A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
baobá
DR

Livrarias para crianças em Lisboa que tem mesmo de visitar

Não são muitas, mas chegam para encher as prateleiras dos miúdos. Descubra quais as melhores livrarias infantis em Lisboa.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Francisca Dias Real
e
Raquel Dias da Silva
Publicidade

A leitura é uma peça-chave para a educação dos miúdos e uma das melhores formas de os entreter. Em Lisboa (e arredores) já existem algumas livrarias dedicadas aos mais pequenos, onde a literatura infanto-juvenil é o foco, os livros de editoras independentes – da Pato Lógico à Planeta Tangerina – têm lugar de destaque e o mundo da ilustração é a chave de ouro. Um-dó-li-tá: o difícil é escolher onde comprar. Mas veja estas sugestões de livrarias para crianças, para não perder o fio à meada e deixar que elas tenham as prateleiras do quarto recheadas de letrinhas.

Recomendado: Marcas portuguesas de brinquedos para surpreender os miúdos

Livrarias para crianças em Lisboa que tem mesmo de visitar

  • Compras
  • Livrarias
  • Lisboa

É o que é. Não só um livro, mas uma livraria-oficina infantil. O espaço não é muito grande nem precisa de ser, porque condensa nas prateleiras toda uma selecção criteriosa de livros perfeitos para os miúdos aprenderem a moral da história. Aos livros infantis de editoras nacionais e internacionais, juntam-se editoras independentes e edições de autor, que têm grande importância no que toca à escolha das obras. Além do espaço livreiro da It's a Book, onde as editoras nacionais convivem com as forasteiras e o lado didáctico e artístico prevalece, há espaço para uma oficina para crianças e adultos, com o objectivo de explorar o potencial criativo e a inovação num verdadeiro convívio familiar.

  • Compras
  • Livrarias
  • Campo de Ourique

Está num dos bairros mais catitas de Lisboa, apinhado de miúdos. Adivinhou qual é? Campo de Ourique, pois claro. A Baobá abriu pelas mãos da Orfeu Negro, portanto já pode contar com todo o catálogo da editora, além de outras como a Tcharam ou a Planeta Tangerina. Nesta livraria, o principal foco está no encantado mundo dos livros ilustrados do universo infanto-juvenil. Todos os sábados a livraria organiza sessões de histórias, oficinas ou exposições.

Publicidade
  • Miúdos
  • Oeiras

A GATAfunho é uma editora de livros para "todas as idades, livros sem rótulos nem livros de instruções". Mas não se fica pelas publicações próprias: em Oeiras tem uma livraria catita à espera que os miúdos se percam entre páginas coloridas e histórias no diminuitivo. Há livros de outras editoras para descobrir e horas de conto que vão sendo divulgadas na página de Facebook da GATAfunho. Esteja atento. 

  • Miúdos
  • Cascais

Fica em Alcabideche mas vale a viagem, indo sozinho ou acompanhado pelos gaiatos que certamente vão agradecer a visita. O espaço não é grande mas alberga uma grande variedade de livros para os pequenos, e além de editar alguns livros sob a chancela Prodidáctivo, pode encontrar por lá outras editoras como a Planeta Tangerina, Kalandraka, Bruaá, Orfeu Mini, Akiara Books, Margarida Botelho, Livros Horizonte, Qual Albatroz e Minutos de Leitura Edições. Se lhe faltarem ideias, a página de Instagram da livraria dá-lhe quase diariamente o chamado “Livro do Dia”, com sugestões livreiras em miniatura.

Publicidade
  • Compras
  • Brinquedos e jogos
  • Campo de Ourique

Estes livros não são para ler: são para brincar, desafiar, desdobrar e interagir. Não são para adormecer: são para despertar a mente para coisas novas, excitar os olhos com cores e ilustrações, acordar o cérebro com exercícios divertidos e marcá-lo com histórias inesquecíveis. É o destino ideal para compor a biblioteca do quarto dos miúdos, comprar um presente original ou as duas coisas ao mesmo tempo. Vá a www.edicare.pt e procure a loja Didatic mais perto de si.

  • Miúdos
  • Cascais

A Minutos de Leitura é uma editora portuguesa que publica exclusivamente livros infantis e tem uma pequena livraria no Centro Comercial Grande Galiza, no Estoril, bem escondido dos holofotes das zonas comerciais. Na loja guardam apenas livros editados por eles, aqueles que reflectem a inocência e a imaginação das crianças, com muito humor e ilustrações daquelas que dá vontade de ter nas paredes. "Queremos também que os nossos livros apelem também aos crescidos, que de facto são quem os lêem em voz alta, divertindo, puxando por memórias de infância", explicam no site da editora. É um daqueles cantinhos que poucos conhecem, mas que merece uma visita prolongada.

Publicidade
Hipopómatos na Lua
  • Compras
  • Sintra

Não é apenas uma livraria. Nos jardins da Biblioteca Municipal de Sintra, é também uma mistura entre casa do chá e da leitura, com espaço para oficinas de histórias e exposições de originais. Além dos livros infanto-juvenis, a Hipopómatos na Lua ostenta objectos cuidadosamente colocados que nos fazem recordar tempos de infância, como bonecos de papel e almofadas coloridas. Nos dias frios, ouve-se o crepitar de uma salamandra, que ilumina e aquece o ambiente.

  • Compras
  • Alvalade

O Warehouse da Maria do Mar é um espaço fotogénico, coloridos e cheio de boas energias, exactamente como o quarto de qualquer criança devia ser. Mochilas, papéis de parede, almofadas, tapetes, baloiços, brinquedos e, claro, livros infantis. Não, não é uma livraria, mas a selecção de livrinhos vale a pena a visita. 

Mais que fazer com miúdos em Lisboa

  • Coisas para fazer
  • Centros culturais

Na hora de pensar em rechear as estantes lá de casa, lembre-se destes pequenos livreiros e do esforço hercúleo que têm feito para sobreviver a confinamentos de porta fechada e a lutar pela sobrevivência dos negócios locais. Vá, tome nota das sugestões que temos para si, certamente não encontrará por aqui nenhum exemplar de “Maria Vieira no País do Facebook”. E ainda bem, aqui é gente séria.

Publicidade
  • Compras
  • Livrarias

As edições que se seguem têm a cidade das sete colinas como pano de fundo, embora a tratem sob diferentes perspectivas, de transportes públicos, arte, cultura e roteiros a histórias de tempos idos ou até a um gato aventureiro. Mas se há conclusão comum a todos estes livros sobre Lisboa, é que a cidade também apresenta um grande potencial no papel.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade