Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Três sítios para fazer tatuagens vintage em Lisboa

Três sítios para fazer tatuagens vintage em Lisboa

Perca o medo das agulhas e deixe marca na pele como aquelas de antigamente.

bang bang Tattoo
©bang bang Tattoo
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Amor de mãe, um coração vermelho, rosas em volta e uma flecha: podia começar assim a história da sua próxima tatuagem, uma espécie de viagem kitsch com agulhas e cores garridas. Pintar a pele à moda antiga é uma opção para quem gosta de viver o presente com um pezinho no passado, noutras épocas, diga-se. Estes estúdios de tatuagens em Lisboa foram bater à porta dos clássicos, dos corações e das âncoras aos punhais e piratas, o tempo das pin-ups e dos marinheiros ainda vive e pode ser eternizado num qualquer cantinho de epiderme. 

Recomendado: Os melhores estúdios de tatuagens em Lisboa

Três sítios para fazer tatuagens vintage em Lisboa

Ink&Wheels
©Catarina Espiga
Coisas para fazer

Ink & Wheels

icon-location-pin Areeiro/Alameda

É dos únicos estúdios em Lisboa decorados verdadeiramente com um estilo vintage, com paredes cobertas com molduras de ilustrações pin-up, e um balcão original de uma mercearia dos anos 60. Enfim, tudo à medida da sua proprietária, Mariza Seita, e basta viajar no seu Instagram (@marizaseitatattoo) para perceber que a tatuadora não brinca em serviço na hora de embarcar no estilo vintage – coisa que faz todos os dias quando pega nas agulhas. Mariza dedica-se inteiramente ao estilo tradicional americano dos anos 50 no que toca às tatuagens, apesar de trabalhar com outros tatuadores, cada um deles com estilos distintos, no Ink&Wheels.

Bang bang Tattoo
©Kitty Cat Kustom Arts
Compras, Tatuagens e piercings

Bang Bang Tattoo

icon-location-pin Sintra

Flamingos cor-de-rosa, leques chineses, uma havaiana em tamanho real, imagens da Nossa Senhora, bancos almofadados de padrão tigre, máscaras tribais e até um Zé Povinho. Nazaré e Pinela – ela especialista em piercings, ele em tatuagens – são o principal cartão de visita, mas com um bónus. É que, em qualquer parte do mundo, estes dois dão nas vistas. Vivem o estilo rockabilly ao máximo e isso, a somar às habilidades com as agulhas, leva muito boa gente a viajar até Sintra para fazer uma tatuagem.

Publicidade
el diablo
©DR
Compras, Tatuagens e piercings

El Diablo Tattoo Club

icon-location-pin Chiado

Como muitos outros tatuadores, Francisco Mascarenhas começou a tatuar amigos em casa. Estávamos em 1990 e, um ano depois, abria o El Diablo. O estúdio de Lisboa tem um irmão na Noruega, onde Francisco passa grande parte do tempo, mas por cá o estúdio continua em boas mãos, está de boa saúde e recomenda-se. Há catálogos com mais de cem mil desenhos, além de haver a possibilidade de criarem ao seu gosto um desenho exclusivo e personalizado. Uma das especialidades é a tatuagem vintage, com muita cor.

Lisboa Vintage

Publicidade