Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Eles criam bom ambiente: projectos sustentáveis em Lisboa

Eles criam bom ambiente: projectos sustentáveis em Lisboa

Conheça os projectos sustentáveis em Lisboa que aspiram a – e suspiram por – um mundo melhor.

mouraria composta da renovar a mouraria
Fotografia: Inês Félix Sugestão de decoração na Mouraria Composta
Por Renata Lima Lobo |
Publicidade

Lisboa tem toneladas de lixo para tratar e milhares de mentes para moldar. Embora haja cada vez mais humanos preocupados com o planeta Terra, não é tarefa fácil reverter os danos causados desde a Revolução Industrial. Há quem atire a toalha ao chão, quem questione mesmo o aquecimento global (não vamos apontar nomes), mas também há quem não desista e faça a sua parte na luta por um mundo mais verde e, por arrasto, com uma esperança de vida mais longa. Conheça algumas das ideias sustentáveis nascidas e criadas em Lisboa, uma cidade cada vez mais ecológica. E respirável. Estes são os projectos sustentáveis em Lisboa que deve conhecer.

Recomendado: Os 21 melhores parques e jardins em Lisboa

Projectos sustentáveis em Lisboa

Cozinha da Mouraria
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Global

Muita Fruta

icon-location-pin São Vicente 

É um dos braços ecológicos da Cozinha Popular da Mouraria, uma associação fundada por Adriana Freire, fotógrafa que olha para Lisboa e vê um grande pomar desperdiçado. A Muita Fruta é um projecto de gestão sustentável dos recursos locais dirigido a proprietários de árvores e quintais que não têm como escoar belos limões ou ameixas ou que têm os ramos a invadir o território vizinho. É composta por uma equipa de voluntários que mapeia as árvores de fruto, e, com autorização, faz a poda, a colheita e depois distribui pela comunidade, mesmo que seja por quem passa. A fruta é também entregue na Cozinha Popular da Mouraria, onde a encontra em doces como a Polpada de Laranja ou no Piri Perigo.

Lixo
Duarte Drago
Notícias, Vida urbana

Zero Waste Lab

A associação sem fins lucrativos estabeleceu-se na Mouraria para sensibilizar e educar os cidadãos acerca dos problemas relacionados com a produção de lixo. Este é um projecto nascido do programa de Liderança Criativa da THNK Lisbon, como resposta ao desafio lançado pela Câmara Municipal de Lisboa (CML), cujos elementos estão a trabalhar numa resposta colectiva para a redução do lixo na cidade. No horizonte está a prática de lixo zero e a ajudar estão parceiros como Portugal Sem Beatas, Associação Renovar a Mouraria, Centro de Inovação da Mouraria ou o Mercado de Fusão.

Publicidade
Bianca Beyer, mentora do Lisboa Limpa
Fotografia: Manuel Manso
Notícias, Vida urbana

Associação Lisboa Limpa

Há exemplos mais felizes de decoração urbana do que o tapete de copos vazios que forra o chão de zonas como o Cais do Sodré no rescaldo da agitação nocturna. Assim pensou Bianca Beyer, alemã a morar em Lisboa que se dedica a tempo inteiro ao projecto Lisboa Limpa, nascido em 2015 e formalizado em associação no ano passado. A ideia é o consumidor pagar um depósito de um euro quando adquirir o copo, de plástico rijo, num estabelecimento aderente, sendo reembolsado no final da noite, quando devolver o copo antes de ir para casa. O objectivo é poder comprar o copo num lado e entregá-lo num outro ponto da cidade. A rede de parceiros pode ser consultada no site oficial, onde encontra um mapa todo supimpa.

compostagem
©DR
Notícias, Vida urbana

Lisboa a Compostar

Tem um jardim, quintal ou logradouro lá por casa? Se a resposta é sim, está qualificado para se inscrever neste programa municipal que oferece compostores a quem quiser transformar os resíduos domésticos em fertilizante e fazer brotar uma nova economia doméstica. O objectivo da Câmara Municipal de Lisboa passa por reduzir a quantidade de resíduos domésticos recolhidos, que só em 2017 atingiu as 600 toneladas diárias de lixo comum, das quais 40% são biodegradáveis. A inscrição é feita online e nessa mesma plataforma encontra a localização de dois compostores comunitários se quiser começar a treinar: um está na Avenida Conselheiro Fernando Sousa (Amoreiras) e outro na Rua Presidente Wilson (Praça de Londres).

Publicidade
mouraria composta
Fotografia: Inês Félix
Compras, Estilo de vida

Mouraria Composta

icon-location-pin Castelo de São Jorge

Já foi um bar, um restaurante com cozinha do mundo e agora é uma loja-oficina, um espaço que vende essencialmente tudo o que precisa para criar uma horta doméstica ou um jardim na varanda lá por casa. Aqui encontra tudo o que precisa para compostar como manda a lei (se não souber por onde começar, a equipa dá-lhe uma ajuda) e também algumas marcas que acreditam num futuro melhor. Para a decoração do espaço da Mouraria Composta, a associação recorreu à reciclagem de móveis e materiais, com assinatura do projecto Agora Verde, que encontrou uma forma de inspirar os clientes a fazerem o mesmo em casa. E as mesas que seguram os artigos à venda também servem de apoio a oficinas ligadas à agricultura urbana, compostagem, controlo de pragas, construção de ninhos para pássaros ou mesmo hotéis para insectos.

Lixo nas ruas
Duarte Drago

Lisbon’s Dumpster Dive

Por todo o mundo existem comunidades que não suportam ver comida a ser desperdiçada no lixo. Já diz o ditado que o lixo de uns é o tesouro de outros e em Lisboa há um grupo de Facebook que vai dando alertas à navegação que diz não ao desperdício alimentar. Sejam sacos cheios de manteiga de amendoim ou quilos de legumes frescos.

Publicidade
compostor campolide
©Junta de Freguesia de Campolide

Cê ao Cubo

Debaixo da asa do projecto nacional Circular Economy Portugal e da sua iniciativa ComBOA!, que ajuda as autarquias a promover a compostagem, nasceu em Campolide o Cê ao Cubo. Começou em 2018 com um centro de compostagem de 600m2 no Bairro do Tarujo que recebe os resíduos verdes da freguesia e que brevemente receberá os de um condomínio vizinho com nove prédios e 300 famílias. Um projecto piloto comunitário que serve de teste e poderá servir de exemplo a outras localidades.

casamento verde
©photo-nic.co.uk nic/Unsplash

Green Mind

Se teve uma cerimónia de casamento tradicional, puxe pela memória: como correu essa pegada ecológica? Pois. A Green Mind acredita que a indústria de eventos tem a capacidade de moldar comportamentos e propõe ajudar na criação de eventos mais amigos do ambiente. Seja para empresas ou particulares, com destaque para os Green Weddings. O trabalho passa por reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, o consumo de água, energia, materiais e resíduos.

Publicidade
Compras

Bike.POP

icon-location-pin Intendente

Criado como um projecto pioneiro pela Cooperativa Cultural POST, a loja e oficina Bike.POP promove a mobilidade sustentável, com particular ênfase na bicicleta enquanto meio de transporte. A equipa por detrás realiza acções de formação, produz eventos e actividades desportivas e recreativas, cria e desenha equipamentos de mobiliário urbano e bicicletas especiais e até instala infraestruturas como estacionamentos para bicicletas e estações urbanas de reparação de bicicletas – incluindo o primeiro posto self-service gratuito de reparação e manutenção de bicicletas de Lisboa. 

Mais bons exemplos de sustentabilidade

ISTO
Duarte Drago
Compras, Estilo de vida

As lojas e marcas sustentáveis em Lisboa que tem de conhecer

Hoje em dia, estar atento à pegada ecológica e tornar-se consciente das suas escolhas enquanto consumidor já se tornou habitual – comprar sustentável deixou de ser um bicho de sete cabeças e, para alguns, é já um estilo de vida. Também por isso Lisboa tem cada vez mais espaços e marcas que promovem este modo de vida. Reunimos marcas sustentáveis que tem de conhecer, desde a cosmética ao calçado passando pelo vestuário feminino, masculino ou infantil, sem esquecer os sapatos ou até mesmo roupa de banho e decoração para a casa. 

Prado Mercearia
©Manuel Manso
Restaurantes, Mercearias finas

Encha a despensa nas melhores lojas para comprar a granel em Lisboa

Grão a grão é realmente possível fazer a diferença no que toca à sustentabilidade, isto se nos tornarmos adeptos de compras a granel. Feijão, quinoa, arroz, nozes, tremoços ou infusões, os dispensadores destas lojas estão recheados e pode fazer o mesmo à sua despensa. 

Publicidade
Sála
©Manuel Manso
Restaurantes

Restaurantes sustentáveis em Lisboa

Sazonal, biológico, sustentável, saudável. Os quatro conceitos andam de mãos dadas quando falamos de comida feita com produtos frescos. Há restaurantes em Lisboa que andam a tentar ser mais amigos do ambiente, ainda que não seja fácil dizer sem amarras e assumir-se como restaurante sustentável.

Publicidade