A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
'Dune' es una de las películas de ciencia-ficción que más prometen en 2021
Cartel de DuneDune

As estreias de cinema que não pode perder nos próximos meses

De ‘Rifkin’s Festival’, de Woody Allen, ao regresso da saga 'The Matrix', eis os dez filmes a não perder até ao fim do ano.

Escrito por
Eurico de Barros
Publicidade

Não faltam estreias nos cinemas até ao final de 2021, entre as quais constam alguns filmes que vinham a ser adiados por causa da pandemia, como é o caso do novo James Bond, 007: Sem Tempo para Morrer, que assinala a despedida de Daniel Craig da série, ou da nova versão de Duna, por Denis Villeneuve. Estes são duas das 10 fitas que chegam às salas até dia 31 de Dezembro e que consideramos indispensáveis, juntamente com outras como Rifkin’s Festival, de Woody Allen, Titane, de Julia Ducournau, Palma de Ouro em Cannes, ou West Side Story, de Steven Spielberg.

Recomendado: Os filmes originais Netflix que tem de ver

‘Rifkin’s Festival’, de Woody Allen

O novo Woody Allen é uma comédia romântica, passa-se no Festival de Cinema de San Sebastian, em Espanha, e envolve crises conjugais, cinefilia intensa, adultério e relações sentimentais inesperadas. Com Wallace Shawn, Gina Gershon, Louis Garrel, Elena Anaya, Christoph Waltz e Steve Guttenberg.

Estreia dia 23 de Setembro.

‘007: Sem Tempo para Morrer’, de Cary Joji Fukunaga

O último James Bond com Daniel Craig no papel principal chega finalmente aos cinemas, após vários adiamentos da estreia por causa da pandemia. Retirado do serviço activo e instalado na Jamaica, Bond é visitado pelo seu amigo Felix Leiter, da CIA, que lhe pede para o ajudar a resgatar um cientista raptado, o que leva 007 a enfrentar um misterioso vilão.

Estreia dia 30 de Setembro.

Publicidade

‘Titane’, de Julia Ducournau

Vencedor do Festival de Cannes e interpretado por Vincent Lindon e Agathe Rousselle, Titane remete ao cinema de terror corporal de David Cronenberg, e não só por envolver situações eróticas entre humanos e carros. É a história de Alexia, que desapareceu quando era pequena após ter ficado seriamente ferida num desastre de automóvel, e reaparece adulta como serial killer.

Estreia dia 7 de Outubro.

‘Duna’, de Denis Villeneuve

Após a subvalorizada adaptação feita por David Lynch em 1984, e de uma indiferente versão para televisão em 2000, eis agora a primeira parte da adaptação do clássico de ficção científica de Frank Herbert feita por Denis Villeneuve. A história passa-se num futuro muito distante, numa sociedade intergaláctica de características feudais. Com Timothée Chalamet, Rebecca Ferguson, Charlotte Rampling e Stellan Skarsgard.

Estreia dia 21 de Outubro.

Publicidade

‘O Último Duelo’, de Ridley Scott

É na França do século XIV que se passa o novo filme de Ridley Scott, interpretado por Matt Damon, Ben Affleck, Adam Driver e Jodie Comer. A mulher de um nobre, corajoso e respeitado cavaleiro acusa o melhor amigo deste, um escudeiro muito considerado na corte, de a ter violado, e aquele desafia-o para um duelo que é sancionado pelo rei em pessoa.

Estreia dia 21 de Outubro.

‘The French Dispatch’, de Wes Anderson

Em meados dos anos 50, numa cidade francesa fictícia, os jornalistas de uma revista americana que ali se publica estão a preparar o número final, de onde constam as três melhores histórias da última década. Descrito por Wes Anderson como “uma carta de amor ao jornalismo”, este filme conta com actores como Timothée Chalamet, Willem Dafoe ou Léa Seydoux.

Estreia dia 11 de Novembro.

Publicidade

‘Benedetta’, de Paul Verhoeven

O novo filme do eternamente provocador Paul Verhoeven conta a história real da irmã Benedetta Carlini, uma freira italiana do século XVII, que tinha visões perturbantes e eróticas, e acabou por se envolver numa ligação lésbica com outra freira. Foi acusada de milagres falsos bruxaria, homossexualidade e encarcerada durante 35 anos. Com Virgine Efira, Charlotte Rampling, Daphne Patakia e Lambert Wilson.

Estreia dia 25 de Novembro.

‘Mães Paralelas’, de Pedro Almodóvar

As mulheres, sempre as mulheres a dominar o cinema de Pedro Almodóvar. Penélope Cruz e Aitana Sánchez-Gijón, Milena Smit e Rossy De Palma encabeçam o elenco deste Mães Paralelas. Janis e Ana partilham o mesmo quarto do hospital onde vão dar à luz. Ambas são mães solteiras e engravidaram por acidente. Ana é adolescente, Janis de meia-idade e vão criar uma ligação que mudará a vida de ambas.

Estreia dia 2 de Dezembro.

Publicidade

‘West Side Story’, de Steven Spielberg

Só mesmo um cineasta com os pergaminhos e o poder de Steven Spielberg se atreveria a filmar um remake de Amor Sem Barreiras, o musical clássico de 1961 assinado por Robert Wise e Jerome Robbins a partir da produção da Broadway, e vencedor de dez Óscares. Spielberg manteve a acção em Nova Iorque e nos anos 50 do original, recrutando um elenco de jovens actores quase todos desconhecidos.

Estreia dia 8 de Dezembro.

‘The Matrix Resurrections’, de Lana Wachowski

Keanu Reeves volta a ser Neo e Carrie-Anne Moss regressa ao papel de Trinity neste quarto filme da série de culto The Matrix, realizado por Lana Wachowski, uma das duas criadores da trilogia original. Faltam, do elenco principal original, Laurence Fishburne e Hugo Weaving.

Estreia dia 16 de Dezembro.

Mais para ver

  • Filmes

Já sabemos que a oscilação de conteúdos faz parte. Isto é, o que hoje temos disponível, amanhã desaparece sem deixar rasto. Por isso, tudo o que lhe pedimos é que mergulhe rapidamente nesta lista.

  • Filmes

Há cada vez mais e melhores séries de super-heróis na televisão. Dos personagens da DC no chamado Arrowverse – Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e companhia – à comitiva da Marvel na Netflix e no Disney+, passando pelos inúmeros vigilantes (e não só) que se desdobram por outros canais e plataformas, sem se inserirem num complexo universo partilhado, com Watchmen da HBO à cabeça.

Publicidade
  • Filmes

São várias as produções e co-produções nacionais a não perder na HBO, incluindo Auga Seca, a primeira série portuguesa a dar entrada nas plataformas de streaming internacionais. Entre nomeados e premiados, inclusive com Globos de Ouro, fizemos uma selecção de dez filmes e séries portuguesas que tem de ver na HBO.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade