Lô Politi
©DR'O Meu Nome é Gal' (2023), de Lô Politi

O melhor do cinema alternativo em Lisboa

Este mês, há bom cinema em Lisboa para quem aprecia ciclos temáticos, fitas antigas e cinema alternativo.

Renata Lima Lobo
Publicidade

Se é daqueles que não deixa passar uma estreia, pode espreitar os filmes em cartaz esta semana. Mas, se é um verdadeiro cinéfilo (ou aspirante), deve ter em mente que algumas pérolas do cinema escapam às grandes salas. São clássicos para ver e rever – ou apenas filmes fora da rota comercial e por isso fora dos grandes centros comerciais (e em salas sem pipocas, diga-se). Para não perder nada, todos os meses lhe damos as melhores sugestões de cinema alternativo em Lisboa e em salas muito especiais. Há propostas para todos os gostos.

Recomendado: Os melhores filmes de sempre

Cinema alternativo em Lisboa este mês

  • Filmes
  • Grande Lisboa

O Auditório Fernando Lopes-Graça (Almada) será a casa da 18.ª edição da Mostra de Cinema Brasileiro, onde serão exibidas cinco produções. Um dos destaques é a longa-metragem A Paixão Segundo G. H. (2023), realizado por Luiz Fernando Carvalho, uma adaptação do romance homónimo da brasileira Clarice Lispector, publicado em 1964. Uma história que acompanha uma escultora chamada G.H. que após a demissão da empregada tem de limpar o quarto, onde acaba por esmagar uma barata e enfrenta uma crise existencial. O filme é protagonizado pela actriz Maria Fernanda Cândido (Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore). A entrada é livre, com levantamento de bilhete obrigatório.

  • Filmes
  • Alvalade

Para Julho, o Filme do Mês da Zero em Comportamento é Inocência - um país onde ser soldado não é uma escolha (2022), do realizador israelita Guy Davidi. Uma obra que oferece uma análise crítica sobre o impacto da  militarização na vida dos jovens em Israel e conta a história de algumas crianças que morreram em serviço, com a ajuda dos seus diários.

Publicidade
  • Filmes

O Shortcutz começou em Lisboa em 2010, e espalhou-se pelo mundo. Acumula as funções de mostra e festival de curtas-metragens, já que também há competição e prémios. Parte integrante do LABZ, projecto da Subfilmes Creative Network, começou no Bicaense, passou por O Bom o Mau e o Vilão e está agora instalado na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, onde se projectam três curtas-metragens todas as terça-feiras. Uma das produções é convidada, enquanto que as outras duas estão em competição (saudável) para o galardão de Melhor Curta do Mês.

  • Filmes
  • Benfica/Monsanto

O ciclo de cinema Benfica ao Luar regressa para mais uma edição com um programa composto por três filmes que se destacaram na última edição dos Óscares e uma longa-metragem de animação, Os Inseparáveis (2023), de Jeremy Degruson, que esteve nomeada na categoria de Melhor Filme no Festival de Annecy, o maior festival de cinema de animação do mundo. É precisamente com este filme que arrancam as sessões ao ar livre, a 25 de Julho, sempre marcadas para as 22.00, nos jardins do Palácio Baldaya. No dia 26 de Julho, terá lugar a exibição de A Sala de Professores (2023), de Ilker Çatak, filme alemão nomeado aos Óscares na categoria de Melhor Filme Internacional. A 27 de Julho é exibido Oppenheimer (2023), de Christopher Nolan, vencedor de sete Óscares, incluindo o de Realizador e de Filme; e no dia seguinte, o último, há Pobres Criaturas (2023), filme de Yorgos Lanthimos que arrecadou quatro Óscares, com destaque para o que premiou a intepretação de Emma Stone. A entrada é livre, mas sujeita à lotação do espaço.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Durante quatro fins-de-semana, a Junta de Freguesia de Alvalade, em parceria com o Museu de Lisboa e o Alvalade Cineclube, apresenta um programa composto por quatro momentos musicais e também por quatro clássicos da sétima arte. O palco é montado no Jardim do Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, onde acontecem os concertos sempre a partir das 19.00, e as exibições arrancam às 21.30, com filmes como O Fantasma da Liberdade (1974), de Luis Buñuel; Lobo e Cão (2022), de Claúdia Varejão; O trabalho liberta? (1993) e 25 de Abril – Uma Aventura Para a Demokracya (2000), de Edgar Pêra; e No Intenso Agora (2017), de João Moreira Salles. Na música destaque para os concertos de Luís Represas e Club Makumba.

  • Filmes
  • Alfama

Poucas duplas funcionam tão como esta. De um lado, as noites mais quentes de Lisboa; do outro, sessões de cinema ao ar livre, num terraço com vista sobre a cidade: o Carmo Rooftop, num ano em que o Cine Society também se expande até ao Ritz Four Seasons e à Doca da Marinha. O melhor é mesmo não mexer e até entrar no Outono sem receio do fresquinho nocturno. Até 12 de Outubro, a Cine Society já tem uma programação bastante completa e recheada a clássicos e produções mais contemporâneas, de Casablanca a Barbie.

Publicidade
  • Filmes
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O Cinema na Esplanada está de volta à Cinemateca, para uma temporada de projecções ao ar livre na Esplanada 39 Degraus. O programa arranca no dia 1 de Julho e promete sessões de segunda a sábado, sempre às 21.45. E uma vez que as salas de cinema M. Félix Ribeiro e Luís de Pina fecham para manutenção, toda a programação da Cinemateca será feita ao ar livre. Isto significa que o Cinema ao Ar Livre será essencialmente dedicado aos quatro eixos da programação dedicada aos 50 anos do 25 de Abril, entre Revolução, Liberdade, Comunidade e Futuro. Há, no entanto, excepções, das quais é exemplo uma sessão de antecipação da próxima edição do Doclisboa, dedicada ao realizador mexicano Paul Leduc. 

  • Filmes
  • Xabregas

A Black Cat Cinema transforma espaços improváveis, como a Igreja da Graça ou o Palácio do Grilo, em Lisboa, em salas de cinema ao ar livre. Pode contar com clássicos da sétima arte e também com comida de rua e bebidas que não faltarão nestas noites de cinema à luz das estrelas. E pipocas, há sempre pipocas. A grande novidade da temporada deste ano são actuações musicais que acontecem antes da exibição dos filmes, o que antecipa a abertura das portas para as 19.00. Os filmes começam às 21.00.

Publicidade
  • Filmes
  • Alfama

O bairro de Alfama é o palco da terceira edição do Cinalfama — Lisbon International Film Festival. Um evento de entrada livre com periodicidade anual e que se divide em várias categorias competitivas, nacionais e internacionais. A exibição de filmes alterna entre espaços fechados e ao ar livre, como o Museu do Fado e as Escadinhas de São Miguel.

  • Filmes

As sessões de cinema ao ar livre da NOS regressam este Verão a Tróia. O programa das festas estaciona no Jardim do Norte, com sessões gratuitas marcadas para todos os sábados à noite nos meses de Julho e Agosto. Em exibição estão grandes produções cinematográficas que estrearam nas salas de cinema ao longo do último ano, entre comédia, acção e animação.

Mais cinema

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade