Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As danças brasileiras para entrar no ritmo
forró
Fotografia: Arlindo Camacho

As danças brasileiras para entrar no ritmo

Forró, samba ou sertanejo, aprenda por cá estas modalidades com sotaque brasileiro

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Isto vai do forró ao forrobodó. Os ritmos brasileiros soam pela cidade de uma ponta à outra, e há sempre quem se queira inteirar das modalidades que o ajudam a mexer-se como um verdadeiro irmão do outro lado do Atlântico. Pode inscrever-se em aulas de forró, de samba de gafieira, sertanejo, capoeira ou zouk, e tornar-se num especialista nestas danças do Brasil. 

Dizemos-lhe onde e como aprender a abanar o corpo segundo os melhores ritmos brasileiros em Lisboa, tudo para sambar na cara das inimigas.

Recomendado: Sítios para comer comida brasileira em Lisboa, do pão de queijo à feijoada

Danças brasileiras para entrar no ritmo

Samba e Zouk no STEPS

Coisas para fazer Areeiro/Alameda

O STEPS é um bar, um café e um espaço de dança para quem quer ocupar os dias de semana com ritmos tropicais. Às terças, há samba de gafieira (21.00) com a professora Camila Delphim, e tem aulas regulares de forró, que acontecem às quintas-feiras às 21.00. Se estiver numa de ritmos mais lentos e movimentos ponderados, há aulas de zouk brasileiro (terças e sextas, 21.00), um estilo do Caribe adoptado pelos brasileiros e considerado a lambada do Rio de Janeiro.

30€/mês (uma vez por semana); 40€/mês (duas vezes por semana); 10€ (aula avulso).

Capoeira

A capoeira trabalha cada centímetro do corpo e combina arte marcial, dança e música, tudo ao mesmo tempo. Há aulas todas as semanas dadas pelo Grupo Beija-Flor – são aulas mistas, de crianças e adultos, que decorrem no Pavilhão dos Loios (Ter e Qui 18.30), no Ginásio Urban Fitness (Seg e Qua 18.45) e em ginásio próprio em Marvila, às segundas, quartas e sextas (19.30). É aqui que às sextas todos os alunos são convidados a participar na roda de capoeira (20.30). No Clube Atlético de Campo de Ourique há aulas da modalidade às quartas e sextas (18.30/crianças e 19.00/adultos, 20€- 30€) e, além de dançar, podem aprender a tocar instrumentos como o agogô, atabaque ou berimbau para dar ritmo ao exercício. No Ginásio Clube Português, as aulas de capoeira acontecem às terças e quintas (18.45).

Publicidade

Holmes Place

Desporto Ginásios e centros de fitness Avenida da Liberdade

Se é adepto de exercício físico e não lhe apetece gastar mais dinheiro além da mensalidade do ginásio a aprender a trabalhar o corpo como um verdadeiro brasileiro, então tome nota: o Holmes Place tem no seu mapa de aulas o MIB, Made  In Brasil. Esta aula é um treino tradicional brasileiro de glúteos e pernas num formato de 30 minutos, focado nessasáreas do corpo, para tonificar e fortalecer os membros inferiores.

Vários locais em Lisboa. A partir de 58,90€ (livre trânsito de aulas).

Misturado

Coisas para fazer Grande Lisboa

O espaço de cowork Misturado tem mais para oferecer do que jornadas de trabalho. Neste caso, pode ser trabalho de pernas e glúteos. Todas as segundas, há aulas de forró (19.30) e samba (21.00, 30€/mês) para o preparar, quem sabe, para os bailes carnavalescos que se aproximam. O espaço tem também aulas de capoeira às terças e quintas para crianças (18.20, 28€) e adultos (19.00, 35€).

Publicidade

Forró, samba e sertanejo no ACM Lisboa

Coisas para fazer Lisboa

A suadeira é garantida com as aulas de forró da ACM, em São Bento. Acontecem todas as terças (19.30), quintas (21.00) e sábados (16.00). Marquinhos Faria é quem trata de pôr toda a gente a dançar o forró pé-de-serra, também conhecido como forró tradicional (xote, baião e arrasta-pé), e tudo começa com o famoso passo“dois pra lá e dois pra cá”. Às quintas (19.30), também é dia de samba de gafieira (19.30), um estilo de dança de salão que aposta forte nos movimentos de quadris e que os brasileiros dizem ser “dança da malandragem”. A ACM dá uns toques na moda country e tem um slot com aulas de sertanejo (quintas 13.00, 30€), o estilo tradicional do Nordeste brasileiro. Só não se esqueça da botinha tipo cowboy, para ficar tudonosconformes.

Mais do Brasil em Lisboa

O melhor do Brasil em Cascais

Coisas para fazer

A história de amor e desamor (todos os bons namorados têm os seus arrufos) entre o Brasil e Portugal tem mais de quatro séculos e as notícias dos últimos dias dão conta de que há cada vez mais brasileiros a mudar-se de lá para cá. 

Cinco brasileiros que dão vida a Lisboa

Coisas para fazer

Os números dizem que há cada vez mais brasileiros na cidade e a Time Out tem mostrado que há cada vez melhor Brasil em Lisboa. Desta vez, decidimos ir à procura daqueles que chegaram, há mais de uma década ou há uma dezena de meses, e que se deixaram ficar – pelo amor, pelo trabalho, pelo clima, pela música. 

Publicidade
Mariana Valle Lima

O Brasil cabe todo na Rua das Pretas

Notícias Vida urbana

Aos sábados, há festa no 18 do Príncipe Real. Fomos conhecer a tertúlia musical com mais sotaques de Lisboa. A cada sábado à noite, há um palacete no Príncipe Real que esconde uma rua dentro. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Best selling Time Out Offers
        Publicidade