Eco Market: saiba o que não pode perder neste mercado ecológico

O Eco Market, mercado feito de marcas 100% bio e ecológicas, cresceu e muda-se para Marvila à 3.ª edição
organii, catia e rita curica
©Manuel Manso
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

À terceira é de vez e a aposta é em grande. O Eco Market pegou nas trouxas e mudou-se para Marvila. Este sábado e domingo, 27 e 28, o mercado assenta arraiais nos 3000 m² do armazém One 16, e traz consigo uma dose generosa de workshops e palestras à la carte e marcas 100% bio e ecológicas.

As edições anteriores, que encheram os pavilhões da Lx Factory, já tinham dado sinais das dores de crescimento: a primeira reuniu 10 mil pessoas, e a parada subiu no ano passado com 19 mil. Foi com base nos números que as irmãs Rita e Cátia Curica, fundadoras da Organii e mentoras do Eco Market, decidiram dar o salto. “Sentimos que o espaço que tínhamos na Lx Factory já não dava para os nossos objectivos. Queríamos alargar a oferta de workshops e palestras e o sítio era pequeno”, explica Cátia. “Deixámos de ser só um mercado com banquinhas, temos agora uma responsabilidade acrescida na parte da educação para um eco lifestyle, é essa a mensagem que queremos passar.”

Para este ano, além das mais de 30 palestras e workshops que se juntam a mais de 100 marcas, as manas contam receber uma remessa de curiosos e seguidores destas práticas orientados para os verbos de acção: comprar, aprender e comer. “Finalmente há cada vez mais pessoas interessadas neste tema, já não chegam ali como se fossem uma tábua rasa. Já se informam, já lêem sobre o assunto e já põem algumas coisas em prática”, refere. “O importante é perceber que não é complexo, que se começarem com pequenos passos conseguem entender que faz a diferença.”

Rua Pereira Henriques, 1. Sáb-Dom 10.00-20.00. 2€.

O que não pode perder no Eco Market

Marcas

Vá pronto para fazer escolhas e abrir a carteira: são mais de 100 marcas dispostas ao longo do armazém, do design e decoração sustentável, do vestuário à beleza, passando até pelos comes e bebes. Esteja atento às peças de madeira da So-So Store, às roupas da Carlota Barnabé, aos sapatos ecológicos da MDMA, aos óculos de bambu da Joplins, às jarras e aos pratos em cerâmica da Circulo Ceramics, às camisas da Naz, aos produtos de madeira da loja AmazingStore, às t-shirts da Isto, aos livros da Pato Lógico ou aos tecidos sustentáveis da Fluffy Organic & Eco. No que diz respeito à dupla comer e beber, deite olho aos produtos bio à base de bolota da Bolota Viva ou aos cabazes da Quinta do Arneiro, aos pratos da The Paleo Kitchen, da Iswari ou do restaurante The Therapist. A lista é longa, perca-se por lá. 

Palestras e Workshops

Esqueça o blá, blá, blá habitual sobre teorias da vida saudável. No Eco Market pode sentar-se à volta da mesa no Espaço Palestras, pronto para tirar notas e para pôr as mãos na massa com os workshops. No sábado às 10.00, para acordar, comece o dia com uma sessão de explicação sobre a importância do yoga facial com Filipa Veiga, professora no Wanderlust, e ponha-o em prática no fim. Às 12.00, há um painel sobre práticas de vida sustentável com Ana Milhazes, do blogue Ana Go Slowly, seguido de uma sessão sobre zero waste para perceber como pode reaproveitar tudo lá em casa. Às 15.00, a anfitriã Cátia Curica explica como pode fazer cosmética natural a partir de produtos que guarda na sua despensa. No dia a seguir, domingo, Cátia volta à carga para uma palestra sobre óleos essenciais e aromaterapia, às 15.00. Mais tarde, às 17.00, siga as dicas da nutricionista Sara Pereira, que fala sobre a importância dos suplementos alimentares na dieta vegan. Na mesma onda, fique a saber que há alimentos e plantas que reforçam o sistema nervoso, com a blogger Mafalda Pinto Leite, às 18.00. 

Publicidade

Espaço Showcooking

Se está com falta de imaginação para as refeições, aqui pode aprender a dar asas à imaginação com cozinha saudável. Sábado às 11.00 atente ao showcooking de veggie burgers e aos molhos que os podem acompanhar; às 17.00, aprenda a fazer barritas, trufas e bolachas saudáveis. No domingo, a lição de cozinha continua com lanches sem glúten às 16.00 e, às 18.00, os gulosos vão ficar contentes por saber que é possível fazer sobremesas saudáveis com o Instituto Macrobiótico de Portugal.

Espaço Organii Bebé

Este é um cantinho dedicado a conversas de mamãs. Durante os dois dias há sessões de esclarecimento sobre pós-parto (Sáb 11.00), maternidade sem desperdício (Sáb 16.00), mitos da amamentação (Dom 11.00) ou um assunto tabu que é ter filhos vegan (Dom 17.00).

Publicidade

Espaço para famílias

Descanse se tiver de levar os miúdos a reboque, há um espaço só para eles e outro onde podem passar tempo juntos. Sábado às 11.00 há uma oficina sonora e plástica com base no livro Mar, de André Letria, pela Pato Lógico. Às 17.00, junte-se às crianças num workshop de ilustração e escrita criativa sobre emoções. No domingo, às 16.00, tome nota das técnicas de embrulho e estampagem, até porque o Natal está mais perto do que parece e os miúdos gostam de ajudar. Para fechar o dia, ainda se pode juntar ao pelotão da costura com uma sessão de tricot para pais e filhos, às 17.00.

Lisboa sustentável

Stró
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Estilo de vida

As marcas sustentáveis que tem de conhecer

Hoje em dia, estar atento à pegada ecológica e tornar-se consciente das suas escolhas enquanto consumidor já se tornou habitual – comprar sustentável deixou de ser um bicho de sete cabeças e, para alguns, é já um estilo de vida. Também por isso Lisboa tem cada vez mais espaços e marcas que promovem este modo de vida. Reunimos marcas sustentáveis que tem de conhecer, desde a cosmética ao calçado passando pelo vestuário feminino, masculino ou infantil, passando pelos sapatos ou até mesmo mantas e cachecóis. 

monsanto
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Os melhores parques e jardins em Lisboa

Em Lisboa há parques para todos os gostos e nós escolhemos os melhores para brincar com os miúdos, ler um livro ou fazer um piquenique, independentemente da altura do ano. Afinal todos os dias são bons para uma pausa num destes parques e jardins de Lisboa. Do jardim da Estrela ao pulmão verde de Lisboa – falamos do Monsanto, pois claro –, espaços verdes não faltam na cidade. Com parques infantis, espaços para praticar desporto e correr ou simplesmente para se deixar estar.

Publicidade