0 Gostar
Guardar

Actividades para miúdos que gostam de animais

A Time Out foi à procura dos melhores programas na cidade para todo o tipo de miúdos

Ilustração: José Carlos Fernandes

Ficam enternecidos com a pomba fofinha que acabou de se aliviar no vidro dianteiro do carro dos pais. Pedem coelhos e furões como presentes de aniversário. São capazes de fazer mais festinhas ao rafeiro que encontraram na rua do que àquela tia chata que passa a vida a querer estrafegá-los com beijos.

Programas para zoólogos em potência

Tratar dos animais da quinta

Tratar dos animais da quinta

É o autêntico Fungagá da Bicharada. Para além de um burro de Miranda chamado Eléctrico, vivem nesta quinta perto de Cascais galinhas, ovelhas de raça merino, perus, patos, gansos, coelhos, cabras e porcos pretos do Alentejo. Quem trata deles é o senhor Tudor, que apesar do nome não faz parte da realeza. Quando há visitas, este moldavo goza de ajuda extra. 
É rara a criança que resiste a entrar no abrigo para alimentar os animais e a passar-lhes a mão pelo pêlo – “Porque os animais são nossos amigos!”, já dizia o saudoso Fialho Gouveia na saudosa Arca de Noé. Também vale a pena estar atento à programação de fim-de-semana: há sempre actividades para famílias, de amassar o pão a caças ao tesouro, construção de terrários e de casas-ninho ou oficinas de lã. 

Caminho da Quinta das Patinhas, Cobre, Cascais. 93 250 0600. Visitas: Seg-Sex 14.00-18.00, Sáb-Dom 10.00-13.00/14.00-18.00. Crianças (maiores de 4 anos): 4€; Adultos: 5€; Bilhete Família: 15€.

Descobrir os segredos do zoo

Descobrir os segredos do zoo

Sabia que 98% do ADN de um chimpanzé é igual ao seu? E que a tromba de um elefante tem mais de 40 mil músculos? Estas são apenas duas das curiosidades sobre os animais do Jardim Zoológico reveladas na actividade Sábados Selvagens. Os seus filhos gostam muito de Cerelac? Pois, os lémures do Zoo também lhe chamam um figo. E como são amistosos, dá para chegar bem pertinho deles e estender-lhes umas barras besuntadas com a mistela. A visita de dia inteiro é guiada por tratadores e biólogos, com direito a entrar no habitat de alguns dos bichos (descanse que não estamos a falar dos leões…). No fim podem assistir ao show dos golfinhos, andar no teleférico ou dar uma voltinha pelo resto do parque, caso ainda tenham pernas para andar. 

Praça Marechal Humberto Delgado. 21 723 2960. Sáb 10.00-16.30. Criança: 25€; Adulto: 35€.

Desbravar Monsanto

Desbravar Monsanto

Raposas, esquilos e borrelhos-de-coleira. Gaivotas-de-patas-amarelas, ratinhos-ruivos e mochos-galegos. No Parque Florestal de Monsanto há 150 espécies de fauna e flora que poderão conhecer de perto percorrendo a Rota da Biodiversidade. O melhor é vestir os miúdos com roupa que se possa sujar e uns ténis todo-o-terreno. Depois é só descarregar o percurso de 14 km no site da Câmara de Lisboa e escolher se querem fazê-lo a pé ou, ainda mais giro, de bicicleta. No mesmo site estão disponíveis as fichas de algumas aves, mamíferos e répteis (respire fundo), para imprimir e ter à mão durante o passeio pelo pulmão da cidade.

Estrada do Barcal, Monte das Perdizes. 21 817 0200. Grátis. 
 

Passear de burro

Passear de burro

O trânsito e os horários para tudo e para nada perdem todo o sentido aqui. Os pais levam os burrinhos à mão e esquecem a semana de cão que tiveram, os miúdos montam o lombo destes dóceis animais num passeio pela bucólica aldeia do Magoito, e todos gozam a vista de cortar a respiração do Parque Natural de Sintra-Cascais. Se quiserem mesmo entrar no espírito da vida de campo, ajudem a alimentar as cabras ou a escovar o pêlo dos burros e dos póneis. Ou corram simplesmente atrás da porca-vietnamita que também vive na quinta pedagógica. Por mais uns trocos podem complementar a visita com um passeio de charrete.

Aldeia do Magoito, Rua da Moita Velha 19 (a 10 km do centro histórico de Sintra). 92 775 8757. Passeios de 1h – Criança: 10€, Pais: gratuito.

Comentários

0 comments