Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As danças brasileiras para entrar no ritmo

As danças brasileiras para entrar no ritmo

Forró, samba ou sertanejo, aprenda por cá estas modalidades com sotaque brasileiro

forró
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Isto vai do forró ao forrobodó. Os ritmos brasileiros soam pela cidade de uma ponta à outra, e há sempre quem se queira inteirar das modalidades que o ajudam a mexer-se como um verdadeiro irmão do outro lado do Atlântico. Pode inscrever-se em aulas de forró, de samba de gafieira, sertanejo, capoeira ou zouk, e tornar-se num especialista nestas danças do Brasil. 

Dizemos-lhe onde e como aprender a abanar o corpo segundo os melhores ritmos brasileiros em Lisboa, tudo para sambar na cara das inimigas.

Recomendado: Sítios para comer comida brasileira em Lisboa, do pão de queijo à feijoada

Danças brasileiras para entrar no ritmo

Coisas para fazer

Samba e Zouk no STEPS

icon-location-pin Areeiro/Alameda

O STEPS é um bar, um café e um espaço de dança para quem quer ocupar os dias de semana com ritmos tropicais. Às terças, há samba de gafieira (21.00) com a professora Camila Delphim, e tem aulas regulares de forró, que acontecem às quintas-feiras às 21.00. Se estiver numa de ritmos mais lentos e movimentos ponderados, há aulas de zouk brasileiro (terças e sextas, 21.00), um estilo do Caribe adoptado pelos brasileiros e considerado a lambada do Rio de Janeiro.

30€/mês (uma vez por semana); 40€/mês (duas vezes por semana); 10€ (aula avulso).

Capoeira

A capoeira trabalha cada centímetro do corpo e combina arte marcial, dança e música, tudo ao mesmo tempo. Há aulas todas as semanas dadas pelo Grupo Beija-Flor – são aulas mistas, de crianças e adultos, que decorrem no Pavilhão dos Loios (Ter e Qui 18.30), no Ginásio Urban Fitness (Seg e Qua 18.45) e em ginásio próprio em Marvila, às segundas, quartas e sextas (19.30). É aqui que às sextas todos os alunos são convidados a participar na roda de capoeira (20.30). No Clube Atlético de Campo de Ourique há aulas da modalidade às quartas e sextas (18.30/crianças e 19.00/adultos, 20€- 30€) e, além de dançar, podem aprender a tocar instrumentos como o agogô, atabaque ou berimbau para dar ritmo ao exercício. No Ginásio Clube Português, as aulas de capoeira acontecem às terças e quintas (18.45).

Publicidade
Desporto, Ginásios e centros de fitness

Holmes Place

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Se é adepto de exercício físico e não lhe apetece gastar mais dinheiro além da mensalidade do ginásio a aprender a trabalhar o corpo como um verdadeiro brasileiro, então tome nota: o Holmes Place tem no seu mapa de aulas o MIB, Made  In Brasil. Esta aula é um treino tradicional brasileiro de glúteos e pernas num formato de 30 minutos, focado nessasáreas do corpo, para tonificar e fortalecer os membros inferiores.

Vários locais em Lisboa. A partir de 58,90€ (livre trânsito de aulas).

Coisas para fazer

Misturado

icon-location-pin Grande Lisboa

O espaço de cowork Misturado tem mais para oferecer do que jornadas de trabalho. Neste caso, pode ser trabalho de pernas e glúteos. Todas as segundas, há aulas de forró (19.30) e samba (21.00, 30€/mês) para o preparar, quem sabe, para os bailes carnavalescos que se aproximam. O espaço tem também aulas de capoeira às terças e quintas para crianças (18.20, 28€) e adultos (19.00, 35€).

Publicidade
Coisas para fazer

Forró, samba e sertanejo no ACM Lisboa

icon-location-pin Lisboa

A suadeira é garantida com as aulas de forró da ACM, em São Bento. Acontecem todas as terças (19.30), quintas (21.00) e sábados (16.00). Marquinhos Faria é quem trata de pôr toda a gente a dançar o forró pé-de-serra, também conhecido como forró tradicional (xote, baião e arrasta-pé), e tudo começa com o famoso passo“dois pra lá e dois pra cá”. Às quintas (19.30), também é dia de samba de gafieira (19.30), um estilo de dança de salão que aposta forte nos movimentos de quadris e que os brasileiros dizem ser “dança da malandragem”. A ACM dá uns toques na moda country e tem um slot com aulas de sertanejo (quintas 13.00, 30€), o estilo tradicional do Nordeste brasileiro. Só não se esqueça da botinha tipo cowboy, para ficar tudonosconformes.

Mais do Brasil em Lisboa

Coisas para fazer

O melhor do Brasil em Cascais

A história de amor e desamor (todos os bons namorados têm os seus arrufos) entre o Brasil e Portugal tem mais de quatro séculos e as notícias dos últimos dias dão conta de que há cada vez mais brasileiros a mudar-se de lá para cá. 

Coisas para fazer

Cinco brasileiros que dão vida a Lisboa

Os números dizem que há cada vez mais brasileiros na cidade e a Time Out tem mostrado que há cada vez melhor Brasil em Lisboa. Desta vez, decidimos ir à procura daqueles que chegaram, há mais de uma década ou há uma dezena de meses, e que se deixaram ficar – pelo amor, pelo trabalho, pelo clima, pela música. 

Publicidade
Mariana Valle Lima
Notícias, Vida urbana

O Brasil cabe todo na Rua das Pretas

Aos sábados, há festa no 18 do Príncipe Real. Fomos conhecer a tertúlia musical com mais sotaques de Lisboa. A cada sábado à noite, há um palacete no Príncipe Real que esconde uma rua dentro. 

Publicidade