A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
skate
©Free-Photos/Pixabay

Lisboa sobre rodas: os melhores sítios para andar de skate ou patins

Sabia que há vários skate parks em Lisboa e arredores? Descubra alguns dos melhores sítios para andar de skate ou patins

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Foi em finais dos anos 40, inicio de 50s do século passado que os surfistas californianos começaram a imaginar uma forma de surfar em terra firme. Começaram por fazer as pranchas com rodas com o seu próprio engenho, mas foi apenas em 1959 que a empresa Roller Derby lançou o primeiro skate oficial da história que permitia fazer um maior número de manobras mais arriscadas. É assim uma das mais antigas formas de mobilidade sustentável e parece nunca sair de moda. Em Lisboa e arredores, são estes alguns dos melhores sítios para andar de skate ou patins.

Recomendado: Saiba quais são as melhores coisas radicais para fazer em Lisboa

Os melhores sítios para andar de skate ou patins

  • Coisas para fazer
  • Santa Maria Maior

Não é um skate park, mas é um dos locais de eleição para o convívio desta comunidade sobre rodas. Obstáculos há só um, a elevação que compõe a estátua equestre de D. João I, mas é o suficiente para manuals, flips ou grinds. Qualquer dúvida consulte os entendidos no local.

Parque das Gerações
  • Coisas para fazer
  • Cascais

Aqui a coragem conta. O Parque das Gerações é procurado por aqueles que querem viver a vida com mais adrenalina. E não interessa se não têm experiência, porque tanto andam aqui os grandes atletas sobre rodas como os mais novinhos, que ainda mal se equilibram em cima da tábua. 

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Benfica/Monsanto

Está a ver um campo de futebol? Agora imagine... 900. Todos juntinhos. É mais ou menos essa a dimensão do Parque Florestal de Monsanto, também conhecido como o pulmão de Lisboa. No meio da floresta também se pode andar sobre rodas. O skate park de Monsanto foi remodelado em 2018 e é ideal para adeptos que gostam de estar mais tranquilos. Divide-se em três patamares e fica junto à Estrada de Montes Claros e a dois passos do Parque de Merendas da Alameda Keil do Amaral.

  • Atracções
  • Parques e jardins
  • Marvila

Estende-se ao longo das freguesias de Marvila e do Areeiro e ao longo dos seus 13 hectares encontra um parque hortícola com 224 talhões, equipamentos infantis para a pequenada andar entretida e um skate park com 2000 metros quadrados. Chega?

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Sintra

É um dos maiores parques de trampolins da Europa, mas não só. O Quantum Park divide-se em três estações distintas, cada uma delas com níveis de dificuldade adaptados à experiência (ou à falta dela) de cada um. Ao fundo do parque, está a zona mais radical com um half-pipe para quem quiser mostrar os dotes em cima do skate, e ao lado está um airbag gigante em forma de rampa para aterrar depois de uma manobra sobre rodas.

  • Coisas para fazer
  • Eventos desportivos
  • Campolide

Entre o SAMS e a Reitoria da Universidade Nova de Lisboa esconde-se este skate park, integrado no Corredor Verde de Lisboa. É composto por algumas estruturas em madeira, decoradas a sprays de várias cores e graças a uma ciclovia vizinha pode ir mesmo a deslizar até lá.

Mais exercício ao ar livre em Lisboa

Gaste calorias sem gastar dinheiro nestes ginásios ao ar livre em Lisboa
  • Coisas para fazer

Não gosta de se fechar no ginásio? Não há orçamento para personal trainers? Equipamentos de fitness municipais, paredões, espaços verdes... Compense os excessos (calóricos e financeiros) nestes ginásios ao ar livre em Lisboa. Afinal, gasta calorias, gasta o equipamento de manutenção que provavelmente ajudou a pagar enquanto cidadão de Lisboa e não gasta um tostão. Não é ginástica de reformado, mas de bem informado – depois de ler este artigo de uma ponta à outra, claro. Qual vai ser a sua desculpa? Deixe-se disso e dê à perna (e aos braços).

  • Coisas para fazer

O treino ao ar livre e em grupo deixou ser uma moda para passar a ser parte do cenário lisboeta. Depois de ler as nossas propostas, se vir um pelotão à beira-rio ou gente a subir e descer bancos de jardim, já sabe de onde vêm. Praticar exercício físico fora de quatro paredes pode ser a solução perfeita para quem não gosta de treinar enfiado dentro de um ginásio. À beira-mar ou tirando partido dos altos e baixos de Lisboa (e de outras geografias da Área Metropolitana), conheça mais de dez grupos para treinar ao ar livre em Lisboa e aproveite para fazer amigos. Mas sem pressas, porque a amizade é um músculo que tem de se treinar.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade