Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dez marcas portuguesas que apostam no essencial: t-shirts
Isto.
© Duarte Drago ISTO

Dez marcas portuguesas que apostam no essencial: t-shirts

Conheça algumas das marcas que nutrem um carinho especial pelo básico mais popular da história da moda, a t-shirt.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

As t-shirts têm origem nas peças interiores que se usavam por baixo de camisas e camisolas para aquecer o corpinho. Mas a t-shirt propriamente dita (a clássica branca de algodão) começou por ser usada por militares americanos a partir do início do século XX. Foi popularizada pelo cinema na década de 50, normalmente acompanhada pelos igualmente populares jeans, e ainda hoje é um básico indispensável de qualquer guarda-roupa. Isto tudo dava um livro, mas também dá uma bela lista de criativas marcas portuguesas que apostam no essencial. Muitas erguendo a bandeira da sustentabilidade.

Recomendado: As melhores lojas de marcas portuguesas de fatos de banho

Dez marcas portuguesas que vendem t-shirts

ISTO
ISTO
©DR

ISTO

Compras Santa Maria Maior

Uma t-shirt e uma camisa: a ISTO começou assim. Agora tem mais uma série de peças disponíveis, mas continuam a ser totalmente transparentes com o consumidor. A política de preços está clara para quem compra e a produção é local. A ISTO destaca-se pelos seus básicos – a t-shirt é a prata da casa – e pelo facto de tudo ser feito com algodão 100% orgânico. Este ano estrearam-se nas peças para mulher, lançando a primeira colecção feminina, criada com a ajuda de Stephanie Pérez-Ankarvall, com experiência da Everlane e da Arket. Da linha de mulher fazem parte uma camisa de linho e uma gama de t-shirts com três modelos diferentes: crew, v-neck e striped.

Shopping Dia da Mãe 2019 - Le Mot T'Shirt
Shopping Dia da Mãe 2019 - Le Mot T'Shirt
©DR

Le Mot

Susana Santos estudou marketing e comunicação de moda em Paris, para depois passar por um estágio nos escritórios parisienses da Vogue USA, pela área da Alta Costura da Jean-Paul Gaultier e pela comunicação da Nina Ricci. Quando voltou para Portugal, com a bagagem toda acerca do funcionamento de um negócio de moda, lançou-se no seu. Uma marca com t-shirts e sweatshirts simples, decoradas com expressões francesas, todas unissexo, do XS ao L e 100% algodão.

Publicidade
+351
+351
©Francisco Santos

+ 351

Compras Chiado

Depois de São Bento, a segunda chamada da +351 foi para o Chiado. O indicativo português continua a dar cartas no minimalismo, com prints associados ao oceano e o logótipo a dar o ar da sua graça. As colecções fazem uso do logótipo da marca, e quase sempre em tons como o azul marinho, pretos, brancos e cinzas, em t-shirts, sweats, calças e casacos – básicos necessários. No Verão, as cores são sempre mais fortes.

Baseville
Baseville
Baseville

Baseville

São básicos e são sustentáveis – quer melhor? A marca de Ana Ferreira e Ana Costa foca toda a sua atenção nos básicos para mulher com qualidade, desde a escolha do design à das matérias-primas, tudo para que não caia na teia da fast-fashion. A Baseville está atenta a tudo aquilo que muitas vezes esquecemos na hora de comprar uma peça de roupa: os recursos gastos, como a água e a energia, ou até as etiquetas de composição e lavagem das peças, onde constam a quantidade de fibras vegetais, animais ou sintéticas. As peças, maioritariamente em algodão orgânico, são produzidas em Portugal, e durante o processo são assegurados os direitos dos trabalhadores, um comércio justo e com igualdade de oportunidades. Há tops, t-shirts e camisolas para adicionar às gavetas lá de casa. 

Publicidade
rust and may
rust and may
©Rust and May

Rust and May

Depois de uma viagem a Bali, Joana Dias mudou de vida. A designer de moda, que já trabalhou para marcas como a Eureka e a Uterqüe, decidiu começar um projecto próprio. Deu então à luz a loja Rust and May, na garagem dos seus pais. Na fase inicial, conjugava a venda de objectos de decoração para a casa, vindos directamente de Bali, com uma colecção própria de roupa. Entretanto, reequacionou o projecto – agora o foco vai exclusivamente para o vestuário. A colecção é desenhada por Joana e 100% fabricada em Portugal, a partir de materiais naturais como o algodão e o linho. O ponto forte são as t-shirts e as sweatshirts unissexo com palavras, statements e desenhos estilizados, que podem ser complementadas com outras peças, como saias e vestidos.

IMAGO
IMAGO
©IMAGO

IMAGO

A IMAGO é uma marca portuguesa fundada em Lisboa em 2017 com uma missão: criar um conceito único, mas sempre de olho nas tendência da moda. A equipa criativa criou um novo molde para t-shirts, novos padrões e novos pantones e assim nasceu a IMAGO, uma marca comprometida com um estilo de vida descontraído, viajante, a lembrar mergulhos no mar, os fins de tarde no campo e as saídas à noite vindas da praia. As peças são unissexo e vão das t-shirts às sweats e aos bonés com expressões. A nova colecção tem uma produção 100% orgânica e sustentável no que toca às peças de roupa.

Publicidade
Catitaillustrations
Catitaillustrations
©Catitaillustrations

CatitaIllustrations

Criada pelos designers Rita Sousa e Henrique Garcia, é uma marca online simples e divertida, que tem por missão fazer as pessoas sorrir. E a felicidade pode chegar a sua casa na forma de posters, cadernos, sacos de arrumação, tatuagens temporárias ou t-shirts. A marca está sediada em Espanha, mas seja qual for o país da Península Ibérica, o envio gratuito das encomendas está assegurado a partir dos 9,75€. Na loja online da CatitaIllustrations, encontra uma panóplia de artigos distribuídos pelas colecções Aloha, Animais, Art Lovers, Little and Brave, Terracota e Playground e também há opções para dias especiais. Como o Dia do Pai, Dia da Mãe, Dia dos Namorados, Dia das Bruxas ou o Dia Internacional da Mulher. Em qualquer uma delas também pode encontrar futuras prendas para o Natal.

Compras, Crush Lust, Loja Online, t-shirts
Compras, Crush Lust, Loja Online, t-shirts
©DR

Crush Lush

Um básico nunca é demais e Mónica Nascimento, criadora da Crush Lush, tratou de lhe dar um upgrade. A marca tem t-shirts unissexo e tote bags simples com pequenos bordados e frases motivacionais – e há lá altura melhor do que esta para isso? A última a ser lançada tem o mote da quarentena: “Your comfort zone will kill you”, com um sofá amarelo à vista. Também há mensagens de resistência como "Be a Voice, not an echo.", num total de quatro modelos unissexo, todos em algodão, e um saco de pano XL, bom para as compras. É tudo produzido em Felgueiras.

Publicidade
Desculpa babe, marca portuguesa
Desculpa babe, marca portuguesa
©Instagram Desculpa babe

Desculpa Babe

Imprimir na roupa as desculpas esfarrapadas do dia-a-dia. Em poucas palavras, é assim que se explica e que nasce a nova marca 100% portuguesa Desculpa Babe, criada por Maria, que é cabeleireira, e Susana, que é bartender no Purex. Por agora, a marca ainda é só uma t-shirt, um isqueiro e um tote bag. Na Desculpa Babe as peças “são feitas com 99% de desculpas e 1% de algodão”, as t-shirts são unissexo e estão disponíveis em branco, com bordado vermelho, e preto, com bordado branco, nos tamanhos S, M, L e XL – e bem sabemos que ninguém dispensa uma t-shirt básica com o statement necessário ao look. Por enquanto, a maioria das peças têm uma única frase estampável, o próprio nome da marca, mas futuramente Maria e Susana querem ter mais frases adaptadas a situações do quotidiano e um serviço de personalização para que as pessoas possam criar a sua t-shirt. Para já, pode contar com uma colaboração com a actriz Inês Aires Pereira e comprar a t-shirt "éipico!"

T-shirts Hey, Darling
T-shirts Hey, Darling
©Hey, Darling

Hey Darling

É uma marca portuguesa nascida durante a quarentena e dedicada à luta por um mundo melhor. Lançou-se com uma colecção de t-shirts e sweatshirts, disponíveis em várias cores, optando pela utilização de produtos de origem sustentável, como o algodão orgânico e os corantes botânicos. Na escolha dos fornecedores há a preocupação em procurar as melhores práticas em termos de sustentabilidade e condições de trabalho e a produção é feita em pequenas quantidades, para minimizar o desperdício. Ou seja, só é aumentada se a procura o justificar. Durante a quarentena, a Hey Darling começou por com o pé direito, graças a uma campanha que permitia a quem encomendasse um produto enviar outro grátis a um amigo.

Mais para vestir

Publicidade
Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade