Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis documentários sobre pandemias e epidemias
Pandemic
© Netflix

Seis documentários sobre pandemias e epidemias

Em tempos de incerteza, recordamos seis documentários sobre pandemias e epidemias. Porque a informação é um bom remédio

Por Eurico de Barros
Publicidade

A Gripe Espanhola, que matou 50 milhões de pessoas em todo o mundo no final da I Guerra Mundial, os mosquitos portadores de maleitas, o flagelo da sida nas décadas de 80 e 90, a epidemia do ébola, que devastou a África Ocidental, a vulnerabilidade da espécie humana às epidemias em pleno século XXI da globalização e da digitalização, e as pessoas que em muitas partes do mundo investigam e combatem doenças tão variadas como a gripe ou o ébola. Estes seis documentários sobre pandemias e epidemias abordam temas diversos, para se ficar com uma ideia dos vários "inimigos invisíveis" que nos ameaçam.

Recomendado: Filmes sobre epidemias, pandemias e outros sustos

 

Seis documentários sobre pandemias e epidemias

‘Influenza 1918’ (1998)

Este documentário de 1998 conta a história da chamada Gripe Espanhola (que na realidade foi trazida dos EUA para a Europa em 1918, por soldados americanos que vinham combater na I Guerra Mundial). Foi uma das piores pandemias de toda a história da humanidade, matou 50 milhões de pessoas em todo o mundo e propagou-se com enorme rapidez também devido aos terríveis efeitos daquele conflito: movimentação global de militares e civis contaminados, hospitais sobrelotados, higiene deficiente, destruição geral, populações subnutridas, etc.

‘Return of the Plagues – Mosquitos’ (2007)

Os mosquitos continuam a ser uma praga que afecta várias regiões do globo, e ainda hoje morrem todos os anos dois milhões de pessoas devido à malária, nomeadamente em África. Este filme de produção alemã mostra o papel que os mosquitos desempenham na transmissão e disseminação de doenças, já que, ao morderem pessoas e animais, estes insectos transformam-se em perigosos portadores de vírus e de agentes patogénicos.

Publicidade

‘How to Survive a Plague’ (2012)

Este documentário sobre a epidemia da sida nos EUA durante as décadas de 80 e 90 centra-se nas organizações de activistas que se esforçaram para chamar a atenção das autoridades e das organizações governamentais para o flagelo na comunidade homossexual. Foi o caso de grupos como o ACT Up e o TAG, que se multiplicaram em protestos, manifestações e acções, exigindo tratamentos mais eficazes e medicamentos mais acessíveis para tratar o HIV e a sida.

‘Ebola Fighter: Hero With a Thousand Faces’ (2016)

A epidemia do ébola devastou a África Ocidental entre 2013 e 2016, tendo tido origem na Guiné e depois alastrando para países como a Libéria e a Serra Leoa, atingindo dezenas de milhares de pessoas e causando mais de 11 mil mortes. Este filme documenta a acção de médicos, enfermeiros e voluntários que combateram este vírus na Serra Leoa, arriscando diariamente as suas vidas para ajudarem os infectados.

Publicidade

‘Unseen Enemy’ (2017)

“Porque é que somos tão vulneráveis a epidemias no século XXI?”. Eis a pergunta posta por este documentário da realizadora Janet Tobias, que percorreu o mundo a interrogar médicos e investigadores, nomeadamente ligados ao Instituto Pasteur, em Paris. O filme mostra que realidades como o crescimento populacional, a urbanização massificada, a facilidade em viajar ou as mudanças climáticas contribuem para que os vírus nasçam ou se espalhem mais rapidamente.

‘Pandemic: How to Prevent an Outbreak’ (2020)

Produzida pela Netflix e estreada recentemente, esta série documental em seis episódios segue as muitas pessoas que, em várias partes do mundo, investigam e combatem doenças tão variadas como a gripe ou o ébola, mostrando como médicos, cientistas e investigadores no campo da saúde estão a tentar encontrar curas contra muitas doenças mortais e impedir a eclosão de novas epidemias, embora trabalhando muitas vezes com recursos limitados.

Mais filmes

Filmes, Shawshank
©IMDB

Os melhores filmes que pode ver na Netflix

Filmes

Há drama, há comédia, há acção, histórias para rir desmedidamente, para roer as unhas, para colar ao ecrã horas a fio sem qualquer noção de vida exterior. Compilámos o que de melhor existe actualmente na plataforma de streaming para que não tenha de o fazer e damos-lhe uma boa dose de sugestões abaixo. Prepare os snacks, as pipocas, se as tiver, hidrate-se e ponha os olhos nos melhores filmes na Netflix.

Shutter Island
DR

Dez filmes que vai gostar de ver na Amazon Prime

Filmes

As séries originais são o grande chamariz dos serviços de streaming. Mas há, também, bons filmes à espera de serem descobertos. Fomos à procura dos melhores filmes na Amazon Prime e descobrimos algumas novidades e clássicos que merecem ser vistos. Aproveite e faça um programa cinematográfico em casa. Ao subscrever, a Amazon oferece seis meses de desconto, com a mensalidade a metade (2,99€).

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade