Arraial Voz do Operário
©Manuel MansoArraial Voz do Operário

Sardinha assada e bailarico. Estes são os melhores arraiais em Lisboa

A curtir todos os santos ajudam, mas nenhum ajuda tanto quanto o Santo António. Oriente-se com a nossa lista de arraiais em Lisboa.

Publicidade

A espera acabou. Com Junho ao virar da esquina, os grelhadores voltam a aquecer, as cervejas a arrefecer e os cantores populares a afinar a voz. Tudo mérito do Santo António, o santo mais popular de Lisboa, que todos juntos evocamos para transformar a cidade num imenso arraial enquanto assistimos, deliciados, ao sacrifício de milhares de sardinhas. Arraiais populares ou alternativos, a escolha é só sua, há gostos para tudo e ninguém julga ninguém. Mas não perca de vista esta lista dos melhores arraiais em Lisboa. Atenção, o mais provável é que esteja em constante actualização. É ficar atento.

Recomendado: Os Dez Mandamentos da Sardinha

Arraiais em Lisboa

  • Coisas para fazer
  • Chiado/Cais do Sodré

Escassos metros separam os dois arraiais deste típico bairro lisboeta e digamos que ambos partilham uma mesma característica: o declive acentuado das ruas da Bica. Ainda assim, a inclinação não afasta os foliões. No Largo de Santo Antoninho, onde a festa é organizada pela associação Cardinal Boémio, e na Calçada da Bica Grande, domínio do Marítimo Lisboa Clube, a festa está garantida e vai até mais tarde do que noutros arraiais ali à volta. É aproveitar enquanto dura.

  • Coisas para fazer
  • Alcântara

Estamos em Junho e, como manda a tradição, todas as colectividades lisboetas dão tudo para enaltecer a vida e as cores dos seus bairros. Em Alcântara não é diferente, pelo menos no que depender da Academia de Santo Amaro, que durante um mês monta o palco ali no número 9 da Rua da Academia Recreativa de Santo Amaro. Conte com noites de música ao vivo e, claro, petiscos e refresco a rodos.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Chiado/Cais do Sodré

De 1 a 30 de Junho, o Arraial da Misericórdia volta a tomar conta do Miradouro de São Pedro de Alcântara. Além das barraquinhas de comes e bebes, o cartaz de concertos volta a ser de luxo. Ora tome nota: Fernando Correia Marques – "Burrito" e "Carocha", lembra-se? (1); Ágata (7); Micaela (8); Quim Barreiros (9); Toy (12); Mónica Sintra (13); Clemente (22), entre muitos outros. Os cabeças de cartaz actuam quase sempre às 22.00, à excepção de dia 13 de Junho, que o concerto está marcado para as 21.00. Não vão faltar os pratos típicos dos santos populares, com sardinhas assadas, bifanas, petiscos e farturas. No dia 12 de Junho, o arraial decorre até às 04.00.

  • Coisas para fazer
  • Lisboa

É um dos arraiais mais concorridos da cidade e não é para menos, afinal falamos de um dos bairros típicos de Lisboa, onde o ambiente é do mais próximo que há da verdadeira tradição de Santo António. Durante o mês de Junho, o Arraial da Mouraria ocupa algumas das principais praças e ruas do bairro – Largo da Severa, Rua da Guia, Rua Marquês Ponde de Lima, Rua da Mouraria e Rua do Capelão. Basta seguir a música e o cheiro a sardinha. Não há que enganar.

Publicidade
  • Coisas para fazer

A partir de 27 de Maio, o arraial da Praça da Alegria dá início às festas populares. Até 16 de Junho, todos os dias, entre as 12.00 e as 22.00 (até à meia-noite às sextas e sábados), pode contar com muita música, bebidas e petiscos. Às sextas, sábados e vésperas de feriado, conte também com música ao vivo.

  • Coisas para fazer
  • São Vicente 

O convívio e os comes e bebes são o forte deste arraial, escondidinho no espaço exterior da Voz do Operário, na Graça. No total, são 12 dias de festa, a começar no dia 10, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, e a terminar no dia 29 de Junho.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Carnide/Colégio Militar

Se prefere fugir ao alvoroço do centro da cidade, então o Arraial de Carnide é o oásis que procura. Ideal para famílias, o Largo do Coreto serve de cenário àquela que é uma das festas mais bairristas que têm lugar fora das principais zonas históricas lisboetas. Conte com música ao vivo, sardinhas, bifanas e tudo o que o Santo António não dispensa.

  • Coisas para fazer
  • Lisboa

É um dos portos seguros dos Santos Populares em Lisboa, mas também um dos mais concorridos. Não é por acaso que encontrar uma mesa – quando não reservada com relativa antecedência – é quase sempre um filme. O Arraial de Santa Catarina está aí para mais uma voltinha, animação de baile garantida, comes e bebes e porta aberta de quinta a domingo, feriados e vésperas de feriado.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Alfama

Chama-se Largo de São Miguel, mas quem acha que é possível andar em Alfama na noite de Santo António marca encontro no Largo da Palmeira, um dos pólos centrais da Associação Recreativa Amigos de São Miguel. Está bom de ver que o arraial em questão é um dos mais concorridos de Alfama. Se não gosta de confusões, escolha uma outra noite de Junho para passar pelo coração de Lisboa.

  • Coisas para fazer
  • Encarnação

Não queremos que Lisboa seja francesa mas um bocadinho de anglicismo não lhe fará mal. Tenha calma que falamos do Arraial do Ingleses Futebol Clube, bem português, aliás, e alfacinha de gema. Até ao final do mês, conte com animação musical, comes e bebes, entre as 19.00 e a uma da manhã, nos Olivais.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Estrela/Lapa/Santos
Arraial dos Combatentes
Arraial dos Combatentes

Organizado pelo Grupo Dramático e Escolar Os Combatentes, é perfeito para trazer os miúdos (há insufláveis e matraquilhos) e reservar mesa (tel. 965 171 764; no total são 150 lugares sentados), o que é óptimo para quem aprecia algumas sopas e descanso no meio de tanta folia – além de bifanas, sardinha assada e caldo verde, o menu também inclui opções vegetarianas e vegan e iguarias dignas de Feira Popular, das farturas ao algodão-doce. Depois, conte com muita música ao vivo, claro. Este ano, o destaque vai para o popular Quim Barreiros, no dia 7. Mas, se não for muito o seu género, conte também com uma noite inédita nos arraiais dos Combatentes, dedicada aos grandes sucessos das décadas de 80 e 90, com Nuno Santos, no dia 15. A entrada é gratuita.

  • Coisas para fazer
  • Eventos noturnos
  • Grande Lisboa

É um mês inteiro de festa popular no Alto do Pina. Aqui, a marcha do bairro é mesmo o grande motivo de orgulho. Logo a seguir, vem o arraial que acontece na Rua 4 de Agosto. Há petiscos, refrescos e música popular.

Publicidade
  • Coisas para fazer

Os jardins do Campo Pequeno recebem mais uma vez o Grande Arraial das Avenidas Novas. Uma festa rija com arranque marcado para o dia 7 de Junho, com Jorge Guerreiro a inaugurar o cartaz. Seguem-se outros nomes da música ligeira em português: Léo & Leandro (8), Rosinha (10), Iran Costa (11), Avô Cantigas (13), Miguel Araújo (14), À Variações (15), Toy (19), Akuna Matata (20), Kássio (21) e Irmãos Verdades (22). A entrada é livre.

Já a noite de 12 de Junho, fica por conta de Deejay Kamala, o curador de serviço. A festa, sob o mote "Santos sem Cerimónias", vai percorrer vários estilos musicais, a partir das 17.00 e até às quatro da manhã. A abertura fica a cargo do DJ Ricardo Mello. Segue-se o Bailarico Deja Vu, com DJ Gonçalo Ferro e MC Luís Marvão. André Henriques e Gonçalo Roque trazem o momento I Love Baile Santos. Miguel Bravo devolve a música típica de arraial à multidão em festa. Deejay Kamala sobe ao palco em seguinte, acompanhado de NBC. Ruth Marlene (que nessa noite estará também em Campolide) alinha numa batalha com os Fúria do Açúcar. A noite fecha ao som de Blaya.

 

  • Coisas para fazer
  • Lisboa

Nem só do Grande Arraial de Benfica vive esta freguesia. Ao todo, as festas populares estão espalhadas por 14 bairros e lugares, onde o baile e a sardinhada prometem animar o mês de Junho. Destaque o arraial no Bairro do Charquinho, que acontece de 7 a 10 e ainda a 12 de Junho. No Bairro da Boavista, a festa de Santo António arranca ao mesmo tempo, mas estende-se aos dias 13, 14 e 15 de Junho. O Grupo Desportivo do Calhariz de Benfica faz a festa de 11 a 13. No Calhariz de Benfica há ainda outra celebração popular, marcada para 14 e 15 de Junho.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

Em São Domingos de Benfica, a festa não é num único sítio. Ao longo do mês, os arraiais convidam a uma espécie de gincana de Santo António. Posam na Praça General Vicente de Freitas (10,13, 12), no Jardim Alice Cruz (9-15), no Bairro Dona Leonor (1, 7, 8, 10, 13, 14, 15, 21, 22, 28 e 29), Bairro das Furnas (13-16), na Paróquia de São Tomás de Aquino (21-22), no Agrupamento 380 Calhariz de Benfica (8, 9, 12), Palhavã/Columbano (7-10, 12), no Palmense (29) e n’Os Torpedos (15). É à escolha do freguês.

Outros programas para Junho

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade