Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Festas e jantaradas. Uma lista de salas para alugar

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

voz do operário
©Nuno Agostinho Voz do Operário

Festas e jantaradas. Uma lista de salas para alugar

Bairro a bairro, reunimos os melhores espaços para festas e jantares de grupo, muitas vezes a preço bem simpático

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Está farto de ir jantar sempre aos mesmos sítios, mas não tem espaço suficiente em casa para juntar a família toda ou os amigos, que já não conta pelos dedos das mãos? Não há problema. Nem sequer precisa de ter ideias originais na calha, porque esta lista de sítios castiços muitas vezes a preço acessível serve mesmo para não ter de pensar mais. Depois de um périplo por antiquíssimas colectividades alfacinhas (e um cowork num edifício histórico) encontrámos dos melhores espaços para alugar. Para quê? É consigo, mas tanto dão para um jantar ou uma festa como para as reuniões do seu futuro clube de leitura. 

Recomendado:  Como fazer amigos em Lisboa

Espaços para festas e jantares de grupos

lusitano clube
lusitano clube
Fotografia: Duarte Drago

Lusitano Clube

Coisas para fazer Alfama

Nesta que é a segunda casa da histórica colectividade de Alfama (que viveu 111 anos na Rua São João da Praça) mantém-se o espírito de sempre e as memórias não ficaram esquecidas. São contadas nas mesas-museu feitas à medida com fotografias e notícias antigas do clube ou num armário com preciosidades como uma máquina automática de bingo ou um antigo projector de filmes. Um espaço que embora seja mais pequeno continua aberto à comunidade e com uma sala (com sistema de som e projeção) ao dispor para festas de aniversário (crianças e adultos, não se acanhe), workshops, entre outros eventos. Entre em contacto com o clube para saber mais pormenores.

Lisbon Workhub
Lisbon Workhub
Fotografia: Ana Luzia

Lisbon Workhub

Atracções Marvila

Com tantos coworks a nascer que nem cogumelos na cidade, está na altura de aproveitar, mesmo que não seja bom a empreender. Este cowork tem a vantagem de morar nosantigos e míticos armazéns de vinho Abel Pereira da Fonseca, no Poço do Bispo, e inclui uma salas para eventos. Neste caso o preço está sempre sob consulta, mas o Lisbon Workhub diz que o espaço está disponível "para grandes reuniões, lançamentos, workshops ou o que quiseres".

Publicidade
A Voz do Operário
A Voz do Operário
©DR

A Voz do Operário

Coisas para fazer São Vicente 

É essencialmente uma escola, mas começou por ser um jornal dos trabalhadores da indústria tabaqueira, que ainda hoje existe com um âmbito mais alargado. O palco do salão da casa recebe eventos musicais e de dança e consta que o soalho deste salão é o melhor da cidade para se dançar o tango. Entre os espaços para aluguer, encontra-se o tal salão de festas e um espaço exterior, ambos com capacidade para mil pessoas; um espaço multiusos e um espaço arraial, com capacidade para 300 pessoas; para além de salas de aulas, um ginásio e um auditório. Os preços não estão tabulados, mas garantimos que vale qualquer que seja o investimento.

Sociedade Musical Ordem e Progresso

Coisas para fazer Grande Lisboa

Saudosos bailaricos domingueiros ou de Carnaval onde os corpos dançavam e os pares se formavam. As cores do emblema atestam as origens da associação, fundada por brasileiros no final do século XIX, e que em dias de festa rija justificava as longas filas à porta da Rua do Conde. Quem se demore hoje à porta do 77 não imagina a sala de espectáculos que o espera no primeiro andar, com o seu balcão elevado, de onde já se avistou um concerto dos Xutos&Pontapés, nem as placas evocativas da passagem dos Parodiantes de Lisboa, ou das actrizes Eva Todor e Luisa Satanela, a italiana que chegou do outro lado do Atlântico para incendiar a Lisboa do começo do século XX. Poderá jantar na sala, que também já levou mais de 100 pessoas num jantar de campanha de Assunção Cristas. O preço não está tabelado, mas basta enviar proposta a pedir orçamento.

Publicidade
Clube Atlético de Campo de Ourique
Clube Atlético de Campo de Ourique
Clube Atlético de Campo de Ourique

Clube Atlético de Campo de Ourique

Coisas para fazer Oeiras

Almoços e jantares não são o menu mais recorrente no histórico Clube Atlético de Campo de Ourique, mas se apresentar o pedido à direcção pode ser que a coisa se componha. De qualquer forma, a sugestão para reunir os amigos é outra. O Pavilhão - Campo de jogos está disponível para clubes, associações, empresas ou clientes particulares que o queiram alugar, basta entrar em contacto para ca_co@sapo.pt ou 21 388 2804.

 

Sociedade Guilherme Cossoul
Sociedade Guilherme Cossoul
©DR

Sociedade Guilherme Cossoul

Coisas para fazer Centros culturais Chiado/Cais do Sodré

Num novo espaço, continuam a ceder-se salas, embora pequenas, para workshops ou formações, por exemplo. Os pedidos costumam ser dentro do âmbito artístico e cultural, mas os valores variam (ressalve-se que um pequeno grupo para filmagens paga menos que uma grande produtora). Se quiser inaugurar finalmente o seu próprio clube de leitura, esta é uma solução perfeita, onde pode juntar amigos e conhecer os amigos dos amigos, enquanto partilha o seu amor pela leitura. 

Publicidade

Carnide Clube

Coisas para fazer Carnide/Colégio Militar

As jogatanas de cartas, ao sabor da sueca ou da rami, são um dos pratos fortes de qualquer colectividade que se preze, para não falar dos festejos em tempo de Santos Populares. Mas olhe que há muito mais a aproveitar no Carnide Clube. O ginásio dá para reunir até 50 amigos num jantar.

Todos juntos

Rio Maravilha
Fotografia: Arlindo Camacho

Os melhores sítios para jantares de grupo em Lisboa

Restaurantes

Dos aniversários aos jantares de curso, dos convívios da empresa aos grupos de WhatsApp que se vão acumulando, não faltam pretextos para um jantar de grupo. Se por outro lado lhe faltam ideias, nada tema: juntámos menus de grupo pré-feitos a outros que têm de ser combinados com o restaurante e ainda pensámos em restaurantes que têm bons espaços para enfileirar mesas e juntar toda a gente. Dos que gostam de comida asiática aos que só comem a da avó, para grupos grandes ou pequenos, há de tudo e para todos. Se a ocasião se presta aos mais íntimos damos-lhe soluções até 10 pessoas; se é mais ao estilo copo d'água, há sítios com lugar para 300 pessoas nos melhores restaurantes para jantares de grupo em Lisboa.

Restaurante, Solar dos Presuntos, Sala
©Manuel Manso

Os melhores restaurantes para ir em família em Lisboa

Restaurantes

Qualquer altura é boa para reunir os primos, tios, avós, sobrinhos ou enteados à volta de uma mesa. Ainda mais quando a reunião se faz de pretexto para uma boa jantarada – ou almoçarada. Leve os seus familiares para debaixo de um tecto onde eles não possam sacar do álbum de fotos e vasculhar passados de que não se quer lembrar e não deixe que as típicas discussões políticas provoquem indigestões. Poupamos-lhe trabalho e escolhemos alguns dos melhores restaurantes em Lisboa para juntar a família toda e fortaleça os laços à volta da mesa.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade