Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Guia para o Carnaval de Torres Vedras
carnaval de torres vedras
©CM Torres Vedras

Guia para o Carnaval de Torres Vedras

A vida são dois dias e o Carnaval são cinco. Este é o “mais português de Portugal” e a festa mais rija à beira de Lisboa.

Por Luís Leal Miranda e Raquel Dias da Silva
Publicidade

O Carnaval de Torres Verdes é uma das festividades que ainda se mantém fiel às tradições da comemoração do entrudo em Portugal. Mas a festa é tão rija que pode parecer impenetrável. Felizmente temos um filho da terra para lhe dar umas sólidas dicas para que se dilua facilmente na efervescência carnavaleira. Depois da Real Embaixada Verde do Carnaval de Torres Vedras ter descido até Lisboacom um carro alegórico construído com materiais reciclados, para desfilar pelo meio-ambiente, é a sua vez de subir até Torres Vedras, mas pode desfilar pelas razões que bem entender. Desde que prometa desfilar à séria. Para cumprir a promessa, espreite primeiro este Guia para o Carnaval de Torres Vedras.

Recomendado: Três sítios para beber um copo em Torres Vedras

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Guia para o Carnaval de Torres Vedras

1

Por que é que é o "mais português de Portugal"?

Porque não tem escolas de samba nem convida celebridades das novelas para atrair multidões. Há carros alegóricos, cabeçudos, matrafonas, mascarados, imaginação e improviso. E um humor muito próprio, onde a crítica social se mistura com piadas de algibeira. Aliás, os dentistas de Torres Vedras têm muito trabalho por esta altura do ano a restituir os sorrisos das pessoas que perderam um dentinho com a piada.

2

Em que dia é o Carnaval?

A vida são dois dias, o Carnaval são três. Em Torres Vedras são mais – os dias de Carnaval, não os de vida. Em bom rigor, o Carnaval já começou: de há três semanas para cá que há “Assaltos” ao fim-de-semana. Estes assaltos são festas de Carnaval fora de tempo para as pessoas que não conseguem esperar. Respondendo à pergunta: o Carnaval de Torres começa nesta sexta-feira com o corso infantil e dura até quarta-feira, com o Enterro do Entrudo. Mas as noites de festa rija vão de sexta, 21 de Fevereiro, a quarta-feira, 26 de Fevereiro.

Publicidade
3

Devo ir mascarado?

Obviamente. E é mascarado a sério, não é levar uma peruca ou um chapéu e dizer “pronto, já está”. Também não valem chicoespertices do tipo, “polícia à paisana”, “estou mascarado à civil” ou “sou o homem invisível depois de tomar um soro de visibilidade”. Nós já conhecemos essas manhas todas. Não tem de ficar irreconhecível nem tem de caprichar no traje – isto não é Veneza, por muito que chova – mas tem de se livrar de um pedaço da espessa camada de autoconsciência com que se cobre todos os dias.

4

Existe um tema. Devo segui-lo?

O tema deste ano é Magia e Fantasia porque, enfim, é difícil não gostar de pozinhos de perlimpimpim, unicórnios e coelhos fofinhos a sair de cartolas. Se quiser aderir ao tema pode fazê-lo, mas estas coisas funcionam mais como uma inspiração para o corso, carros alegóricos e máscaras de grupo, do que como decreto. Seja como for, temos sugestões de última hora: Joker (a carta), Rainha de Copas, Unicórnio, Coelho, etc. Você percebeu a ideia.

Publicidade
5

Vou levar com balões de água nos costados?

 Durante o dia, talvez. À noite é muito pouco provável.

6

Como chego aí? Torres Vedras é lá para o Norte, não é?

Torres Vedras fica a pouco mais de 50 quilómetros de Lisboa, uma viagem que se faz mais coisa menos coisa em 40 minutos pela A8 (saída 8, Torres Vedras Sul). A portagem custa mais de 2€ e sim, é uma das razões pelas quais esta ainda não é uma cidade-dormitório de Lisboa. Durante o Carnaval o centro está fechado ao trânsito durante várias horas e é sempre difícil estacionar. Recomendamos os parques à volta da cidade – estão bem assinalados. Quem quiser ir de autocarro pode apanhar a “Directa” do Barraqueiro Oeste que sai do Campo Grande. Tome nota: a primeira a fazer o percurso Torres-Lisboa sai às 06.15. A tabela de preços pode ser consultada online.

Publicidade
7

Onde posso ficar a dormir?

É muito má ideia conduzir depois de uma noitada de Carnaval. Não devíamos ter de explicar porquê, mas os cabeças duras costumam ser demovidos com esta frase: brigadas de trânsito nas rotundas. Por isso o melhor é ficar na casa de um amigo. Se não tem amigos, faça amigos. Se não consegue fazer amigos tente reservar um quarto nestes sítios bem centrais: Stay Hotel (261 314 232), Arcos Hotel e Residencial Moderna.

8

Onde comer para me manter vivo?

O Carnaval de Torres não é propriamente um evento para foodies. O brunch possível está na Casa das Sandes de Cozido e é isso mesmo: uma sandes de cozido à portuguesa, um dos grandes contributos de Torres Vedras para a gastronomia nacional. Pode soar a javardice agora, mas vai ser música para os seus ouvidos às sete da manhã – hora a que abre este mini-restaurante situado no Mercado Municipal. Quem procura uma cervejaria a sério, com um mítico frango assado, pode ir ao O Gordo (é esse mesmo o nome do restaurante). E para jantares de grupo recomenda-se o El Manadas, carinhosamente apelidado de “Manadinhas”, restaurante de temática taurina.

Guia para o Carnaval em Lisboa

Colombina Clandestina
Colombina Clandestina

Siga estes desfiles de Carnaval em Lisboa

Coisas para fazer Caminhadas e passeios

É verdade que o nosso Carnaval fica um pouco aquém das históricas e pujantes celebrações de Torres Vedras (nossos ricos vizinhos) – e nem vamos falar do que acontece todos os anos no Rio de Janeiro. Mas em Lisboa ainda há foliões suficientes. Agora, vista a sua melhor ou pior roupa para assinalar a efeméride e junte-se a estes desfiles de Carnaval em Lisboa.

Miss suzie
©Nico Guedes

As melhores festas de Carnaval em Lisboa

Noite

Já lá vão os tempos da tradição centenária das cegadas, do desfile de carros alegóricos na Avenida da Liberdade, da personagem Xé-Xé e das Danças da Luta, das Espadas e dos Machetins. Ainda assim, o Carnaval na cidade vai de vento em popa e não há falta de eventos, de sábado a terça-feira. É que, se a vida são dois dias, o Carnaval são três noites (às vezes mais).

Publicidade

Actividades de Carnaval para crianças em Lisboa

Miúdos

O Carnaval é para todos e as férias até podem ser curtinhas, mas bem sabemos como às vezes é difícil encontrar actividades para os miúdos se entreterem. Nada tema. Para não ter de resolver o problema sozinho, fomos à procura das melhores oficinas e workshops para pequenos foliões. Espreite estas actividades de Carnaval para crianças e Lisboa. Depois de tirar os nabos da púcara, é só escolher e fazer a inscrição.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade