Cinco filmes românticos para ver na Netflix

A oferta pode ser limitada, mas há pelo menos uma mão cheia de filmes românticos que tem de ver na Netflix
Our Souls At Night
©Kerry Brown/Netflix
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Já se sabe que a oferta cinematográfica na Neflix é muito limitada e relativamente volátil – hoje um determinado filme está lá, amanhã (ou no mês que vem) não sabemos. Mesmo assim, começando por Um Sonho de Mulher (1990), de Garry Marshall, e acabando em Nós, ao Anoitecer (2017), de Ritesh Batra, encontrámos uma mão cheia de filmes românticos na Netflix que vale a pena ver (ou rever) agarradinho ao mais que tudo ou sozinho e a queixar-se de como o mundo é injusto. Em casa ou num dos melhores hotéis românticos de Lisboa.

Recomendado: Os 100 melhores filmes de comédia de sempre

Cinco filmes românticos que estão na Netflix

Um Sonho de Mulher (1990)

Nesta comédia romântica de Garry Marshall, Julia Roberts veste a pele da prostituta Vivian Ward, que ainda não perdeu o sonho de encontrar o seu príncipe encantado. Neste caso acaba por ser um monótono, solitário e milionário Edward Lewis, interpretado pelo então já veterano Richard Gere, aqui a servir de muleta a Roberts que lhe rouba as cenas todas. O resto é um verdadeiro conto de fadas com um elenco secundário de peso – Ralph Bellamy, Jason Alexander, Laura San Giacomo ou Hector Elizondo, a coqueluche do realizador Garry Marshall.

As Meninas de Beverly Hills (1995)

Com direcção de Amy Heckerling, As Meninas de Beverly Hills (Clueless, na versão original) acompanha Cher Horowitz (Alicia Silverstone), uma adolescente obcecada por compras e roupa, enquanto guia da recém-chegada Tai (Brittany Murphy) pelos difíceis, tortuosos e cruéis caminhos da popularidade liceal. Parece um filme de adolescentes como outro qualquer, mas é mais do que isso, registando com distância crítica a futilidade como forma de vida.

Publicidade

Amor, Estúpido e Louco (2011)

O quarentão Cal (Steve Carell) é deixado pela mulher (Julianne Moore) e passa as noites a auto-comiserar num bar, até que o engatatão interpretado por Ryan Gosling se farta de o ouvir e decide fazer dele um sedutor implacável. Mas a situação não tarda em complicar-se neste filme de Glenn Ficarra e John Requa, em cujo elenco se destacam ainda Emma Stone, Marisa Tomei e Kevin Bacon.

Aguenta-te aos 40 (2012)

Cinco anos depois de Um Azar do Caraças, o realizador Judd Apatow volta a filmar as personagens de Pete (Paul Rudd) e Debbie (Leslie Mann) daquele filme. Agora a caminho dos 40 e com um casamento à beira da ruptura, fruto do desgaste e de uma crise de meia idade, o casal terá de perceber se consegue (e vale a pena) salvar o matrimónio.

Publicidade

Nós, Ao Anoitecer (2017)

Dois dos nomes mais icónicos de Hollywood voltam a encontrar-se em Nós, Ao Anoitecer. Falamos de Robert Redford e Jane Fonda, que protagonizam uma longa-metragem pela quarta vez. Eles são vizinhos há décadas, mas nunca tiveram grande contacto. Agora, viúvos, neste filme realizado por Ritesh Batra a partir de um livro de Ken Haruf, os dois reencontram-se e começam a dormir juntos platonicamente para aliviar a sua solidão, dando início a um verdadeiro romance.

À procura de romantismo?

Verride Palácio Santa Catarina
©Paulo Carvalho
Hotéis

Os melhores hotéis românticos em Lisboa

Que Lisboa é a cidade mais romântica já nós sabíamos, mas que tinha tantos hotéis para levar as escapadinhas românticas a um novo nível foi uma surpresa. Seja com pequenos-almoços na cama ou vistas de cortar a respiração, os melhores hotéis românticos em Lisboa não desiludem.

Filmes

Sete filmes mais românticos que os filmes românticos

Criar uma boa história de amor é uma incógnita. Na vida, que vem sem argumento, é esperar e ver no que dá. Na ficção, por seu lado, é imaginar e fazer. Não é simples, por fina ser a linha entre romantismo e xaropice. Porém há realizadores que conseguem evitar as armadilhas e quebrar o mais empedernido coração – com estilo. Estes sete filmes românticos são a prova disso. 

Publicidade