A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Quinta Pedagógica dos Olivais, Animais, Cabras
©Duarte DragoQuinta Pedagógica dos Olivais

Quintas pedagógicas: leve-os ao campo sem sair da cidade

Burros, ovelhas, porcos e hortas perto de Lisboa? Sim. Nas quintas pedagógicas à volta da cidade, as crianças podem ver como se está bem no campo.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Vera Moura
e
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Entre os enormes arranha-céus e a poucos quilómetros das avenidas cheias de carros e motas, há espaços verdes com animais do campo, hortas biológicas, pomares e actividades rurais que os miúdos nunca pensaram experimentar, como a lavoura, fazer pão em forno de lenha ou dar banho à bicharada. Se os seus filhos pensam que o leite nasce no pacote e que a fruta vem do supermercado, está na hora de os levar a estas quintas pedagógicas em Lisboa e arredores. No fim, o mais difícil vai ser regressar à cidade.

Recomendado: Piscinas naturais em Portugal para mergulhar na natureza

Quintas pedagógicas: leve-os ao campo sem sair da cidade

  • Miúdos
  • Encarnação

Não é preciso bater continência ao Lanceiro, mas o cavalo esteve ao serviço da Polícia Florestal durante 17 anos, a patrulhar os parques de Monsanto e de Alvalade, por isso respeitinho. A gozar da reforma na Quinta Pedagógica dos Olivais desde 2009, este pura raça lusitano não está sozinho: conta com a companhia do cisne australiano Duque, do burro Bucho e de muitos outros animais como periquitos, faisões, galos, galinhas, codornizes, pavões, ovelhas, porcos, vacas, cabras, bodes, gansos e patos reais. Inscreva os miúdos num dos muitos ateliês que a quinta vai organizando: vão ficar a saber mais de cerâmica e de tosquia e até aprender a fazer pão em forno de lenha. É capaz de dar jeito para o pequeno-almoço de toda a família, não lhe parece?

  • Miúdos
  • Sintra

Os passeios de burro pela Serra de Sintra organizados por Jorge Correia começaram por ser uma brincadeira, mas transformaram-se numa coisa mesmo a sério: uma quinta pedagógica enorme, onde há póneis, coelhos, porcos e ovelhas. Os burros continuam a ser as estrelas da companhia: o Tico e o Teco até já foram à escola (literalmente, a uma escola da vila). Há espaço para festas de aniversário e asinoterapia para crianças com necessidades especiais educativas (perturbações do espectro do autismo e Síndrome de Down, por exemplo). Já na loja pode aproveitar para levar umas lembranças para casa, como sabonetes ou cremes corporais e de rosto de leite de burra.

Publicidade
  • Atracções
  • Quintas
  • Sintra

A Quinta do Pisão compreende um total de 380 hectares no Parque Natural Sintra-Cascais. Não é coisa pouca, portanto, aquilo que tem para apresentar aos miúdos que gostem da natureza. Aqui há cavalos, ovelhas, burros lanudos – para passeios – e outros animais selvagens como coelhos ou perdizes. Pode lá ir colher alimentos directamente da terra, aprender mais sobre a flora da zona, fazer passeios a pé, de bicicleta e até de segway. Importante é ir.

  • Coisas para fazer
  • Sintra

O Cantinho dos Póneis é uma associação que se preocupa em promover a vida rural de uma forma didáctica, pedagógica e interactiva. O programa familiar inclui visita guiada com monitor e a oportunidade de alimentar e interagir com os diferentes animais da quinta, desde os dromedários e as lamas até às alpacas, aos póneis, às cabras e às ovelhas anãs. Está também prevista uma actividade direccionada para as crianças. Há ainda um insuflável profissional, um parque infantil e um campo de futebol. É necessário fazer reserva online. O preço dos bilhetes varia entre 8,65€ (até aos 12 anos) e os 9,90€.

Publicidade
  • Miúdos
  • Campolide

Não acha que está na hora de eles conhecerem outros cereais para além das Estrelitas e do Chocapic? Passem pela quinta do Zé Pinto, que ao longo de dois hectares tem trigo duro, trigo mole, cevada e tremocilha. Os miúdos podem aprender como uma semente se desenvolve até chegar ao prato e ver as geringonças que se usam na lavoura, como a alfaia e a grade de discos. Mais divertido é quando chegam à horta da Tia Alice e todos enterram as mãos na terra. Ervilhas e favas disputam o espaço com couves, tomates, beringelas, morangos, melancias e ervas aromáticas. Os vizinhos são prédios muito altos, mas na Quinta do Zé Pinto mais parece que se está longe, muito longe da cidade.

