Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os musicais de Andrew Lloyd Webber que melhor chegaram ao cinema
Cats 1998
DR

Os musicais de Andrew Lloyd Webber que melhor chegaram ao cinema

Na semana em que se estreia 'Cats', propomos uma lista com os musicais de Andrew Lloyd Webber que passaram do palco para a tela

Por Eurico de Barros
Publicidade

Autor de alguns dos musicais mais aclamados, premiados e lucrativos das últimas décadas, quer no West End londrino, quer na Broadway novaiorquina, Andrew Lloyd Webber foi certa vez classificado por um dos seus pares como tendo "revolucionado praticamente sozinho" este formato artístico e o teatro musical. Esta semana estreia-se em Portugal Cats, realizado por Tom Hooper, adaptação ao cinema do musical que Lloyd Webber tirou do livro de poemas de T.S. Eliot Old Possum's Book of Pratical Cats e que é o seu mais estrondoso e longevo êxito. Eis os musicais de Andrew Lloyd Webber que melhor chegaram ao cinema.

Recomendado: Os melhores filmes musicais deste século

Os musicais de Andrew Lloyd Webber que melhor chegaram ao cinema

‘Jesus Cristo Superstar’, de Norman Jewison (1973)

Este foi o primeiro musical – ou ópera rock – da autoria de Andrew Lloyd Webber a ser adaptado ao cinema, com um argumento assinado pelo escritor, ensaísta e crítico inglês Melvyn Bragg e rodado inteiramente em Israel, tendo-se tornado num dos filmes favoritos do então Papa Paulo VI, pela sua representação inovadora da vida e Paixão de Cristo. Mas tal como tinha acontecido com o musical no palco, esta versão cinematográfica foi atacada por vários grupos e organizações religiosas e acusada quer de “anti-semitismo”, quer de “blasfémia”.

‘Evita’, de Alan Parker (1996)

Numa primeira versão, esta adaptação à tela do musical sobre a carismática mulher do ditador argentino Juan Péron esteve para ser realizada por Oliver Stone, com Michelle Pfeiffer no papel principal, para o qual chegou a ter lições de canto. Madonna conseguiria o papel de Evita depois de escrever a Alan Parker, enumerando as razões pela qual achava que deveria ser ela a interpretá-lo. Patti LuPone, que foi a Evita original na Broadway, não só recusou o papel da mãe desta, como também, despeitada, nunca viu o filme.

Publicidade

‘Cats’, de David Mallet (1998)

Muitos anos antes da presente adaptação ao cinema assinada por Tom Hooper, Cats foi filmado numa produção destinada ao mercado de home vídeo, mas que também acabou por ter estreia comercial em sala nalguns países europeus. Esta versão de Cats foi rodada no Adelphi Theatre, em Londres, com um elenco quase totalmente escolhido para o efeito, com muito poucos “repetentes” da versão original de palco. Destaque para as presenças, em dois dos papéis principais, de Elaine Paige e do veterano Sir John Mills.

‘Joseph and the Amazing Technicolor Dreamcoat’, de David Malllet (1999)

Tal como tinha acontecido com Cats, esta versão filmada do musical baseado na história bíblica de José (o segundo da carreira de Andrew Lloyd Webber, e que começou por ser, segundo este, uma “cantata pop” com apenas 15 minutos), que foi vendido como escravo pelos irmãos e se tornou num dos homens mais poderosos do Egipto, foi originalmente rodada para home video, tendo, como aquela, estreado em vários países. O elenco é liderado por Donny Osmond, Joan Collins e Sir Richard Attenborough.
Publicidade

‘By Jeeves’, de Alan Ayckbourn e Nick Morris (2001)

O dramaturgo e encenador inglês Sir Alan Ayckbourn escreveu o libreto original deste musical de Andrew Lloyd Webber baseado nas personagens dos livros de humor de P.G. Wodehouse, um aristocrata atontado e o seu sensato mordomo e foi nele que o compositor confiou para rodar este telefilme, a meias com Nick Morris. By Jeeves foi um fracasso quando da estreia em Londres, em 1975. Em 1996 foi totalmente reescrito pelos seus actores, conhecendo então uma nova e muito melhor recepção crítica e comercial e dando origem a esta versão filmada.

‘O Fantasma da Ópera’, de Joel Schumacher (2004)

Desde finais dos anos 80 que Lloyd Webber queria transportar para o cinema este musical (adaptado do célebre e muito filmado livro de Gaston Leroux), estreado em 1986 e um dos seus maiores sucessos, mas isso só aconteceu muitos anos mais tarde, devido a várias circunstâncias. Gerard Butler interpreta o Fantasma e Emily Rossum é Christine, e o filme foi muito maltratado pela crítica, embora tenha obtido óptimos resultados comerciais. John Travolta, Antonio Banderas e até Meat Loaf chegaram a ser considerados para o papel do Fantasma.

Quando a música e o cinema se casam

walk the line
©DR

Sete filmes sobre músicos

Filmes

Filmar a vida dos músicos é vulgar. Fazê-lo bem (há um longo rol de películas medíocres) é outra conversa. Com as injustiças próprias de uma lista, esta orienta-se pela qualidade cinematográfica propriamente dita, isto é, por esse raro saber de equilibrar a obra e a vida de um músico com a sétima arte. 

The Beatles por Norman Parkinson
Norman Parkinson

Dez filmes com os Beatles e muitos beatlemaníacos

Filmes

Fomos buscar uma dezena de filmes com os Beatles, entre ficções, animações e documentários, e que incluem clássicos como a estreia dos Fab Four no cinema, que em Portugal teve um título surreal, Os Quatro Cabeleiras do Após-Calipso, a animação de culto O Submarino Amarelo ou a comédia Beatlemania, realizada por Robert Zemeckis em 1978.

Publicidade
Amy Winehouse
@DR

Seis cantoras, seis documentários

Filmes

Madonna, Patti Smith, Nina Simone, Amy Winehouse, Janis Joplin e Whitney Houston. Eis as seis cantoras – algumas delas também compositoras e autoras – que surgem em seis documentários que as apanham no palco, nos bastidores e em privado, e que lhes contam as vidas, algumas delas agitadas, complicadas e finalmente trágicas, como foi o caso das de Janis Joplin, Amy Winehouse e Whitney Houston.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Também poderá gostar

        Publicidade