Seis artistas a não perder no Lisb-On 2018

O festival lisboeta anunciou a programação da quarta edição, que decorre, como sempre, no Parque Eduardo VII. Este ano, o Jardim Sonoro decorre de 31 de Agosto a 2 de Setembro.
Nash Does Work
Por Miguel Branco |
Publicidade

Os anos passam e o Lisb-On continua. Não desarma. Sempre com o intuito de dar mais aos seus jardineiros. Para a quarta edição, a organização dá-nos uma enxurrada de bons nomes ligados ao universo da electrónica. Entre eles Michael Mayer, Todd Terje, Maceo Plex, Kerri Chandler, Margaret Dygas e Jayda G. Estes são aqueles que lhe garantimos que não pode perder. Se bem que, porque estas coisas não são infinitas, há mais gente que merece uma espreitadela, como Antal, Rodhad, Radio Slave, Sassy J, Young Marco, Vakula, Tamo Sumo, Daniel Bell...a lista podia continuar. E continua, durante três dias, no Parque Eduardo VII. Segunda-feira logo se vê.

Recomendado: Festivais de Verão - o que vem aí

Seis artistas a não perder no Lisb-On 2018

Michael Mayer

Michael Mayer

Em 2015, pois foi. Foi em 2015 que este senhor, um dos líderes e co-fundadores da mítica label alemã Kompakt, encerrou o Lisb-On de forma épica, diz-lhe quem sabe. É claro que entretanto Mayer e o seu techno já regressaram a Lisboa, mas nada com a energia daquela actuação. Portanto: queremos melhor. Toca sexta-feira, 31 de Agosto, no palco principal.

Todd Terje

Todd Terje

Olha outro. O norueguês também lá esteve, como nós e como Michael Mayer, em 2015. E foi uma maravilha. Guiou-nos por um espectro house que tanto dá descargas de felicidade como momentos de introspecção. Vem em DJ set, mas que venha na mesma, que venha sempre. Toca sexta-feira, 31 de Agosto, no palco principal.

Publicidade
Maceo Plex

Maceo Plex

O texano Maceo Plex é mais um visitante regular do nosso país. Só que desta vez a proposta é ousada: vem ao Lisb-On tocar (dia 1 de Setembro, palco principal) um set especial de cinco horas. É dono de um techno abrupto, portanto é preparar as pernas para viajar.

Kerri Chandler

Kerri Chandler nasceu em New Jersey numa família de músicos de jazz. O seu pai viria também a ser DJ, o que precipitou a sua entrada no meio. Aos 13 já passava discos, aos 14 já produzia em estúdio. Em Maio, esteve no Lux e agora, quase a celebrar 50 anos, regressa a Lisboa e traz a sua deep house contagiante. É o senhor que vai encerrar o festival, domingo, no palco principal. Maravilha.

Publicidade
Margaret Dygas

Margaret Dygas

Nasceu na Polónia, mas passou por Nova Iorque, Londres e Berlim para refinar a sua linguagem enquanto produtora e DJ de deep house e techno. Estabeleceu-se na Alemanha, com uma residência no Berghain, e tem editado EPs e LPs pela Perlon, editora que a trouxe ao Ministerium em Março e que agora a coloca no Lisb-On. Actua domingo no palco secundário.

Photograph by Farah Nosh
Farah Nosh

Jayda G

A canadiana Jayda G estreou-se em Portugal o ano passado, no TRY Fest, no Príncipe Real. Já na altura apontada com uma das novas estrelas das pistas de dança, capaz de misturar pop, funk e muito disco nas suas actuações. Estamos prontos. Sexta-feira, 31 de Agosto, no palco secundário vai haver festa. 

Mais música em Lisboa

© Jack White.jpg
© Jack White
Música

Concertos em Lisboa em Julho

É difícil falar em concertos em Lisboa durante o mês de Julho e não falar nos festivais de Verão. É lá que tocam os maiores e mais populares artistas: dos Pearl Jam no NOS Alive, a The xx no Super Bock Super Rock ou David Byrne no EDPCOOLJAZZ, entre muitos (tantos) outros. É difícil mas não é impossível, porque há vida e concertos para além dos festivais: de Lenny Kravitz aos Iron Maiden, passando por Ozzy Osbourne. Todos na Altice Arena. E, para quem prefere não se meter em confusões, também há concertos mais pequenos. Como The Comic Dead no MusicBox.

Caetano Veloso
©Marcos Hermes
Música

Concertos em Lisboa em Agosto

Entra Agosto e escasseiam os concertos em Lisboa. Mas nem está tudo perdido. Nunca está tudo perdido. O Jazz em Agosto – este ano com um cartaz de luxo, sob o signo de John Zorn, um dos grandes nomes do jazz e da música experimental ao longo das últimas décadas – e outros festivais, como por exemplo o Sol da Caparica, estão aí para quem quiser ver e ouvir música ao vivo. Além disso, logo no início do mês há um concerto do histórico cantor e compositor brasileiro Caetano Veloso com os seus filhos Moreno, Zeca e Tom, no Coliseu dos Recreios.

Publicidade
Música

Concertos em Lisboa em Setembro

Setembro é um mês muito peculiar. Por um lado, queimam-se os últimos cartuchos do Verão. Por outro, é a altura da rentrée, do regresso à rotina que é também o regresso dos concertos em Lisboa. É cedo, e por isso ainda falta revelar mesmo muita coisa, mas já foram anunciados uns quantos concertos que valem mais a pena, como é o caso dos de Feist e Imagine Dragons. Claro que nada chega aos calcanhares das duas datas, esgotadíssimas, dos U2 na Altice Arena. A mais institucional banda rock do mundo vem apresentar o álbum do ano passado, Songs of Experience.

Publicidade