Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Festival PLAY: estes filmes não são para meninos
Festival PLAY
Festival PLAY

Festival PLAY: estes filmes não são para meninos

O PLAY é o festival de cinema infantil e juvenil de Lisboa, mas – aqui entre nós – é uma excelente oportunidade para ver animação da boa. Mesmo se já é graúdo.

Por Vera Moura Moura e Raquel Dias da Silva
Publicidade

Sonhamos quase sempre de luz apagada. Mas desta vez há que manter os olhos bem abertos, para sonhar no escurinho do cinema. “Cinema para Sonhar” foi o tema escolhido para 8.ª edição do PLAY – Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil de Lisboa, que vai voltar à cidade já no próximo fim-de-semana, 26 e 27 de Junho, mas também em Julho, nos dias 3, 4, 17 e 18. A programação, espalhada pelas salas do Cinema São Jorge e da Cinemateca Júnior, inclui mais de uma centena de filmes de todo o mundo, mas também actividades para as famílias, desde ateliês e conversas sobre a sétima arte até cine-concertos. “Somos um festival de Inverno e agora vamos experimentar o Verão”, diz ao telefone a co-directora Catarina Ramalho. “Creio que será o primeiro evento infantil, desta envergadura, com estas condicionantes, que nada têm a ver com o que é ser criança, mas esperamos proporcionar um momento de convívio ultra-seguro.” Apaguem as luzes! O filme – e os sonhos – vão começar.

Recomendado: Filmes de animação que ganharam um Óscar

O melhor do PLAY 2021

PLAY
PLAY
Festival PLAY

1. Para bebés (1-2 anos)

No PLAY, bastam 15 minutos para começar uma carreira de espectador. É precisamente esta a duração das sessões para bebés (Sáb 26/06 10.00, Dom 27/06 18.30, Dom 04/07 11.15 e Sáb 17/07 17.30), que são convidados a viver a sua primeira experiência de cinema em família. As sessões não são propriamente temáticas, mas a maior parte dos filmes conta com a presença de animais, inclusive como protagonistas. Entre as curtas-metragens programadas, encontram-se vários episódios de Crias, uma série de animação luso-francesa sobre os hábitos de dormir de espécies de animais diferentes.

Festival PLAY
Festival PLAY
Festival PLAY

2. Para crianças (3-5 anos)

Para Catarina Ramalho, um dos maiores destaques desta edição é o cine-concerto (Sáb 03/07 17.00) com música de Manuel João Vieira e a exibição de quatro curtas-metragens de animação dos anos 80, realizadas pelos italianos Giulio Gianini e Emanuele Luzzati. “Habitualmente, o Manuel não faz coisas para crianças, mas foi pai há pouco tempo. A sessão tem tudo para ser muito especial. Ele não só vai tocar ao vivo como fez a dobragem dos filmes”, revela Catarina, que enfatiza ainda a presença de Natalia Chernysheva, com uma sessão especial de filmes da realizadora russa (Dom 04/07 15.30), seguida de uma conversa com a própria. “Quem está familiarizado com o cinema infantil, certamente reconhecerá a sua primeira curta-metragem, Floco de Neve, muito conhecida dentro do circuito.”

Publicidade
Festival Play
Festival Play
Festival PLAY

3. Para miúdos (6-9 anos)

Entre a programação prevista para esta faixa etária, destaca-se a exibição da Turma da Mônica (Dom 27/06 11.00 e Sáb 17/07 14.30), uma longa-metragem de Daniel Resende, com imagem real. Baseada na série de banda desenhada homónima, promete encantar pequenos e grandes com as aventuras de Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão. Mas esta não é a única aposta intergeracional a não perder. Estão ainda previstas duas sessões de homenagem a Vasco Granja (Dom 27/06 e Sáb 03/07 14.45), o grande divulgador em Portugal do cinema de animação. “A sua filha, Cecília Granja, cedeu cassetes VHS com várias apresentações de filmes feitas pelo pai nos programas da RTP”, conta. “Vamos exibir alguns dos filmes mais icónicos, como a Pantera cor-de-rosa e o Professor Balthazar.”

PLAY
PLAY
Festival PLAY

4. Para pré-adolescentes (10-13 anos)

A co-directora do festival destaca, desde logo, a longa Felicidade de A a Z (Dom 27/06 17.00 e Sáb 17/07 17.30), baseada no livro My Life as an Alphabet, de Barry Jonsberg. Este filme de John Seedy, que se destacou no festival de Berlim em 2020, convida-nos a conhecer Candice, uma rapariga de 12 anos, que não só enfrenta as incertezas da adolescência iminente como inventa vários esquemas estranhos para fazer a sua família feliz. “Temos ainda duas sessões de curtas-metragens, que lidam com vários problemas actuais, nomeadamente a questão do género, com a história de um rapaz que quer fazer danças de salão mas é gozado na escola.”

Lisboa dos pequenitos, bairro a bairro

Danças com história palácio nacional de sintra
PEDRO LOPES

Coisas para fazer com as crianças em Sintra

Miúdos

Lá no cimo da montanha, não faltam coisas para descobrir: parques e jardins a compor o cenário bucólico; restaurantes para comer perto da vila, no meio da serra ou quase com os pés na areia; praias paradisíacas; hotéis onde vale a pena pernoitar e dezenas de coisas para fazer. Quer levar os miúdos a reboque? Nesta lista encontra duas mãos cheias de ideias para entreter os mais pequenos em Sintra.

dia da criança
Fotografia: Ashton Bingham/ Unsplash

Actividades ao ar livre para crianças em Lisboa

Miúdos

Está com vontade de explorar a cidade, mas anda com os miúdos de atrelado? Há propostas de coisas para fazer ao ar livre para si e para eles. Com o bónus, atenção, de o ajudar a tirar-lhes a energia sem dar cabo do orçamento. Desde jardins e parques para jogos em família até miradouros e roteiros de arte urbana para ver as vistas, estas sãos as melhores actividades ao ar livre para crianças em Lisboa e arredores.

Publicidade
Bailarina Rosa
©DR

Fim-de-semana perfeito em família

Miúdos

Teatro, cinema, passeios, exposições, workshops de tudo e mais alguma coisa, sessões de leitura, visitas guiadas e muito mais actividades para descobrir Lisboa e arredores, sempre com os miúdos a reboque (sejam bebés ou pré-adolescentes). Se ao longo do ano há mais de 101 coisas para fazer com crianças na cidade, num fim-de-semana perfeito em família também não queremos que lhe falte nada.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade