Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores séries originais da Amazon Prime
Fleabag
Amazon Fleabag

As melhores séries originais da Amazon Prime

O que distingue as plataformas de streaming são os conteúdos originais. Eis algumas séries que pode ver na Amazon Prime

Por Sebastião Almeida e Raquel Dias da Silva
Publicidade

No mundo das plataformas de streaming e da criação de conteúdos originais, há muitas opções por onde escolher. A Amazon lançou o seu serviço pago de streaming de séries e filmes em Portugal, em 2016, e continua a conquistar novos assinantes e a apostar na criação de conteúdos originais feitos e protagonizados por nomes sonantes. A adaptação da obra de Philip K. Dick, The Man in The High Castle, foi uma das primeiras apostas bem-sucedidas. Seguiram-se Transparent, The Marvelous Mrs. Maisel, Fleabag e outras séries originais da Amazon Prime.

Recomendado: Dez filmes na Amazon Prime que vai gostar de ver

As melhores séries originais da Amazon Prime

1. Bosch

É uma série policial inspirada nos livros de Michael Connelly e que tem como protagonista Harry Bosch (Titus Welliver), um detective da Brigada de Homicídios da polícia de Los Angeles. Um homem solitário, de feitio contrário à autoridade e criatura da noite. Nas suas investigações, Bosch gosta de seguir os seus instintos e não recua ante contornar as regras se tal for necessário. O que ele sempre quer é fazer justiça.

2. Carnival Row

Esta série de fantasia vitoriana, protagonizada por Cara Delevigne e Orlando Bloom, estreou-se em 2019 e não demorou muito a ser renovada para uma segunda temporada. A história passa-se numa realidade alternativa onde humanos convivem com criaturas mitológicas imigrantes, embora nem sempre em harmonia. Mas quando uma série de homicídios revela um monstro inimaginável, a delicada paz da cidade entra em colapso e os movimentos políticos de supremacia humana (com um discurso semelhante a vários líderes populistas da vida real) tornam-se cada vez mais populares.

Publicidade

3. Fleabag

Considerada uma das melhores séries originais da Amazon, a criação de Phoebe Walker-Bridge começou bem, mas tornou-se ainda melhor na segunda temporada. Venceu vários prémios Emmy e o título ilustra bem o que ali é narrado: uma mulher à procura de amor e estabilidade numa vida, por vezes, atribulada, que vai saltando de homem em homem. Tem tudo para ser a típica comédia, mas é muito mais do que isso.

4. Forever

June (Maya Rudolph) e Oscar (Fred Armisen) vivem uma confortável vida de casados até que a sua relação de longa-duração sofre uma mudança inesperada. A série de Alan Yang e Matt Hubbard mostra como os hábitos e idiossincrasias de cada um podem afectar as pessoas de quem gostamos. A escrita encontra-se uns furos acima da média, tal como a prestação dos actores. 

Publicidade

5. Good Omens

Escrito por Neil Gaiman e Terry Pratchett em 1990, o livro de fantasia Good Omens chegou à plataforma de streaming em 2019, com o próprio Neil Gaiman como um dos showrunners. Ambientada no ano de 2018, a minissérie de seis episódios segue o demónio Crowley (David Tennant) e o anjo Aziraphale (Michael Sheen). Juntos, numa aliança improvável, vão tentar impedir o apocalipse, procurando impedir a vinda do anticristo e com ele a batalha final entre o Céu e o Inferno. Tudo porque estão habituados às suas vidas confortáveis em Inglaterra.

6. Hanna

Realizada por David Farr, esta série original da Amazon Prime resgata a trama do filme homónimo de 2011, protagonizado por Saoirse Ronan e Cate Blanchett. O primeiro episódio apresenta a premissa da história: Erik (Joel Kinnaman) salva um bebé, ao mesmo tempo que escapa à perseguição dos agentes secretos que mataram brutalmente a sua namorada e mãe da criança. Criada por ele no meio da floresta, Hanna (Esme Creed-Miles) é treinada em técnicas de combate, caça e espionagem, tornando-se numa pequena assassina letal. Mas tudo começa a desmoronar quando Marissa (Mireilles Enos) descobre a localização dos dois.

Publicidade

7. Marvelous Mrs. Maisel

Anos 1950, Nova Iorque. Midge Maisel (Rachel Brosnahan) vive a vida perfeita até que descobre que o seu marido a trai com a secretária. Acaba num bar, desgostosa e consideravelmente intoxicada, e protagoniza um excelente espectáculo de stand-up enquanto se queixa da vida. A partir dessa noite, Mrs. Maisel passa a esconder  a faceta de comediante da família e do seu ex-marido, ao mesmo tempo que se debate com episódios de sexismo e uma competição feroz no circuito do humor nova-iorquino. Inspirada subtilmente na carreira da comediante Joan Rivers, a série é um dos maiores trunfos da Amazon. Prova disso são os prémios que tem arrecadado.

8. Modern Love

Baseada na coluna semanal do diário norte-americano The New York Times sobre relações, sentimentos, traições e revelações, esta série adapta para o pequeno ecrã as histórias que, ao longo de 15 anos, têm sido narradas naquela coluna do jornal. When the Doorman is Your Main Man, de Julie Margaret, When Cupid is a Prying Journalist, de Deborah Copaken, Take Me as I Am, Whoever I Am, de Terri Cheney  ou Rallying to Keep the Game Alive, de Ann Leary são alguns dos textos que deram origem aos oito episódios da série lançada em Outubro de 2019. O elenco é composto por grandes nomes como Anne Hathaway e Dev Patel. 

Publicidade

9. Sneaky Pete

A série criada por David Shore (House) e por Bryan Cranston (Breaking Bad), que também tem um papel de vilão, conta a história de Marius Josipovic (Giovanni Ribisi), um ex-condenado que, quando posto em liberdade, assume a identidade do seu antigo companheiro de cela, Pete Murphy (Ethan Embry). Marius é aceite pela família de Pete, que não o vê desde pequeno, e entra no negócio de família, mas o seu verdadeiro objectivo passa por roubar muito dinheiro à família adoptiva para se conseguir livrar da dívida avultada que tem para com um gangster sem escrúpulos.

10. The Boys

É uma das séries originais mais interessantes da Amazon, baseada na série de banda desenhada de Garth Ennis e Darick Robertson que satiriza a cultura de super-heróis. Billy Butcher (Karl Urban) é um tipo dedicado a destruir o grupo de super-heróis mais famoso do mundo, conhecido como Os Sete, nesta comédia negra que levanta uma questão pertinente: e se os super-heróis fossem sociopatas? A primeira temporada estreou-se em 2019 e já está confirmada uma segunda.

Publicidade

11. The Expanse

Estreou-se em 2015, no SYFY, mas acabou por ser cancelada ao fim de três temporadas, em 2018. Os fãs, insatisfeitos, fretaram um avião para voar por cima dos escritórios da Amazon Prime com uma faixa, na esperança de quem alguém notasse e quisesse trazê-la de volta. A empresa de Jeff Bezos decidiu voltar a pegar na série e garantiu, para já, duas novas temporadas. Inspirada nos livros de Daniel Abraham e Ty Franck, que escrevem sob o pseudónimo de James S.A Corey, passa-se no futuro, depois de a humanidade ter colonizado o Sistema Solar. Quando uma jovem desaparece e se disputa tecnologia alienígena, estes planetas entram em guerra entre eles.

12. The Man in The High Castle

O livro de Philip K. Dick deu origem a um dos mais aclamados conteúdos originais da Amazon Prime. Passa-se num mundo em que a Alemanha nazi e o Japão controlam o território norte-americano. A maior esperança da resistência são os filmes clandestinos que mostram uma aparente realidade alternativa em que os Estados Unidos e os Aliados venceram a guerra. O Homem do Castelo Alto, como é conhecido no submundo que luta contra os ocupantes, é o responsável por estes vídeos que são encarados como propaganda mas, na verdade, podem ser muito mais que isso.

Publicidade

13. Transparent

Mort Pfefferman (Jeffrey Tambor) decide assumir a sua verdadeira identidade e iniciar a transição de homem para mulher. Maura, como quer ser tratada, procura então apoio na família e amigos, mas nem sempre isso acontece. E à medida que a série evolui, os segredos dela e dos seus filhos vão sendo descobertos. Mais do que o processo de transição da protagonista, o que Transparent mostra é a convivência de uma família disfuncional de Los Angeles com problemas de relacionamento e como os seus segredos os afectam. 

14. Undone

Criado por Kate Purdy e Raphael Bob-Waksberg (BoJack Horseman), Undone é uma série animada sobre uma jovem mulher que tenta desvendar o seu passado e descobrir como o seu pai foi morto. Rosa Salazar é Alma Winograd-Diaz, que é transposta para o pequeno-ecrã em desenho. A jovem leva a sua vida mundana, até que um acidente quase fatal lhe provoca visões do seu falecido pai. Nestas aparições, o pai convence-a a viajar no tempo na esperança de que consiga alterar o curso dos acontecimentos e evitar a sua morte. Tudo isto provoca alterações na suas relações e faz com que os que são mais próximos dela questionem o seu bem-estar mental.

Mais séries para ver

Feud: Bette and Joan
©IMDB

As melhores séries do momento

Filmes

Não param de se estrear novas e boas séries. Com a chegada da Netflix, HBO, Amazon Prime e outras tantas ao radar nacional, a vida ficou bastante mais complicada. No bom sentido, claro; é que o que não falta são produções muito bem conseguidas para ver. Tenha atenção aos spoilers que aqui vai ver e siga as nossas sugestões das melhores séries do momento.

The Two Popes
©IMDB

Os filmes originais Netflix que tem de ver

Filmes

Era quase impossível encontrar melhor timing para lhe darmos conteúdo deste. Sim, deste que requer pouco mais do que agarrar no comando, sentar-se ou deitar-se, ajeitar as almofadas, escolher o conteúdo e carregar. Fácil ao nível do exercício físico, talvez não tanto ao do psicológico. É que são 22 filmes originais Netflix, o que quer dizer que há muita coisa à qual deitar o olho e, depois de começar, dificilmente vai querer voltar atrás. 

Publicidade
Leaving Neverland
©IMDB

Oito documentários para ver na HBO

Filmes

A oferta ainda não é muita nesta parcela de entretenimento. Mas a HBO caminha para construir uma biblioteca de ofertas cada vez mais variada e espera-se que chegue a Portugal uma boa tranche daquilo que está disponível na plataforma do lado de lá do Atlântico. Para já, há alguns títulos que devem fazer parte da lista de obrigatórios. Estes oito documentários na HBO são alguns dos melhores que se encontram pelo vasto mundo do streaming, e só tem de se sentar e vê-los.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade