A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Avenida da Igreja
©DR

Oito coisas para fazer no Dia do Trabalhador em Lisboa

Aproveite o feriado em Lisboa com estas oito coisas para fazer no Dia do Trabalhador

https://media.timeout.com/images/105796494/image.jpg
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

No dia 1 de Maio de 1886, 500 mil trabalhadores saíram às ruas de Chicago, nos Estados Unidos, em manifestação pacífica, exigindo a redução da jornada para oito horas de trabalho. A polícia reprimiu a manifestação, dispersando a concentração, depois de ferir e matar dezenas de operários. Mas não se deixaram abater: quatro dias depois voltaram às ruas e foram novamente reprimidos, com manifestantes a serem presos. A opinião pública repudiou a acção da polícia e do Governo e, em 1889, o Congresso Operário Internacional, reunido em Paris, decretou o 1.º de Maio como o Dia Internacional dos Trabalhadores, um dia de luto e de luta. No ano seguinte, em 1890 os trabalhadores americanos conseguiram a redução de horário, mas a vitória é celebrada anualmente em Setembro. Em Portugal, o 1.º do Maio começou a ser festejado a partir de Maio de 1974, após a Revolução do 25 de Abril. Entre concertos, peças de teatro, workshops e corridas, não faltam ideias para celebrarem este Dia do Trabalhador em Lisboa. 

Recomendado: Coisas para fazer em Lisboa este mês

Maio em Lisboa

Concertos em Lisboa em Maio
  • Música

Os antigos diziam que Maio era o mês das trovoadas. Sobre isso não podemos dizer muito mais – recomenda-se uma visita ao Instituto Português do Mar e Atmosfera –, mas faça chuva ou faça sol, vale a pena sair de casa para assistir a uns quantos concertos em Lisboa.

  • Coisas para fazer

Diz o provérbio que "em Maio nem à porta saio". Mas diz mal. Apesar do ocasional dia de chuva, o mês de Maio é mesmo um dos melhores para sair à rua em Lisboa. Já é quente, mas ainda não demasiado, os dias ficam cada vez maiores, as esplanadas mais cheias e os parques mais compostos, há muitas e variadas coisas para fazer. Há, mais concretamente, concertos, corridas, exposições, festas, festivais, mercados, peças de teatro e workshops. É só escolher. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade