Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As estreias de cinema que não pode perder até ao final do ano
007 No Time To Die
© IMDB Daniel Craig em '007 No Time To Die'

As estreias de cinema que não pode perder até ao final do ano

Depois da reabertura dos cinemas, o sector começa a voltar à normalidade. Tome nota das estreias que não perder até ao fim do ano

Por Eurico de Barros e Tiago Neto
Publicidade

Chamar a 2020 um ano confuso e atípico é um eufemismo. Música, teatro, eventos, estreias, tudo foi, de uma forma ou de outra, cancelado ou adiado. A sétima arte foi, também ela, afectada pela pandemia, com títulos forçosamente empurrados para outras datas, ou sem altura para chegar às salas. Mas o desconfinamento já se vai sentindo e, com a reabertura dos cinemas, a agenda vai finalmente tomando alguma normalidade. Com isto em mente, preparámos uma lista de dez filmes com datas de estreia actualizadas para não perder o fio à meada até ao final do ano. São as estreias de cinema que não pode perder.  

Recomendado: Os filmes originais Netflix que tem de ver

As estreias de cinema que não pode perder até ao final do ano

1. Surdina

Esta é uma história da delicadeza de se ser velho, do que resta ainda para sonhar e para amar quando a idade avança significativamente e o corpo se enfraquece. Realizado por Rodrigo Areias, com argumento de Valter Hugo Mãe e banda sonora de Tó Trips, Surdina é um dos títulos mais aguardados do ano em Portugal.

Estreia a 9 de Julho

2. O Homem que Matou Dom Quixote

Terry Gilliam demorou quase 20 anos até conseguir filmar esta história de um jovem realizador americano (Adam Driver) que se vê envolvido com um sapateiro espanhol (Jonathan Pryce) que afirma ser Dom Quixote, e é arrastado para uma aventura irreal. Parcialmente rodado em Portugal.

Estreia a 9 de Julho

Publicidade

3. Boss Level – O Último Nível

Boss Level – O Último Nível conta a história de um oficial aposentado das forças especiais que fica preso num ciclo interminável, revivendo o dia da sua morte vezes sem conta. O filme de Joe Carnahan marca o regresso de Mel Gibson ao grande ecrã, acompanhado por Naomi Watts.

Estreia dia 23 de Julho 

4. Mulan

Yifei Liu personifica a heroína do título nesta versão em imagem real da longa-metragem animada da Disney de 1998. A jovem Mulan faz-se passar por um guerreiro chamado Hua Jun para tomar o lugar do pai, que está doente, e ir combater os invasores da China. Niki Caro realiza.

Estreia a 23 de Julho

Publicidade

5. Mulher-Maravilha 1984

Patty Jenkins volta a filmar a super-heroína da DC, interpretada por Gal Gadot, nesta sequela do filme da Mulher-Maravilha de 2017. A história, como se percebe pelo título, passa-se agora em 1984, durante a Guerra Fria.

Estreia a 13 de Agosto

6. O Rei de Staten Island

Scott (Pete Davidson) tem sido um caso de desenvolvimento interrompido desde a morte do pai, um bombeiro. Agora, passa os dias a fumar erva e a sonhar em ser um tatuador, até que os eventos o forçam a lidar com a sua dor e dar os primeiros passos na vida. Um filme de Judd Apatow. 

Estreia a 20 de Agosto

Publicidade

7. Soul

A Pixar está de volta com esta animação realizada por Pete Docter e Kemp Powers, em que Jamie Foxx dá voz à personagem principal, um músico chamado Joe Gardner que perdeu a paixão pela sua arte. Transportado para fora do seu corpo, Joe vai ter de encontrar o caminho de volta com a ajuda da alma de uma criança (Tina Fey).

Estreia a 19 de Novembro.

8. 007: Sem Tempo Para Morrer

Daniel Craig continua a ser James Bond no 25.º filme da série, realizado por Cary Joji Fukunaga. Apesar de ter deixado o serviço activo, 007 vai ajudar o seu amigo da CIA, Felix Leiter, quando este o chama para o ajudar a salvar um cientista raptado e combater um misterioso vilão, Safin (Rami Malek).

Estreia a 25 de Novembro.

Publicidade

9. West Side Story

Steven Spielberg atreveu-se a rodar um remake do famosíssimo e oscarizado musical de 1961. assinado por Robert Wise e Jerome Robbins, sobre a rivalidade entre dois gangues de Nova Iorque, os Jets e os Sharks, e os dois membros destes que se apaixonam pela mesma rapariga. Com Ansel Elgort, Rachel Zeglar e Rita Moreno, que entrou no original.

Estreia a 17 de Dezembro

10. Top Gun: Maverick

Maverick (Tom Cruise) tem mais de 30 anos de serviço e é um dos pilotos mais considerados da Marinha dos EUA, que vai agora confrontar-se com uma nova realidade: os drones. Joseph Kosinski dirige a continuação do filme realizado em 1986 por Ridley Scott. 

Estreia a 23 de Dezembro

Mais para ver

Leaving Neverland
©IMDB

Oito documentários para ver na HBO

Filmes

Para já, há alguns títulos que devem fazer parte da lista de obrigatórios; histórias de crime, de fraude, histórias de impérios que se perdem e voltam a erguer-se, histórias de coragem contra sociedades e governos e mentalidades. Estes oito documentários na HBO são alguns dos melhores que se encontram pelo vasto mundo do streaming, e só tem de se sentar e vê-los.

Publicidade
Call Me By Your Name
©IMDB

Os melhores filmes gay

Filmes

Não é que a posição da indústria em relação ao assunto seja unânime, mas há cada vez mais espaço para grandes histórias que, numa outra altura, teriam ficado arquivadas na gaveta. Ainda bem que assim o é, caso contrário, títulos como Felizes Juntos; Os Rapazes Não Choram ou Moonlight, nunca teriam chegado à tela. Na lista abaixo estão 13 filmes gay essenciais a qualquer cinéfilo. Arranje tempo e não lhes tire os olhos de cima. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade