Escape Rooms em Lisboa. Acha que consegue sair daqui?

Crimes, lições de História, intrigas, espionagem e Illuminati. Há escape rooms em Lisboa para todos os gostos
locked riddles
©Luciano De polo
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Começaram por ser bem reais, e disputados em casas particulares. Na Hungria, em 2008, anfitriões inspiraram-se em jogos como Crimson Room e vá de fechar os convidados numa sala, esperando que conseguissem sair de lá. Não demorou até que o conceito de escape rooms ganhasse outras dimensões. Basta percorrer a Baixa de Lisboa para encontrar diferentes opções, com tramas que envolvem crimes, a Revolução dos Cravos, Fernando Pessoa, os Descobrimentos ou o vinho do Porto. Reúna os amigos, foque-se nas pistas, tente resolver a charada e raspe-se dos quartos que se seguem.

Recomendado: 20 coisas que os turistas fazem e todos os lisboetas devem experimentar

Escape Rooms em Lisboa. Acha que consegue sair daqui?

Coisas para fazer

Lx Escape

icon-location-pin Alcântara

São 60 minutos a reunir pistas e resolver charadas. Neste Escape Room, ou jogo de fuga, o destaque vai para a temática burlesca. Junte um grupo de amigos, ou faça uma sugestão de team building na sua empresa, e aceite o desafio.

Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Game Over

icon-location-pin Bairro Alto

Depois de Itália, Finlândia, Grécia e Reino Unido as escape rooms do Game Over aterraram em Lisboa. Aqui erguem-se três salas de fuga com cenários de fundo dos filmes Saw, Templo Proibido de Montezuma e Top Secret. Adrenalina é a palavra de ordem para quem aceita o desafio de escapar a estas salas sem que o tempo se esgote, sendo que cada sessão dura 60 minutos. Este escape room está desenhada para grupos de duas até seis pessoas, tendo também programas especiais para receber team buildings ou festas de aniversário. Reúna os amigos, foque-se nas pistas, tente resolver a charada e raspe-se dos quartos mais stressantes da cidade.

Publicidade
Safarka Escape Room
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Safarka Escape Room

icon-location-pin Campo de Ourique

Entrar num quarto de propósito só para fugir dele. O conceito de escape room não deixa Lisboa fugir e este mete mais gente ao barulho. Chama-se Safarka Escape Room e aterrou em Campo de Ourique. E é bem capaz de ser o jogo de fuga mais realista desta banda: para já é o único de Lisboa com direito a actores profissionais durante todo o enredo. A história começa em Campo de Ourique, mas a proposta é que viaje até às profundezas do planeta Terra para uma viagem (ou safarka na língua somali) que tem como ponto de partida a descoberta de uma pirâmide no subsolo da Somália, no longínquo ano de... 1990.

puzzle room
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Puzzle Room

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Ficar fechado numa casa cheia de surpresas. É este o plano no Puzzle Room, um escape room concebido para grupos de duas a sete pessoas. Já sabe que terá que resolver quebra-cabeças e apelar à sua enormíssima capacidade intelectual para superar todos os desafios (e fazer um brilharete). Acrescente-se que o pano de fundo é sempre a história de Lisboa e os seus múltiplos encantos, que podem ser desvendados em sete puzzles diferentes.

Publicidade
escape the room
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Escape The Room

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Escape The Room é sinónimo de "live escape game". Está desenhado para grupos (até seis ou dez pessoas, consoante o desafio), à semelhança dos demais. Mais uma vez, tem 60 minutos para se tentar raspar do quarto em que está preso. Pode escolher entre três desafios. O  “O Vírus Hoffan” é bom para iniciantes. Depois, tem o jogo "Drácula" e "O Serial Killer" (o único para grupos até dez pessoas) para craques do pensamento criativo e lógico.

escape hunt lisboa
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Escape Hunt Lisboa

icon-location-pin Baixa Pombalina

O Mistério de Pessoa, o Terramoto de 1755 ou a Introdução a uma Sociedade Secreta prometem animar as hostes — e fazê-las suar, se disso for caso. O The Escape Hunt gaba-se de ser a atracção número um no ranking do TripAdvisor em diferentes cidades. Na sucursal alfacinha, apresenta seis salas divididas por aqueles três temas. Estão abertos 365 dias por ano, sete dias por semana, formando grupos de dois a cinco jogadores. Se não tiver nada melhor para fazer no Dia de Natal, já sabe.

Publicidade
mission to escape
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Mission To Escape

icon-location-pin Lisboa

Se anda à procura dos jogos do Mystery Escape Game, pare a busca. A casa mudou de nome, tem novas missões, mas mantém o espírito e a equipa. Os desafios agora são seis com temáticas tão distintas como Prison Escape, Templar’s Codex, Ocean’s 5 — The Robbery, The White House, O Sarcófago e Esconderijo de Escobar, estes dois últimos jogos no pólo de Benfica (na Rua Doutor Joaquim Manso, 12A). 

Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Lisbon Escape Game

icon-location-pin Santa Maria Maior

A Lisboa dos anos 40 e da fervilhante e sedutora actividade dos espiões é o pano de fundo no Lisbon Escape Game. "O mais brilhante de todos os espiões foi… Jack Barbosa... que desapareceu misteriosamente…" Segundo jogo? A Amante do Espião (isso, de Jack Barbosa), um jogo na Lisboa dos anos 60, onde Portugal estava a viver mergulhado num regime autoritário, governado com “mão de ferro”. Procure-os perto da Casa dos Bicos.  

Publicidade
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Escape Rossio

icon-location-pin Santa Maria Maior

"No que foram outrora os aposentos de um antigo mosteiro dominicano em pleno Rossio, pode estar escondido o maior segredo de todos os tempos". Preparado para o Escape Rossio e para uma trama oculta que envolve os Illuminati? O projecto é o resultado do trabalho de uma associação de produtores de jogos de realidade alternativa e entusiastas desta temática. Junta-se uma boa dose cénica e interactiva.

Arme-se em turista em Lisboa

Tejo Dreams
©DR
Coisas para fazer

Os melhores passeios de barco no rio Tejo

Podem meter copos e sushi, podem incluir DJs ou ser mais silenciosos, para observar passarinhos. Podem ser do género turístico, radical, romântico ou familiar. Podem ser quase tudo o que imaginar. Atire-se connosco ao rio e fique a conhecer os melhores passeios de barco no Tejo. 

Publicidade
white afrodisiac telephone dali
©Jose Manuel Costa Alves/Berardo
Museus

Museus em Lisboa: as obras de arte que tem mesmo de ver

Conhece as propriedas do pó de múmia? E o nome da imagem do arcanjo que seguiu nas naus portuguesas em jeito de protecção? Não imagina as histórias que guardam os museus em Lisboa, com peças para todos os gostos. É obrigatório conhecer estas obras de arte.  + Museus em Lisboa: 20 que tem mesmo de visitar

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com