A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Limbo
DRLimbo

Os melhores jogos do Google Play Pass

O Google Play Pass dá acesso a centenas de aplicações e jogos para Android por apenas 4,99€ por mês. Estes são os melhores.

Escrito por
Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

Os serviços de subscrição de jogos são cada vez mais populares. É fácil perceber porquê. Por um valor mensal fixo, dão acesso a centenas de títulos, incluindo clássicos e novidades. A Microsoft foi a primeira grande empresa do sector a testar estas águas, em 2017, quando lançou o cada vez mais popular Xbox Game Pass. Um ano depois, a Sony transformou o serviço de streaming PlayStation Now num modelo de subscrição semelhante ao da Microsoft. Em 2019, foi lançado o Apple Arcade. E o Google Play Pass chegou a Portugal no ano passado, e está cada vez melhor, pelo preço de 4,99€ por mês ou 29,99€ por ano.

Apesar de os serviços da Apple e da Google terem semelhanças, têm estratégias e objectivos diferentes. Enquanto a Apple aposta no lançamento de exclusivos, que não se encontram em lado nenhum, muitas vezes feitos e pensados de raiz para o seu serviço, o Google Play Pass dá acesso a diversas aplicações e alguns dos melhores jogos móveis (e não só) dos últimos anos. De graça e sem publicidade. Estão lá sucessos indie como Limbo, Stardew Valley ou Terraria; clássicos como Star Wars: Knights of the Old Republic, Sonic the Hedgehog e a sua sequela; jogos de cartas e tabuleiro como o Solitário, o Xadrez ou o Risco; e por fim umas quantas novidades, ou relativas novidades, como Football Manager 2021 Mobile, que acaba de se juntar ao catálogo. Há algo para todos. Se no meio de tanta informação não souber para onde se virar, comece por estes dez jogos.

Recomendado: Apple Arcade: os melhores jogos para iPhone (e não só)

Os melhores jogos do Google Play Pass

Battle Chasers: Nightwar

Apesar de ter sido feito nos Estados Unidos, Battle Chasers: Nightwar deve tudo aos RPG (role-playing games, ou jogos narrativos) japoneses clássicos, com combates por turnos. Foi desenvolvido pelos estúdios Airship Syndicate, de Joe Madureira, o criador dos comics em que se inspira o jogo e o responsável pela apelativa direcção de arte.

Football Manager 2021 Mobile

A edição para telemóveis de Football Manager é bem mais limitada do que o jogo completo, disponível apenas nos computadores, ou as versões Touch e para consolas Xbox. Mas isso não tem de ser mau. As partidas são mais rápidas, perde-se menos tempo a gerir o clube e mais a jogar. Além disso, é a única maneira de carregar o nosso clube do coração no bolso.

Publicidade

Hidden Folks

Criado pelos holandeses Adriaan de Jongh e Sylvain Tegroeg, Hidden Folks é um jogo relaxante como poucos. O jogador tem de encontrar objectos, personagens e animais escondidos numa série de cenários pintados à mão, a preto e branco, e animados com graça e bom gosto. É como uma versão minimalista dos livros de Onde Está o Wally?.

Limbo

É um clássico indie e um dos mais celebrados videojogos da década passada. Na pele de uma criança, à procura da sua irmã num mundo sombrio onde tudo parece querer matá-lo, o jogador vai morrer muitas vezes, e de forma violenta, enquanto salta de plataforma em plataforma e resolve quebra-cabeças. Uma experiência opressiva e macabra.

Publicidade

Monument Valley

Não é difícil resolver os pequenos quebra-cabeças de Monument Valley. Não faz mal. Apesar de ser breve e pouco desafiante, é um prazer guiar a princesa Ida pelos seus cenários labirínticos e repletos de ilusões ópticas, inspirados nas pinturas de M. C. Escher. Depois, aventure-se por Monument Valley 2. Também está incluído no Google Game Pass.

Reigns

Neste jogo de estratégia medieval inspirado no Tinder, controlamos um rei e recebemos conselhos que podemos seguir ou ignorar, deslizando os dedos para a direita ou para a esquerda. Cada decisão tem consequências mais ou menos imediatas, e o desafio é sobreviver tantos anos quanto possível, equilibrando os interesses de diversas facções. Há ainda uma sequela, Reigns: Her Majesty, e um spin-off baseado em Game of Thrones.

Publicidade

Stardew Valley

Com gráficos que lembram os velhos jogos de 16 bits e dezenas de horas de conteúdo, Stardew Valley é uma simulação agrícola e comunitária. Começa com o protagonista a virar as costas à cidade e à rotina diária para ir viver para o campo. Depois, é só acordar quando o sol nasce no ecrã, ir dormir quando se põe, e passar o dia a fazer o que se quer.

Star Wars: Knights of the Old Republic

Lançado originalmente em 2003, na Xbox original e no PC, Star Wars: Knights of the Old Republic continua a ser um dos melhores RPG americanos deste século. Na pele de um jedi ou de um sith, o jogador vai viajar por uma galáxia muito distante, porém familiar, muitos anos antes dos acontecimentos retratados nos filmes de George Lucas e da Disney.

Publicidade

Threes!

É o sucessor espiritual do Tetris. Não só por ser um quebra-cabeças viciante, como pelo cuidado com que tudo foi feito e pensado, das mecânicas à estética e efeitos sonoros. Numa grelha de quatro por quatro, o jogador arrasta peças numeradas, para as somar e ir criando números cada vez maiores. Quando se preenche o ecrã, o jogo chega ao fim, contam-se os pontos e sucumbe-se à tentação de jogar só mais uma vez. E mais uma. E mais outra.

80 Days

A Volta ao Mundo em 80 Dias de Júlio Verne serviu de inspiração a este pedaço de ficção interactiva da Inkle. O objectivo, como no livro, é circum-navegar o globo nos 80 dias do título. Mas cada viagem é diferente, e tanto é possível seguir a mesma rota que Phileas Fogg, como testar novos caminhos, garantindo horas e horas de diversão.

Os melhores jogos para...

PlayStation 4
  • Coisas para fazer
  • Jogos e passatempos

Das pequenas edições independentes às últimas produções multimilionárias, há títulos para todos os gostos na PlayStation 4.

  • Coisas para fazer
  • Jogos e passatempos

Ainda é virtualmente impossível comprar a nova PlayStation 5. É pena, porque os jogos são cada vez mais e melhores.

Publicidade
Nintendo Switch
  • Coisas para fazer
  • Jogos e passatempos

É uma consola deste tempo, em que estamos habituados a jogar em vários contextos e lugares. E recebe vários lançamentos exclusivos.

Xbox One
  • Coisas para fazer
  • Jogos e passatempos

Há centenas de títulos que vale a pena jogar na consola da Microsoft. Desde produções independentes a grandes blockbusters.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade