Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O melhor das Festas de Lisboa 2019

O melhor das Festas de Lisboa 2019

Sardinhas e grelhadores em brasa, e muita música boa, do fado ao jazz. Venha daí e junte-se às Festas de Lisboa 2019

ARRAIAL VOZ DO OPERÁRIO
Fotografia: Manuel Manso
Por Francisca Dias Real e Raquel Dias da Silva |
Publicidade

Desocupe a sua agenda porque vai precisar de espaço (e de muita energia) para o que se segue. Junho é provavelmente o mês em que os lisboetas menos dormem (ai arraiais, arraiais) mas é também o mês em que as olheiras são melhor toleradas no local trabalho, portanto comece por descontrair e siga os nossos conselhos até ao fim.

As Festas de Lisboa arrancaram oficialmente a 1 de Junho e só nos vão deixar descansar lá para o final do mês, com um belo de um concerto de despedida a cargo de Manuela Azevedo, Ana Bacalhau, Conan Osiris, Lena D'Água, Paulo Bragança e Selma Uamusse, num tributo a António Variações. O Lu.Ca, o teatro municipal totalmente dedicado à criançada, fez um ano, o São Luiz faz 125, e pelo meio há bandas filarmónicas, exposições, uma trezena ao santo casamenteiro, fado do bom no Castelo e coros a soar pela cidade. Isto tudo a acompanhar os arraiais infinitos e as marchas populares.  

Recomendado: Guia essencial dos Santos Populares 2019

Festas de Lisboa 2019

1
arraial da renovar a mouraria
©Carla Rosado
Coisas para fazer

Santos Populares 2019: arraiais em Lisboa

A curtir todos os santos ajudam, mas nenhum ajuda tanto quanto o Santo António. Durante o mês de Junho (e ainda com alguns resquícios em Julho), o santo mais popular de Lisboa transforma a cidade num imenso arraial enquanto assiste, deliciado, ao sacrifício de milhares de sardinhas. Os grelhadores estão a aquecer, as cervejas estão a arrefecer e nós adoramos viver todos os dias em festa. Mas queremos que nos faça companhia. Por isso dizemos-lhe tudo o que precisa de saber para aproveitar o melhor das festas mais bonitas da cidade mais linda. Bem populares ou alternativos, a escolha é sua. Mas não perca de vista esta lista dos arraiais em Lisboa – o mais provável é que esteja em constante actualização. 

2
Lisbon Under Stars
©OCubo
Coisas para fazer

Lisbon Under Stars

icon-location-pin Museu Arqueológico do Carmo, Chiado
icon-calendar

Lisbon Under Stars é o nome do espectáculo imersivo que se vai instalar nas ruínas da Igreja do Carmo. Criado pelo ateliê OCUBO, em parceria com o Museu Arqueológico do Carmo, o espectáculo de projecção multimédia alia-se à música e dança para mais de um mês de diversão nocturna. O Lisbon Under Stars acontece de segunda a sábado em duas sessões – uma às 21.30 e outra às 22.45 – e transforma as ruínas do Carmo num máquina do tempo que vai transportar o público numa viagem por mais de 600 anos de história da cidade.

Publicidade
3
CineConchas 2014
©Marco Almeida
Filmes

CineConchas

icon-location-pin Quinta das Conchas, Lumiar
icon-calendar

Na Quinta das Conchas, um dos maiores jardins da cidade, as noites quentes de Verão, de quinta a sábado, têm vista para as estrelas e para o ecrã. O CineConchas já tem datas marcadas para a sua 12.ª edição: de 27 a 29 de Junho e de 4 a 13 de Julho. Vão ser três semanas mágicas de cinema ao ar livre, todas as noites a partir das 21.45. O programa, integrado nas Festas de Lisboa, é vasto e para todas as idades, pronto a servir qualquer freguês. Pode assistir a filmes como A Revolução Silecionsa ou Green Book – Um Guia Para a Vida, sem esquecer os filmes dedicados aos miúdos, como Força Ralph: Ralph vs Internet ou Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto.

4
out jazz
Cortesia Out Jazz
Coisas para fazer

Somersby Out Jazz

icon-location-pin Vários locais
icon-calendar

O Somersby Out Jazz está de volta e nesta 13.ª edição traz novidades: há dois jardins que entram na corrida ao melhor lugar deitado na relva, o Parque da Bela Vista (Setembro) e a Ribeira das Naus (Agosto). Até Setembro é assim que pode aproveitar os domingos, sem ter de pagar nada. Os estreantes juntam-se assim à Torre de Belém (Maio), Jardins do Campo Grande (Junho) e Jadim da Estrela (Julho), para acolher as longas tardes de jazz, soul, funk e hip-hop.  Este ano, a organização preparou talks especiais que acontecem um domingo por mês sobre temas que incidem na sustentabilidade e música, com Fernando Alvim a moderar as conversas. As iniciativas vão sendo anunciadas nas redes sociais do Out Jazz. O festival volta a aliar-se ao Movimento Claro para promover comportamentos mais sustentáveis – não haverá palhinhas e os copos são reutilizáveis, podendo ser adquiridos em cada jardim por 1€. Tome nota: todos os domingos até Setembro a partir das 17.00 e sempre de entrada livre.

Publicidade
5
Conan Osiris
©Daniel Mota
Coisas para fazer

António & Variações

icon-location-pin Torre de Belém, Belém
icon-calendar

A festa de encerramento faz-se nos Jardins da Torre de Belém numa celebração da vida e obra de António Variações. Manuela Azevedo, Ana Bacalhau, Conan Osiris, Lena D'Água, Paulo Bragança e Selma Uamusse emprestam as suas vozes às músicas de Variações em arranjos inéditos com instrumentação sinfónica. Imagine, portanto, a Canção de Engate ao som de oboés ou O Corpo é que Paga com violinos e trompas.

Mais festa

sardinhas
DR
Restaurantes

Onde comer sardinha assada em Lisboa

Cheiro a Lisboa é cheiro a sardinha assada. E não só quando faz frio, como diz a marcha popular – é especialmente, aliás, quando faz já algum calor. Chegado Junho já se instalou a necessidade de deitar a sardinha na brasa e logo depois no pão, deixá-la escorrer tudo o que pode, tirar a pele com a ponta dos dedos e limpar-lhe a espinha. Isto enquanto se ouve música pimba de qualidade e se põem manjericos ao luar. 

Pomar de Alvalade - Caracois
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cervejarias

Os melhores sítios para comer caracóis em Lisboa

A época do petisco rastejante começa oficialmente em Maio, o primeiro mês sem R – dizem os especialistas que, apesar de não ser regra absoluta, é nestes meses mais quentes e solarengos que o caracol é melhor, porque com o chuva o bicho começa a meter-se dentro da terra. 

More to explore

Publicidade