Os melhores restaurantes de peixe em Lisboa

Experimentámos novos pratos, perguntámos a especialistas e apresentamos-lhe aqui os melhores restaurantes de peixe em Lisboa
Imperador ao sal
Fotografia: Manuel Manso Imperador ao sal
Por Luís Leal Miranda, Vera Moura e Inês Garcia |
Publicidade

Se já deu por si no Oceanário a olhar para um tanque e a pensar “este aqui ia bem com umas batatinhas cozidas”, então se calhar está na altura de marcar mesa num restaurante de peixe. A Time Out juntou-se ao cardume dos piscívoros e diz-lhe quais são os melhores restaurantes de peixe em Lisboa. Garantimos que é fixe.

Os melhores restaurantes de peixe em Lisboa

prato do restaurante pesca
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Haute cuisine

Pesca

icon-location-pin Princípe Real

A NOSSA ESCOLHA: Salmonete com ovo a baixa a temperatura, migas de pão, puré de alcachofra, favas e tomatada (39€)

O Pesca era um dos restaurantes mais aguardados de 2017 e abriu finalmente portas no início de Outubro, no Príncipe Real. O foco é o mar: há pratos com lulas, vieiras, atum-rabilho, ostras, polvo, bacalhau, corvina, peixe-espada, pregado ou salmonete. "É um restaurante de mar, com um registo mais autoral e uma das palavras chave é a sustentabilidade", resume o chef Diogo Noronha. À entrada há um bar comandado pelo barman Fernão Gonçalves que funciona de forma mais ou menos autónoma do restaurante - está aberto todo o dia, enquanto a cozinha fecha entre o almoço e o jantar. Tem 10 cocktails de autor e um bar de ostras.

Rua da Escola Politécnica, 27 (Príncipe Real).

Restaurante Azenhas do Mar
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Azenhas do Mar

icon-location-pin Sintra
A NOSSA ESCOLHA: PREGADO (60€/KG)
Tem pratos com nomes finos como cataplana de lavagante com amêijoa e gambas. Tem pratos com nomes estrangeiros como risotto de espargos verdes e gambas. E depois tem peixe, peixe tão fresco que basta comê-lo grelhado, com sal, para sair feliz. Além de pregado, que também é servido ao sal, frito ou cozido, há corvina, salmonete ou cherne para degustar suspenso sobre a praia e a piscina das Azenhas do Mar. 

Azenhas do Mar, Colares. 21 928 0739. Seg-Dom 12.30-22.00
A Time Out diz
Publicidade
Último Porto
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Último Porto

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos
A NOSSA ESCOLHA: DOURADA GRELHADA NO CARVÃO (11€)
Uma das grelhas mais respeitadas de Lisboa fica mesmo em cima do rio, na Estação Marítima da Rocha do Conde de Óbidos. Se fecharmos os olhos e nos concentrarmos nos cheiros e sons, viajamos para uma esplanada junto ao mar e fazemos umas férias de dez segundos na nossa mente. No Último Porto tudo o que vai para a grelha é fresco e tratado com mestria por Ceuzinha, uma das pessoas que queremos ver condecorada com a Grande Ordem da Grelha de Ouro.

Estação Marítima da Rocha do Conde de Óbidos (Santos). 21 397 9498. Seg-Sáb 08.00-17.00.
A Time Out diz
Adega das Gravatas
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Adega das Gravatas

icon-location-pin Carnide/Colégio Militar
A NOSSA ESCOLHA: DOURADA ESCALADA PARA DUAS PESSOAS (24,95€)
Longe vão os tempos da loucura do naco na pedra em Carnide, mas a Adega das Gravatas continua a servir esta especialidade do “faça você mesmo” para carnívoros. No menu há também muitos e bons grelhados, como os rechonchudos robalos, o cantaril para 2/3 pessoas e as elegantes douradas também para duas pessoas. Os peixes são escalados para quem gosta de soltar o alpinista que há em si.

Travessa do Pregoeiro, 16 (Carnide). 21 714 3622. Ter-Dom, 12.00-15.30/19.00-22.00.
A Time Out diz
Publicidade
Toscana Casa de Pasto
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Português

Toscana Casa de Pasto

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

A NOSSA ESCOLHA: Peixe-espada preto grelhado com babata cozida e salada mista (11€)

É bem provável que seja o único restaurante da cidade com um dialecto próprio – criado há 30 anos. E que não morreu quando a gerência pegou na casa especializada em grelhados há quatro anos. Assim sendo, o peixe espada preto é um “mantorras” e as batatas a murro são “à Sá Pinto”.

Rua do Sacramento a Alcântara, 72-76 (Alcântara). 21 396 8633. Ter-Sáb 12.00-15.00/19.00-22.00.

Mar do Inferno
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Frutos do mar

Mar do Inferno

icon-location-pin Cascais

A NOSSA ESCOLHA: TRAVESSA DO MAR (39,50€)

É um dos pratos com mais saída da casa que os cascaenses tratam pelo nome próprio, Lurdes, e junta os dois peixes mais pedidos do Verão numa única travessa redonda, enorme, que foi pensada para dois mas alimenta bem três. O robalo e a dourada são escalados na grelha e aterram na mesa com gambas, mexilhões, batatas, cenouras e brócolos, tudo bem regado com azeite. Para quem prefere uma boa mariscada, há uma especial para duas pessoas (91€) com vários mariscos da montra.

Avenida Rei Humberto II de Itália, Boca do Inferno (Cascais). 21 483 2218. Qui-Ter 12.30-22.30.

A Time Out diz
Publicidade
Dom Feijão
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Dom Feijão

icon-location-pin Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

A NOSSA ESCOLHA: ROBALO GRELHADO GUARNECIDO (40€/KG)

Está em primeiro lugar na grelha de partida (sim, fizemos este trocadilho) para quem quer comer bom peixe na zona das Avenidas Novas. A ementa do Dom Feijão enche o olho aos carnívoros mas tem também uma data de peixes frescos escalados. Tantos que podíamos usar o menu do restaurante para uma aula de biologia marinha (sim, fizemos esta hipérbole).

Largo Machado de Assis, 7 D (Alvalade). 21 846 4038. Seg-Sáb 12.30-15.30/19.00-22.30.

A Time Out diz
Restaurantes

Sea Me

icon-location-pin Bairro Alto

A NOSSA ESCOLHA: SALMONETE GRELHADO 

Muito antes de o peixe e marisco invadirem as ementas dos restaurantes lisboetas em pratos ditos modernos já o Sea Me lhes prestava a devida homenagem. Como? Em petiscos de linhagem portuguesa, em criações luso-nipónicas – caso do incrível niguiri de sardinha –, em mariscadas puras e duras ou em peixes frescos servidos grelhados, sem truques. Tudo matéria-prima de qualidade, vinda de viveiros da Ria Formosa ou das lotas de Sesimbra, Peniche e Açores.   

Rua do Loreto, 21 (Chiado). 21 346 1564. Seg-Qui 12.30-15.30/19.00-00.00, Sex 12.30-15.30/19.00-01.00, Sáb 12.30-01.00, Dom 12.30-00.00.

A Time Out diz
Publicidade
pregado
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Frutos do mar

Mercado do Peixe

icon-location-pin Ajuda
A NOSSA ESCOLHA: PREGADO (53€/KG)
Olá, eu sou o pregado, prazer. Feitas as apresentações na lota logo à entrada, onde pregados convivem com douradas, robalos, imperadores, peixes-espada ou sargos, é tempo de passar às mesas e escolher os acompanhamentos: a batata assada e os brócolos salteados vão mesmo bem. Enquanto a grelha trabalha, prove o pão acabadinho de sair da padaria da casa. E antes de se despedir, peça um pastel de nata: também vem quente e ajuda a adoçar a conta. 

Estrada Pedro Teixeira, Vila Simão, Caramão da Ajuda (Ajuda). 21 361 6070. Seg-Dom 12.30-15.30/19.30-23.30.
A Time Out diz
Neptuno
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Frutos do mar

Neptuno

icon-location-pin Sintra
A NOSSA ESCOLHA: ROBALO À BULHÃO PATO (69,80€/KG)
Sob os Ciprestes: Vida Íntima de Homens Ilustres, Canções da Tarde ou toda a obra poética de Raimundo António de Bulhão Pato nunca serão tão populares como o molho que leva o nome do escritor (também leva azeite, alho, coentros e limão). No Neptuno, junto à Praia das Maçãs, serve-se com robalo fresquinho vindo da lota de Peniche e escolhido pessoalmente pelo dono do restaurante, o senhor Fernando. Mas há outras especialidades de peixe, como as lulas frescas à sevilhana (14,90€) ou os filetes de peixe-galo com açorda (22,50€).

Rua Pedro Álvares Cabral, Praia das Maçãs (Colares). 21 929 1222. Qua-Dom 12.15-22.30, Seg 12.15-15.30.
A Time Out diz
Mostrar mais

Mais restaurantes em Lisboa

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com