediata. A versão eléctrica tem uma autonomia até 25 quilómetros. O preço de aluger varia consoante o passe adquirido. Há três tipos de subscrição: anual, a partir dos 25€; mensal, a partir dos 15€; e diário, a partir de 2€. Nas viagens diárias, os primeiros 45 minutos são grátis.

2
jump bikes
©Uber

JUMP

A capital portuguesa é a primeira cidade europeia a receber as bicicletas da JUMP, o primeiro sistema de bicicletas eléctricas partilhadas a concorrer com as GIRA. Disponíveis 24 horas por dia, atingem uma velocidade de 25km/h. Têm ainda um cestinho à frente com capacidade para cerca de 9kg e um cadeado incorporado, que deve ser trancado ao mobiliário urbano – o que significa que o estacionamento não é para ser feito ao calhas. Das duas, uma: ou estaciona num parqueamento para bicicletas ou em zonas autorizadas na aplicação, já disponível. O custo de utilização é 0,15€ por minuto, não se pagando o desbloqueio, como acontece com as trotinetas.

Publicidade
3
aluguer de bicicletas
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Lisbon Bike Rentals

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Não convém aparecer para alugar uma bicicleta sem reserva prévia (sobretudo quando o sol brilhar). Deve fazê-lo por telefone, no caso dos alugueres de menos de um dia, ou pelo site, se quiser pedalar um ou mais dias. Os preços variam consoante os modelos de bicicletas de estrada, montanha ou eléctricas, mas começam nos 16€/dia, com a Canyon Commuter 3.0. E é ainda possível alugar capacetes e cadeados, para o máximo de segurança.

4
aluguer de bicicletas
Coisas para fazer

Rent Riders

icon-location-pin Lisboa

Fica na Estefânia e é o sítio certo para testar a sua capacidade de locomoção em Lisboa de bicicleta, antes de investir num modelo a sério. Há modelos citadinos, mas também de estranha, montanha ou eléctricos. Os alugueres começam nos 20€ por dia (bicicletas Scott para cidade e montanha) e pode ser tudo tratado no site.

Publicidade
5
fun track
©DR
Coisas para fazer

Fun Track

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Qual génio da lâmpada dos veículos com rodas, na Fun Track há material de aluguer para todos os gostos. Skates, karts, patins, trotinetes eléctricas e as convencionais bicicletas, apenas com três mudanças, mas boas para um passeio junto ao rio. Ah! E não caia na tentação de atropelar turistas.

6
aluguer de bicicletas
Coisas para fazer

Bike a Wish

icon-location-pin Martim Moniz

Declaram uma espécie de missão no site: um modo de vida eco-friendly. Estão em Lisboa mas também em Vilamoura com bicicletas clássicas, de dois assentos ou elétricas. No mínimo são 20 euros por dia ou seis euros por uma hora (clássicas) e também se alugam durante 12 horas por dia.

Publicidade
7
aluguer de bicicletas

Rent a Fun

A Rent a Fun tem percursos por toda a cidade e, quando conta com as sete colinas, conta também com bicicletas eléctricas. Para estar por sua conta, a empresa faz-lhe a entrega numa morada acordada e, no fim do dia, a recolha. As bicicletas eléctricas custam 39 euros das 07.00 às 21.00 e as regulares 29 euros durante o mesmo período. A partir do segundo dia há desconto de 50 por cento. 

8
biclas.com
Coisas para fazer

Biclas.com

icon-location-pin Santa Maria Maior

A marca tem uma loja online onde se compram bicicletas e uma loja na Baixa Lisboeta onde pode ver bem o material antes da compra. Também alugam bicicletas por 14 euros por dia ou 105 por sete dias, além de preços mais baixos hora a hora: 2,50 euros por meia hora. Além das bicicletas tradicionais e das versões elétricas com tecnologia Bosch, dispoõem de bicicletas tandem (para 2 pessoas).

Lisboa activa

Paredão do estoril
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Odeia ginásios? Experimente treinar ao ar livre em Lisboa

O treino ao ar livre e em grupo deixou ser uma moda para passar a ser parte do cenário lisboeta. Depois de ler as nossas propostas, se vir um pelotão à beira-rio ou gente a subir e descer bancos de jardim, já sabe de onde vêm. Praticar exercício físico fora de quatro paredes pode ser a solução perfeita para quem não gosta de treinar enfiado dentro de um ginásio. À beira-mar ou tirando partido dos altos e baixos de Lisboa, conheça mais de dez grupos para treinar ao ar livre e aproveite para fazer amigos. Mas sem pressas, porque a amizade é um músculo que tem de se treinar.

maat, corridas
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Os melhores sítios para correr em Lisboa

Matas, parques e jardins ou zonas ribeirinhas. Em Lisboa, não faltam opções para se pôr a mexer – e, dependendo das horas, sem qualquer confusão, afinal a ideia é relaxar também. Basta escolher o cenário mais apelativo para começar, ou continuar, a correr na cidade. Saiba onde correr em Lisboa, com as melhores sugestões de circuitos para amadores ou profissionais do jogging e do running. Qual é que vai ser a sua desculpa agora para não ficar em forma? Decore as paragens que se seguem e salte do sofá.

Publicidade
forró
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

As danças brasileiras para entrar no ritmo

Isto vai do forró ao forrobodó. Os ritmos brasileiros soam pela cidade de uma ponta à outra, e há sempre quem se queira inteirar das modalidades que o ajudam a mexer-se como um verdadeiro irmão do outro lado do Atlântico. Pode inscrever-se em aulas de forró, de samba de gafieira, sertanejo, capoeira ou zouk, e tornar-se num especialista nestas danças do Brasil.  Dizemos-lhe onde e como aprender a abanar o corpo segundo os melhores ritmos brasileiros em Lisboa, tudo para sambar na cara das inimigas.

More to explore

Publicidade