A esperança, a hipocrisia, a boa vontade e a paródia em 25 canções de Natal

Há boas canções de Natal? Haver, há, mas… uma linha muito estreita separa qualidade de lamechice e cliché. Esta lista de 25 mostra mesmo isso – e mostra como um intérprete pode fazer toda a diferença.
Frank Sinatra
Frank Sinatra
Por Rui Monteiro |
Publicidade

Há canções que não se podem evitar. Outras, quando surgiram, foram uma surpresa. Algumas são mesmo uma paródia, uma provocação, vá lá, que é Natal. E as que são capazes de abalar um coração? Dessas, também há. A esperança, porém, está presente em quase todas, assim como uma certa dose de hipocrisia. Afinal é Natal. Eis 25 canções de Natal para ouvir em loop na quadra. 

25 canções de Natal

Camera

White Christmas

É um lugar-comum, eu sei. Um estereótipo, pois. Mas nem lugares-comuns nem estereótipos nascem do nada e esta canção, escrita por Irving Berlin, em 1942, tem todas as razões e os condimentos que a estabeleceram como A canção de Natal. Toda a gente a cantou, desde então, e decerto vai continuar a ser cantada. Bing Crosby foi sempre o seu melhor intérprete (o que não admira, sendo ele, digo eu, o melhor cantor de sempre), que, nesta versão, escolheu como improvável parceiro David Bowie.

Camera

Merry Christmas Baby

A vida artística e pessoal de Ike & Tina Turner foi uma espécie de furacão de ritmo em palco (e violência em casa, que Ike não era bom de assoar), de que são exemplo até as suas canções para a quadra da boa vontade, como esta, infectada por R&B de boa estirpe onde ainda cabe uma alusão a Jingle Bells.

Publicidade
Camera

Blue Christmas

Ninguém escapava, na época de glória da indústria discográfica, à sua gravação de boas-festas. Era uma sina (que aliás se prolonga no tempo, mesmo quando as vacas estão magras) a que Elvis Presley não se esquivou, sem, no entanto, deixar de introduzir um pauzinho na engrenagem.

Camera

Back Door Santa

A canção de Clarence Carter já teve versões de Bon Jovi, The Black Crowes e Jet, para não ir mais longe. Assim, com o tempo, tornou-se um clássico rock de Natal. Contudo, lá no fundo, ainda ecoa a voz de Carter e os blues deste tema sexualmente ambíguo.

Publicidade
Camera

Santa Claus is Comin' to Town

A voz da classe trabalhadora norte-americana, fiel às suas origens, não podia deixar o Natal em sossego, mas também não queria outro elogio à paz na terra nem contribuir para a febre consumista. Por isso, Bruce Springsteen pegou nesta canção e, com a ajuda da E Street Band, criou um daqueles temas que mais um bocadinho e ia mesmo pela rampa da lamechice abaixo.

Camera

River

Quem, com certeza pelas melhores razões, embirra com o Natal, ou mesmo, nos piores casos, fica ansiosamente agitado até aos Reis, e ainda os que pensam que o último Natal foi uma porcaria, todos têm nesta canção de Joni Mitchell um lenitivo. É verdade, a abertura é uma interpretação melancólica a Jingle Bells que não prevê nada de bom, mas logo a partir daí se percebe que esta não é uma viagem pela felicidade, apesar da sua extraordinária doçura e delicadeza. Decerto não por acaso já foram contabilizadas mais de 500 reinterpretações.

Publicidade
Camera

O Come O Come Emmanuel

Sufjan Stevens criou uma canção contra o cânone e não se saiu nada mal nesta gravação, apesar da suavidade da abordagem do banjo e da doçura da flauta de Pan, o cantor e compositor aproveita a oportunidade para colocar questões variadas e interessantes sobre a fé e a mortalidade, que também vêm a propósito nesta época.

Camera

Have Yourself a Merry Little Christmas

De regresso aos clássicos, nada melhor do que a extraordinária voz de Frank Sinatra interpretando uma canção que se tornara popular na voz de Judy Garland. Sinatra não foi quem foi por acaso e, nesta versão, a letra é como que baralhada e tornada a dar para se tornar uma espécie de presente embrulhado numa caixa colorida com um belo laço.

Publicidade
Camera

Fairytale of New York

Quando uma canção começa com It was Christmas Eve babe/ In the drunk tankAn old man said to me, won't see another one/ And then he sang a song/ The Rare Old Mountain Dew/ I turned my face away/ And dreamed about you, está visto que a visão do compositor sobre o Natal não é bem a da família à volta da mesa a empanturrar-se, mais a da grande bezana destinada aos voluntariamente ou não desvalidos de calor familiar. Seja como for é uma canção de The Pogues (com Kirsty MacColl). Portanto, que mais se podia esperar…

Camera

Put a Little Love in Your Heart

Há vezes em que a culpa é dos intérpretes e este é um desses casos. Al Green e Annie Lennox são cantor e cantora tão excepcionalmente dotados que fizeram desta canção, originalmente parte da banda sonora de Os Fantasmas Contra Atacam, um comovente tema colorido como uma árvore enfeitada pela esperança e pelo optimismo.

Mostrar mais

Outros sons de Natal

Coisas para fazer

Concertos de Natal em igrejas a não perder em Lisboa

Esta quadra natalícia não é excepção e as igrejas voltam a ser palco de concertos gratuitos com o repertório cheio de clássicos. Sintonize os tímpanos para algumas das obras de música erudita que vai poder ouvir nestas igrejas já a partir desta quarta, dia 13. Sempre com entrada livre.

Publicidade
Concerto de natal em igreja
©José Frade
Música

Concertos de Natal a custo zero

As compras e os jantares de Natal já começaram a dilapidar o orçamento familiar mas não quer ficar fechado em casa (ou no centro comercial)? Estes concertos natalícios com entrada livre podem ser a resposta às suas preces.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com