  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

É um esticão mas vale a pena. A 40 minutos de Lisboa, a Quinta Pedagógica da Caria orgulha-se de proporcionar experiências sensoriais através de visitas guiadas, workshops e dos produtos de agricultura biológica à venda. Na horta, encontra legumes e aromáticas e pode recebê-los semanalmente num cabaz de produtos frescos da época, sem ter de se preocupar em ir à mercearia. Há ainda um estábulo, com ovelhas, cabras, galináceos e os amistosos burros Louro e Estrela, que podem ser escovados e alimentados pelos miúdos. Já no parque infantil, com uma pista de carro a pedais, a diversão também é garantida. Se ainda tiver energia, sempre pode fazer observação de aves: há águias-de-asa-redonda, alvéolas-brancas, andorinhas-de-beirais, bicos-de-lacre, pintassilgos e muito mais.

Publicidade
  • Atracções
  • Quintas
  • Grande Lisboa

A quase dez quilómetros de Setúbal, a Herdade de Gâmbia desenvolve-se ao longo da margem direita da Ribeira da Marateca, com uma área de cerca de 600 hectares. E tem uma quinta pedagógica com várias actividades para pais e filhos. O programa oferece a oportunidade de passar uma tarde ou manhã no campo. O melhor: esta proposta dá direito a um mapa da herdade, uma manta, para estender e piquenicar a seu bel-prazer, e uma visita aos animais, que poderão alimentar e mimar.

  • Miúdos
  • Sintra

O seu filho não tira os olhos da televisão, passa as tardes a jogar no tablet e mexe melhor no computador que o informático lá da empresa? Está na hora de lhe mostrar o que é a vida agrícola. A Quintinha Pedagógica de Monserrate, a menos de três quilómetros do centro histórico de Sintra, recria o pitoresco ambiente campestre da região e convida os mais novos a brincarem aos agricultores. Até pode ser palco de festas de anos, com o tema Aniversário Saloio. Para os mais velhos também há programas, como sessões de horticultura biológica, onde aprendem a gerir uma horta.

Publicidade
  • Miúdos
  • Grande Lisboa

A apenas 15 quilómetros de Lisboa esconde-se um mundo feito de póneis, burros, ovelhas, vacas, porcos, cães, galinhas, coelhos e outros tantos animais. Há também uma horta biológica, onde é possível aprender tudo sobre legumes e mostrar à criançada que “os frutos vêm destas árvores e não das caixas à venda em supermercados”. A quinta organiza workshops e ateliês durante as férias dos miúdos e está disponível para festas de anos (não, eles não vão esbarrar nas festas de aniversário uns dos outros: é uma por dia). Aberta o ano inteiro, para a visitar basta fazer marcação prévia.

  • Coisas para fazer
  • Sintra

O Cantinho dos Póneis é uma associação que se preocupa em promover a vida rural de uma forma didáctica, pedagógica e interactiva. O programa familiar inclui visita guiada com monitor e a oportunidade de alimentar e interagir com os diferentes animais da quinta, desde os dromedários e as lamas até às alpacas, aos póneis, às cabras e às ovelhas anãs. Está também prevista uma actividade direccionada para as crianças. Há ainda um insuflável profissional, um parque infantil e um campo de futebol. É necessário fazer reserva online. O preço dos bilhetes varia entre 8,65€ (até aos 12 anos) e os 9,90€.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

Atravessado por várias linhas de água, o Pinhal das Areias, em Alcochete, é o local perfeito para fazer piqueniques e moderados arraiais familiares. Além de um parque de merendas com sombras generosas e um trilho interpretativo para fazer a pé ou de bicicleta, há também um Centro Asinino, que alberga burros cruzados de raça mirandesa e oferece o contacto directo com esses animais. Em pontos estratégicos, encontramos também vários postos de observação – trata-se de estruturas de madeira com aberturas para admirar a paisagem e a avifauna o mais discretamente possível.

Com os miúdos em Lisboa

  • Miúdos

Se por um lado, não faltam ideias para entreter os miúdos dentro de casa, por outro a agenda infantil continua preenchida e inclui sessões de leitura, workshops, aulas e até visitas guiadas. Explore estas sugestões para encher o seu sábado e domingo, até as crianças ficarem sem pilha e ser quase hora de voltar para a cama outra vez.

  • Atracções
  • Parques e jardins

Agora que pode arejar as ideias, tenha preferência pelo ar puro e pelos espaços que pintam a cidade de verde. Mas evite por agora os parques infantis (brincar na relva também é divertido), os circuitos desportivos ou as mesas comunitárias para piqueniques. Do jardim da Estrela ao pulmão verde de Lisboa – falamos do Monsanto, pois claro –, espaços verdes não faltam na cidade.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade